Intervalo interjornadas deve ser de no mínimo 11 horas

Share

Intervalo interjornadas

Além das férias, do intervalo para descanso e alimentação e do descanso semanal remunerado que já vimos aqui no blog Direito de Todos, os trabalhadores possuem mais períodos de descanso, entre eles o intervalo interjornadas. Em palavras mais simples, o intervalo entre um dia de trabalho e outro.

O intervalo interjornadas é direito concedido pelo art. 66 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), da seguinte forma:

Art. 66 – Entre 2 (duas) jornadas de trabalho haverá um período mínimo de 11 (onze) horas consecutivas para descanso”.

O intervalo interjornadas começa a ser contado no momento em que o trabalhador deixa de prestar serviços e se encerra quando volta ao seu posto.

Caso o intervalo mínimo não seja respeitado, terá direito o trabalhador a receber o período suprimido como se fosse hora extra. É o que diz a Súmula nº 110 do Tribunal Superior do Trabalho (TST):

No regime de revezamento, as horas trabalhadas em seguida ao repouso semanal de 24 horas, com prejuízo do intervalo mínimo de 11 horas consecutivas para descanso entre jornadas, devem ser remuneradas como extraordinárias, inclusive com o respectivo adicional”.

No mesmo sentido a Orientação Jurisprudencial (OJ) nº 355 do TST: “INTERVALO INTERJORNADAS. INOBSERVÂNCIA. HORAS EXTRAS. PERÍODO PAGO COMO SOBREJORNADA. ART. 66 DA CLT. APLICAÇÃO ANALÓGICA DO § 4º DO ART. 71 DA CLT (DJ 14.03.2008). O desrespeito ao intervalo mínimo interjornadas previsto no art. 66 da CLT acarreta, por analogia, os mesmo efeitos previstos no § 4º do art. 71 da CLT e na Súmula nº 110 do TST, devendo-se pagar a integralidade das horas que foram subtraídas do intervalo, acrescidas do respectivo adicional”.

– x –

Para entender melhor o intervalo interjornadas, veja o seguinte exemplo:

Joaquim encerra sua jornada de trabalho às 22 horas, desta forma, para que o seu intervalo interjornadas seja cumprido adequadamente, só poderá voltar ao trabalho, pelo menos, 11 horas depois, ou seja, às 9 da manhã.

Caso Joaquim tenha de retomar os seus serviços antes das 9 da manhã do dia seguinte, seu intervalo interjornadas estará sendo desrespeitado e o empregado deverá receber as horas trabalhadas indevidamente como se fossem extras.

– x –

Destaca-se que o descanso semanal remunerado não é computado no intervalo interjornadas. Desta forma, as 11 horas mínimas de intervalo interjornadas devem ser somadas às 24 horas de DSR.

Pelo exposto, nota-se que o intervalo interjornadas é mais uma maneira de o trabalhador recuperar suas energias para exercer melhor os seus serviços.

Veja mais:

Não usar EPI pode gerar justa causa

Adicional de periculosidade não é cumulável com de insalubridade

Adicional de transferência é devido apenas se esta for provisória

Qual o prazo para o pagamento das verbas rescisórias?

3 profissões que possuem intervalo diferenciado

110 Comentários em "Intervalo interjornadas deve ser de no mínimo 11 horas"

  1. LEONARDO disse:

    gostaria de saber a aplicabilidade do interjornada
    no exemplo
    trabalho em turno , 07 às 15 . a interjornada começa as 15 ou se eu dobrar no serviço começa quando encerrar as 23 ???

    • Leonardo,

      O intervalo interjornada começa quando se encerra a jornada. Da mesma forma para o caso de horas extras “simples”. Por exemplo, caso um trabalhador seja contratado para trabalhar das 12 horas às 18 horas, mas as vezes sai do trabalho às 19 horas, o intervalo interjornada começa a ser contado a partir das 19 horas nos dias em que o trabalhador do exemplo fizer hora extra e as 18 horas nos dias em que sair do trabalho às 18 horas. Da mesma forma, quando você sai do trabalho às 23 horas, o intervalo interjernoda começa a ser contado às 23 horas e você só pode voltar ao trabalho às 10 horas do dia seguinte.

      Grande abraço.

  2. José Carlos de Nicolai disse:

    Uma coisa ficou bem clara, se eu entrar antes do término da minha interjornada eu recebo hora-extra. A dúvida é a seguinte, eu cumpri minha interjornada integralmente, quando voltar ao trabalho eu tenho que cumprir minha carga horária completa ou apenas as horas que faltam para encerrar meu expediente? Se caso eu estender minha jornada após meu horário de saída depois de eu retornar da interjornada eu recebo hora-extra?

    Obrigado

  3. Thiago Cabral disse:

    No caso do trabalhador que tem Jornada de trabalho de 8:30 às 17:30, o mesmo faz horas extras até 23:30, a interjornada se aplica neste caso já que no período entre 17:30 até 23:30 ele recebeu horas extras? podendo voltar a seu posto as 10:30?

  4. Rafael Santos disse:

    boa tarde,
    gostaria de saber se as 11 horas de descanso entre uma jornada de trabalho e outra deve ser respeitada se houver folga entre as mesmas, por exemplo: saio as 23:00hrs na segunda-feira, folgo na terça, na quarta posso pegar as 09:hrs? ou devido a folga esse período(das 11 hrs) não é relevante? desde já agradeço

  5. Silas disse:

    Bom dia,
    Meu horário de trabalho e de 08:30 as 17:30, pelo menos duas vezes por semana ultrapasso esse horário estendendo ate 01:00, cumpro a interjornada de 11 horas voltando a trabalhar as 12:00 , trabalho ate as 17:30 novamente, a empresa pode descontar do meu banco de horas o periode das 08:30 ate 12:00 ?
    Agradeço o esclarecimento..

  6. Tux disse:

    Olá, belo blog, me bateu uma duvida vendo uma pergunta. Vou ar um exemplo.
    Meu turno é das 9 da manha até as 18 horas.
    Se eu faço algum trabalho de madrugada, o que é comum no meu caso, começo 1 da manha e termino as 3 por exemplo, respeitando as 11 horas eu so voltaria a trabalhar de novo as 15 horas do mesmo dia. Agora minha duvida, como eu comecei a trabalhar as 15 horas, eu tenho que completar a jornada de 8 horas? Se eu trabalhar ate as 18 horas so, e vou ficar devendo 5 horas a empresa?

    • Tux,

      Não. A empresa é que irá determinar o horário de trabalho dia seguinte. Se ela te liberar “mais cedo”, não pode descontar este período.

      Abraço

      • Tux disse:

        Entendi, nesse caso então é de comum acordo entre eu e a empresa, se ela me liberar então não fico devendo nada. Pergunto isso porque temos sistema de ponto em uso e como é comum trabalhar de madrugada, nunca havia esse controle, e agora vai passar a ter e o RH ja disse que no caso, eu teria que cumprir as 5 horas restantes, podendo ser no mesmo dia ou em outro, completando assim a quantidade de horas mensais que temos que ter, nesse caso eles estariam certos em falar que temos que cumprir as horas restantes certo?

        • Tux,

          Sim. Se eles estão pedindo que vocês façam as jornadas completas e ainda dão a possibilidade de fazer no mesmo dia ou no outro, caso você não faça, ficará “devendo” horas.

          Abraço

        • Alessandro disse:

          Oi,por favor, eu gostaria de saber se eu trabalhava no horário da tarde e fui trocado de horário na minha empresa para o horário intermediário,enho ,porém, não, me falaram nada sobre só me mudaram de horário e pronto! foi nas minhas férias e quando voltei fiquei sabendo! Agora tenho que ficar cobrindo as folgas dos balconistas da tarde e manhã então,por exemplo, se um balconista da tarde esteja de folga 14:20 eu tb está de folga cubro ele nesse dia mas no dia seguinte o balconista que entra as sete da manhã, então eu tb precisaria cubrir ele.. po que palhaçada!!Se eu me RECUSAR a cobri o segundo balconista pq eu descanso menos de 11 horas, a empresa pode me PUNIR?OBRIGADO.

  7. Rafael Santana disse:

    O horario do Colaborador é das 17:00 as 22:30 com 1 hora de intervalo.

    No Dia 08/01 ele fez esse horario 17:00 – 18:00 – 19:00 – 00:20 com isso a empresa trabalha com interjornada.
    Então iria ter que descansar 11:00 horas.
    Só que no dia 09-01 é folga dele.. E ele foi trabalhar e fez esse horario…
    06:00 a 08:00 …
    O que eu iria pagar para ele no dia da folga. Lembrando que tem a interjornada e ele só poderia trabalhar as 11:00 horas.

    O que seria pago para ele no dia 09-01?

    • Rafael,

      Quando o interjornada coincide com o descanso semanal remunerado, os períodos devem ser somados, ou seja, 11 horas do interjornada mais as 24 horas do descanso semana remunerado.

      Quando o empregado trabalha durante feriados os descansos semanais remunerados, o pagamento deve ser feito em dobro. No caso que você relata, entendo ainda, que cabem horas extras no período em que ele trabalhou e deveria estar em intervalo interjornada.

      Abraço

  8. Alvaro. disse:

    Tenho uma dúvida tratamos em esquema de plantão nos finais de semana recebemos sobreaviso e a partir de cada chamado começa a contar a hora extra .A dúvida é a seguinte para este caso de plantão base aplica a interjornada ?

    • Álvaro,

      O intervalo interjornada é contado a partir do momento que o empregado deixou de trabalhar (não importa se em jornada habitual, horas extras, folgas) até a hora que ele retorna ao serviço. Se você trabalhou, o intervalo interjornada deve ser respeitado.

      Abraço

  9. Allan Freire disse:

    Felipe, se o colaborador, por exemplo, trabalhou em uma quinta feira até as 23:00 e sexta é seu DSR, ele precisará contar as 11 horas de descanso para entrar no sábado de manhã?

    • Allan,

      Sim. O intervalo interjornada e o descanso semanal remunerado são intervalos diferentes entre si. O descanso semanal apenas começa a contar após o intervalo interjornada ter se encerrado.

      Abraço

  10. Gabriel disse:

    Bom dia, tenho uma duvida sobre interjornada. “Quando houver mudança de turno do colaborador a interjornada conta?”, ex: colaborador esta em um turno das 15:20 as 23:20 e no dia seguinte começara no turno das 07:20 as 15:20.

  11. douglas disse:

    Meu horário de trabalho é de segunda a sexta das 9:00 da manhã as 19:18 porém trabalhei até mais ou menos 3:30 da manhã. O dia seguinte deverá ser abonado pela empresa ou devo retornar ao final de 11 horas de descanso?

  12. yuri grabowski disse:

    Olá meu horário de trabalho é diariamente das 23:00 as 06:30 com folga nas sextas e a partir do próximos mês meu turno muda para 06:30 as 14:40, como o mês começa no sábado minha escala esta assim:(trabalho quinta, sexta folgo, sábado trabalho) trabalho na quinta dia 31 das 23:00 até sexta dia 1 as 06:30 (folga semanal na sexta) volto a trabalhar sábado dia 01 as 06:30.
    gostaria de saber se neste caso devo somar descanso diário de 11 horas as 24 horas descanso semanal?. para folgar na sexta em que horário devo voltar a trabalhar no sábado?

  13. Roberval disse:

    Quantos dias eu posso trabalhar sem folga porque tem dias q a gente fica ate 12 dias sem folga isso e correto

  14. yuri grabowski disse:

    Olá gostaria de saber se o horario reduzido noturno que equivale a 52 minutos e meio deve ser pago como se fose uma hora de 60 minutos ou se deve pagar apenas o valor referente a 52 minutos

  15. Neli disse:

    Boa tarde,

    Trabalhei em uma empresa por 5 anos, meu horário conforme acordo era de 08:00 as 18:00, porém quase todas as noites e finais de semana eu era acionado para resolver algum problema, anotava isto na folha e recebia as horas extras de 50% porem não respeitava o descanso de intra jornada de 11 horas como a empresa terá que pagar estas horas de intra jornada na justiça?
    obrigado.

    • Neli,

      O intervalo deveria ser entre a hora que você deixou o serviço (quando você foi “resolver algum problema”) e o início da outra jornada. Se você voltou a trabalhar antes de 11 horas após terminar de “resolver algum problema”, o período trabalhado antes de completar 11 horas deve ser pago como extra.

      Abraço

  16. Ana disse:

    Olá,
    Sempre que faço horas extras, meu período de descanso entre uma jornada e outra é de 8hrs. A empresa nunca se manifestou para dar as horas a mais para completar as 11hrs de descanso e nem pagam estas 8hrs, como previsto na CLT. Minha dúvida é : o que se pode fazer neste caso?! Existe alguma denúncia que pode ser feita ao ministério do Trabalho? Existe algum respaldo que a empresa possa usar para não conceder o direito ao trabalhador? Como que devo proceder para conseguir meus direitos?

    • Ana,

      Você pode fazer a denúncia junto ao Ministério do Trabalho ou ao sindicato de sua categoria.

      Uma opção mais agressiva seria mover uma reclamação trabalhista mesmo antes de deixar de prestar serviços para a empresa.

      Abraço

  17. felipe disse:

    ola, trabalho em um hospital publico com uma carga horaria semanal de 30 horas em minas gerais e minha escala funciona da seguinte forma. Plantao noturno fixo todas as quitas feiras com rodizios nos finais de semana. Nos feriados trabalho da seguinte forma. Se o feriado iniciar na quinta trabalho quinta 12 horas, sexta 12 horas, sabado 12 horas e domingo 12 horas. Gostaria de saber sobre a legalidade das 12 horas seguidas e se o periodo de descanso esta senso respeitado?. obrigado

    • Felipe,

      Jornada de 12 horas em dias seguidos não costumam ser aceitos pela legislação e pelos julgadores. Consulte o sindicato da sua categoria para se informar da existência de cláusula em acordo ou convenção coletiva de sua categoria sobre o tema.

      Nestes casos, em regra, os juízes costumam conceder horas extra após a oitava trabalhada.

      Se o intervalo entre uma jornada e outra é superior a 11 horas, ele está adequado.

      Abraço

  18. Murilo disse:

    Olá,

    Li o texto e estou com uma dúvida. Meu expediente de trabalho é das 7h30 às 17h30. Na última segunda-feira estendi meu turno direto até as 8h da manhã de terça. Trabalho em campo, ao chegar na empresa bati meu cartão e fui para casa descansar, retornando minhas atividades hoje, quarta-feira, às 7h30, normalmente. Questionei à diretoria financeira mas eles não foram claros e fiquei com uma dúvida. Vou receber horas-extras referente às horas que trabalhei (17h31 às 8h) ou serão abatidas dessas horas-extras o meu tempo de descanso?

    Obrigado!

  19. César do Carmo disse:

    Bom dia. Estou numa dúvida. Eu trbalhava algumas vezes na empresa até as 22:00hs (meu horário seria até as 17). Eu começando trabalhar às 8hs (não cumpri o descanso exigido de 11hs) tenho o direito de receber todo o dia como hora extras?
    Grato

  20. kamilla disse:

    Se eu trabalhei em um dia das 13 hrs a 19hrs e no outro dia trabalhei 19hrs as 7hrs, o descanso está certo?

  21. Claudemir disse:

    Bom dia, considerando meu horário normal numa segunda-feira 07:30 – 12:00 / 13:00 – 17:18.

    Fiz hora extra programada de 01:00 às 02:00 da madrugada na terça-feira.

    Qual deverá ser meu horário de entrada e saída da próxima jornada na mesma terça-feira ?

  22. Gustavo disse:

    Olá, a nossa dúvida e:
    Trabalhamos em horário de turno, jornada de 8hs. A empresa é química.
    A troca de horário entre os integrantes de turno é permitida, sem que haja algum problema legal?
    Veja, o interesse da troca vem dos dois integrantes, e em comum acordo. Isso pode?
    Exemplo:
    Um integrante X que trabalha das 15hs às 23hs precisa ir para algum evento. Esse oferece a troca de horário a um outro integrante Y que esta no horário das 07hs às 15hs. Essa troca é um único dia, ou seja; no dia seguinte o Y volta ao seu horário normal, da 07hs às 15hs, ele ficou 8hs longe da empresa. Mas essa troca é de interesse dos integrantes, para melhor convívio social e educacional. Eles podem realizar essa troca?
    No aguardo.
    Abraços
    No acordo sindical não há nada dizendo que pode, mas também nada dizendo que não pode.

    • Gustavo,

      O empregador deve estar de acordo com essa troca também, pois é ele quem determina o horário de trabalho de dos funcionários.

      Abraço

      • Gustavo disse:

        Olá, obrigado pela resposta.

        Só mais duas perguntas:
        Esse tipo de troca não é contra a lei, certo?
        É um acordo entre líder e liderado, correto?

        • Gustavo,

          Não é contra a lei, mas se o empregador não estiver de acordo pode haver punição como advertência, por exemplo. Recomendo que a troca seja informada ao empregador para evitar problemas.

          Abraço

  23. Bruna disse:

    Bom dia!!!
    No caso de dois vínculos essa interjornada deve ser entre um e outro ou corresponde só ao trabalho de uma empresa

  24. Filipe disse:

    Boa Tarde,

    Meu horario é das 13:00 as 22:00 e vou ter que trabalhar um dia das 00:00 as 06:00,
    a interjornada anterior a este trabalho já conta como o meu descano das 22:00 do dia anterior até as 12:59 ou devo folgar das 13:00 até as 00:00 ???

    • Filipe,

      Não entendi.

      O intervalo interjornada é sempre igual. Após o empregado cumprir a sua jornada ele deve ter, no mínimo, onze horas de intervalo até começar uma nova jornada.

      Abraço

      • Filipe disse:

        A minha duvida é a interjornada antes de trabalhar, se vou começar a trabalhar a 00:00, a interjornada antes de trabalhar começa as 13:00 dai devo não trabalhar antes?

        ou a noite antes desse dia já vale como interjornada?

        • Filipe,

          Se você sair do trabalho às 13:00 só pode voltar à meia noite, se voltar antes disso deve receber como se fosse hora extra.

          Espero ter respondido agora.

          Abraço

  25. joão disse:

    BOM DIA AMIGO.
    A empresa da o trasporte, chego no porto as 14:25 e começo a trabalha as 16:48 e encero as 02:36 só chego em casa as 04:40 a empresa só paga duas horas in tineras. A empresa tem que paga essas horas que passa ou não?

    • João,

      Se o único meio de você chegar ou voltar ao trabalho é por meio de transporte da empresa, estas horas são itineres e fazem parte da jornada. Se O intervalo não for cumprido, você tem direito ao pagamento de horas extras.

      Abraço

  26. Rodrigo disse:

    Bom dia!

    A minha duvida é a seguinte, trabalho em escala administrativa, segunda a sexta de 07:00 ás 16:48 com 01 hora de almoço, porém temos aqui uma escala de sobre aviso para atender as demandas que surgirem e nesse caso, se eu estiver de sobre aviso e for acionado para trabalhar por um período de 03h eu então não poderei iniciar minhas atividades antes das 11h de intervalo?

  27. Enderson disse:

    Gostaria de saber se trabalhar 5 dias seguidos a noite ( das 00:00 às 08:00) está dentro da lei? se não quais providências devo tomar?

  28. ozias jose gonçalves disse:

    Eu trabalho na quinta ate as 23horas e na sexta ja volto as 07 da manha e as vezes domingo das 19 as 07 da manha de segunda e ja volto as 15 ao trabalho como proceder. Nesse caso…

    • Ozias,

      Caso você não receba o adicional de hora extra por conta do desrespeito ao intervalo interjornada é possível fazer uma denúncia junto ao Ministério do Trabalho de sua cidade ou ao sindicato da sua categoria. Se a situação não se resolver até o final do seu contrato, sugiro mover uma ação cobrando os valores devidos pelo desrespeito ao intervalo interjornada.

      Abraço

  29. Nilton disse:

    Bom dia, li as perguntas mas não achei nenhuma parecida, estou com dúvidas.

    Com uma jornada de 11horas de trabalho pegando as 15h do sábado, saindo as 02:00 da manhã do domingo, domingo é meu DSR previsto em tabela, está certo isso eu trabalho no meu DSR? que horas que devo voltar ao trabalho na segunda ?

    Obrigado

    • Nilton,

      Quem trabalha no DSR deve receber em dobro pelo dia de trabalho.

      Somando-se o período de intervalo interjornada com o DSR chegamos a um período de 35 horas (24 do DSR e 11 do intervalo), por isso o empregado não pode voltar ao trabalho antes deste período.

      Abraço

  30. Isaias disse:

    Meu horário de trabalho começa as 22 hs e termina as 8 hs da manha , que começa no domingo e termina na sexta pela manha, sem turno, gostaria de saber se este horário esta correto??

  31. Renato disse:

    Olá. Gostaria de tirar uma dúvida: minha esposa trabalha em uma farmácia e seu horário de trabalho é 14h às 22h. O horáriode lanche não corresponde nem a 15min. Além disso, uma vez por semana após sair 22h de sexta-feira tem que trabalhar no dia seguinte das 8h às 22h. Sem horário de almoço. Isso está correto???

    • Renato,

      Não está correto. Ela tem direito a pelo menos uma hora de intervalo para descanso e alimentação e as 11 horas de intervalo entre uma jornada e outra.

      Abraço

  32. marcelo carlos disse:

    quando cumpro meu periodo intervalar , de 11 horas, após fazer horas extras a noite , só volto no periodo da tarde no dia seguinte, ao trabalho,as horas do periodo da manhã que inicia as 08:00 e vai até as 12:00, que são de 4 horas a empresa desconta das minhas horas extras, isso é legal?

  33. Fabiano disse:

    Gostaria de tirar uma dúvida. Trabalho no horário das 08:00 12:00 das 13:00 17:00. segunda a sexta. Minha dúvida é seguinte, fui assinado para trabalhar as 04:00 e saí as 06:00, teria que respeitar o descanso intervalar a partir das 06:00 ou como as 04:00 já tinha cumprido o intervalo, apenas recebo essas duas horas extras, e teria que trabalhar normalmente as 08:00?

  34. João disse:

    Olá, caro amigo.

    Tenho uma dúvida referente à interjornada e gostaria da sua visão sobre o caso.

    Trabalho das 08h00min às 17h00min de seg-sex, porém tem dias que preciso trabalho até 01h00min da manhã do dia seguinte, por algum incidente que ocorreu, nestes casos tenho que iniciar minhas atividades de trabalho só às 12h, cumprindo/respeitando às 11h da interjornada.

    A empresa (RH) diz que não posso iniciar minhas atividades antes das 12h, porque será obrigada a pagar hora extra e precisamos respeitar o tempo de descanso (onze horas) da interjornada.
    Ok, mas estas 4 horas de interjornada que excederam o horário do expediente vão ficar pendentes ou podem ser pagas no mesmo dia trabalhando das 12h até às 21h.

    Por lei preciso “cumprir” a interjornada, mas por “força maior”, em dias esporádicos, precisei ficar até mais tarde e devido a isso o meu descanso, de onze (11) horas, irá ultrapassar o inicio do horário do expediente do dia seguinte, porque nestes casos preciso “pagar” essas horas?

    Não iniciei as minhas atividades no horário (8h) porque estava em um descanso regido por lei. (Interjornada não é castigo)
    Caso iniciasse as minhas atividades às 8h a empresa é obrigada a pagar extra! (Porque devo pagar por algo que a lei me protege?)

    Qual é a logica?

    • João,

      O intervalo interjornada visa proteger a saúde do empregado. Desta maneira, o empregador não pode deixar de concedê-lo mesmo se o empregado quiser.

      Para evitar estes contratempos, a empresa deve buscar soluções para evitar que os funcionários tenham de ficar muito mais tempo no serviço do que o habitual.

      Abraço

  35. Rafael Maia disse:

    Olá,

    Meu horário de trabalho é das 14h as 23h (seg – sex) no sábado minha supervisora exige que eu entre as 07h da manhã de sábado, sendo que sequer consta no meu contrato de trabalho os sábados, nunca hora extra em função desse intervalo ser menor ao que me assiste o direito, gostaria de uma orientação, tenho e-mail para comprovar, o que devo fazer?

    Abraço

    • Rafael,

      Você pode ir ao Ministério do Trabalho ou ao sindicato de sua categoria para informar a irregularidade.

      Caso você ache que vale a pena, mesmo estando empregado, pode mover uma reclamação trabalhista para receber estas horas com adicional.

      Abraço

  36. Olá Felipe.
    Eu sou foguista 5X1, e faço os três horários de 8horas ,nos dois últimos dias trabalho das 22:00 as 06:00, sendo que já saio no sexto dia como meu DSR, pois o dia posterior começo a trabalhar as 06:00 da manhã,nesse caso eu emendo intervalo e descanso, só descanso 24 hs, está certo?

  37. Carlos Mota disse:

    Olá, minha jornada é das 8 da manha até as 17 horas.
    Se eu faço algum trabalho de madrugada, começo 1 da manha e termino as 5 por exemplo, respeitando as 11 horas eu só voltaria a trabalhar de novo as 17 horas do mesmo dia.
    Minha duvida, como eu comecei a trabalhar as 17 horas, eu tenho que completar a jornada de 8 horas ? A empresa pode pedir para que eu trabalhe das 17 horas 22 horas? e respeitando as 11 horas de descanso , eu voltaria a trabalhar as 10 do dia seguinte ?
    E ela tem que me pagar o trabalho de 1 da manha as 5 ?

    • Carlos,

      Sempre que o empregado presta serviços, ele deve ter um intervalo de 11 horas entre uma jornada e outra. Caso o intervalo não seja respeitado, o empregado deve receber as horas trabalhadas como extras.

      A escala de trabalho é determinada pelo empregador, não podendo ser modificada a cada dia sem prévia informação ao empregado.

      Abraço

  38. Fábio disse:

    Olá bom dia

    Gostaria de saber se eu vir trabalhar se saio do trabalho às 23:30 e entro às 06:00 da manhã a empresa têm que pagar hr extra? E quantas hrs extras tenho quê receber
    Obrigado desde já

  39. daniel disse:

    um funcionário cumpre hora extra no sábado das 7:00 até as 18:00 ( jornada de sábado é compensada durante a semana), as 22:00 é convocado para atender uma emergência e esse atendimento se estende até as 4:00 de domingo, as 7:00 de domingo inicia um novo período de horas horas extras até as 16:00.
    A pergunta é: na segunda feira ele pode se apresentar as 8:00 da manha para sua jornada de trabalho normal, ou ele pode apresentar-se mais tarde, devido ao não cumprimento das 11 horas de intervalo entre os períodos de jornada em hora extra?

    • Daniel,

      O correto é o empregado voltar ao trabalho apenas 11 horas depois do final da jornada anterior. Se trabalhar antes disso, devem ser pagos os adicionais de horas extras.

      Abraço

  40. Lucas Fernandes disse:

    Trabalhei das 22:40 do dia 30 as 7hs do dia 31
    Dia 31 sera minha folga
    Entendo que São somados o tempo de descanso 15:40 + 24hs dá folga
    Porem no dia 1 eu volto a trabalhar 6:40
    O que dá 8hs de folga e não 24hs
    * Essa troca de horário se deu por eu estar cobrindo férias

  41. Caio disse:

    Boa tarde! o caso é o seguinte:
    Trabalhei de até 01:00. Porém voltei a trabalhar as 07:00, não cumprindo as 11hrs de interjornada.
    Neste caso, já recebo 5hrs extras referentes a interjornada. Certo?
    Larquei serviço somente as 22:00, (8hrs da jornada comum + 1hrs de intervalo + 6hrs extras).

    Neste dia, eu recebo 5hrs referentes a interjornada + as 6hrs extras?

    Agradeço

  42. Marcio disse:

    Boa noite eu trabalhei de 5:00 dá manhã até 00:00 do outro dia voltei 7:00 dá manhã do mesmo dia larguei 21:00 do mesmo dia essas horas são tudo horas extras

  43. Fernando disse:

    Bom dia,

    Em casos que tenho folga agrupada no mês, ou folga compensa. Ex: Encerro as atividades às 20:00 no dia 1. Dia 2 e dia 3 tenho folga (Folga regulamentar referente ao DSR e folga agrupada referente ao acordo CLT da classe pertencente, ou Folga compensa – para compensar os domingos/feriados trabalhado). Como funciona? Teria direito a 24 + 24 + 11 (59 horas) ? Ou poderia por exemplo, sair dia 1 às 20:00, dias 2 e 3 Folga e voltar no dia 4 às 3:00 AM (24 horas da DSR + 24 horas da Folga agrupada e 7 horas referente a diferença entre a saída do dia 1 e entrada do dia 4, somando o total de 55.

    Sabe me dizer se tem algo referente a esses casos ?

    • Fernando,

      Entendo que as folgas são somadas e o intervalo interjornadas não faz parte delas. Com o DSR funciona da seguinte maneira: DSR (24) + IJ (11). Se houver mais uma folga, entendo que ela deve ser somada também.

      Abraço

  44. tiago disse:

    qual o prazo minimo para eu ir pro horário de almoço ?
    ex eu pego no trabalho as 10:30 meu horário de almoço pode ser as 12h ?

  45. Douglas disse:

    Bom dia, tenho uma dúvida poderia me ajudar?
    Meu horário de trabalho é das 08:00 às 18:00 de segunda a sexta, com 1:12 almoço, que na somatória completam 44 horas semanais. porém já teve casos de que cumpri a seguinte jornada entrada as 07:00 almoço 12:00 a 13:00 janta 21:40 a 22:30 saída 01:20 e retornei ao trabalho novamente 08:00 almoçei 14:30 a 15:32 jantei 21:50 a 22:30 e sai 00:30. Como é feito o calculo, pois pelo que foi explicado cumpri 06:40 entre jornada, fora a jornada que foi extremamente longa.
    O descanso de 11 horas se aplica aos finais de semana também? sendo que seria minha folga.
    Obrigado pela atenção.

    • Douglas,

      Quando o empregado tem menos de 11 horas de intervalo entre uma jornada e outra, deve receber o intervalo suprimido como hora extra.

      O descanso semanal deve ser somado com o intervalo (24 do descanso semana + 11 do intervalo interjornada).

      Abraço

  46. Ilka disse:

    Boa tarde, eu não estou mais na empresa, mais muitas vezes eu não tinha 11 horas de descanso​ eu chegava as 14:00 e saia de lá às 22.21 e no dia seguinte tinha que está lá às 6.40, se eu colocar na justiça tenho direito de receber minhas horas de descanso, tenho alguns comprovantes do ponto eletrônico que comprova que eu não tinha 11 horas de descanso, que ajuda devo procurar, e por muitas vezes fui proibida de bater o ponto eletrônico ao chegar às 6.40 já no local de trabalho tinha que bater as 10:00, eu ficava super cansada.

  47. Alessandro disse:

    Bom dia. No meu trabalho, além dos dias normais da semana, meu horário de saída no sábado é 22hrs e a entrada, no domingo, é 08hrs,ou seja, 10hrs de descanso. Soube à pouco que o descanso deve ser de 11hrs. Nunca recebi algum extra nessa 01hr restante do descanso. Tem cinco anos que faço esse horário. Será que eu tenho algum direito sobre essas horas todas acumuladas?

    • Alessandro,

      Você pode receber todas essas horas com adicional de hora extra caso mova uma reclamação trabalhista.

      Lembro que só é possível cobrar judicialmente o período de cinco anos antes da entrada da ação.

      Abraço

  48. Ana Lúcia disse:

    Oi Felipe boa tarde! minha duvida é a seguinte: eu trabalhei 7 horas extras e descansei 6 horas, ou seja não tive o descanso de 11 horas interjornadas. Vou receber a quantidade de horas extras (7 horas) + o resto das horas que faltam pra completar 11 horas de descanso ( no caso 5 horas) , total de 11 horas?

    Obrigada

  49. Karoly Karine disse:

    Olá, muito bom dia.

    Me tire uma dúvida cruel, por favor?!

    De domingo eu entro no serviço as 2Oh3O e o certo de eu sair, é 4h5O só que eu assinei contrato de 2h extras e me exigem fazer extra de domingo para segunda, ja que segunda é minha folga.
    Porém, na terça eu entro 12h(meio dia).

    *****A pergunta é: o certo é eu folgar as 24hs “mais” as 11hs de descanso, totalizando 35hs ao todo ??*****

    Eles dizem que assinei contrato de duas horas extras diárias, porém na folga estou descansando menos que os outros 30 funcionários.

    Agradeço desde ja.

    • Karoly,

      O certo é folgar 35 horas ao todo, sim. Não importa se você faz hora extra, o período de intervalo interjornadas começa a contar quando você para de trabalhar.

      Abraço

Deixe seu comentário!

 
Share