Por quanto tempo preciso contribuir para me aposentar?

por quanto tempo preciso contribuir para me aposentar

A Reforma da Previdência trouxe diversas mudanças para a aposentadoria dos trabalhadores brasileiros. Aos poucos, o nosso blog vai esclarecendo as mudanças. No texto de hoje iremos responder uma dúvida muito comum: por quanto tempo preciso contribuir para me aposentar?

Antes da Reforma da Previdência era possível se aposentar com qualquer idade, desde que cumprisse um tempo mínimo de contribuição. Agora, a regra geral é a aposentadoria por idade. Por isso, além de ter um tempo mínimo de contribuição, o trabalhador deverá ter também uma idade mínima.

Assim, a partir da Reforma da Previdência, a mulher poderá se aposentar apenas após completar 62 anos de idade. Antes da mudança na legislação, a mulher poderia se aposentar aos 60 anos de idade. Para o homem a idade mínima não se modificou, mantendo-se os 65 anos de idade necessários.

POR QUANTO TEMPO PRECISO CONTRIBUIR PARA ME APOSENTAR?

Dessa maneira, resta saber qual o tempo mínimo de contribuição para a aposentadoria por idade urbana.

Para as mulheres nada mudou, pois o tempo mínimo de contribuição para se aposentar por idade continua sendo de 15 anos. Ou seja, quem já contribuía antes da Reforma e quem começou a contribuir depois deve cumprir esta obrigação por no mínimo 15 anos.

Entretanto, no caso dos homens há uma modificação importante. O homem que já contribuía antes da Reforma da Previdência (novembro de 2019) poderá se aposentar com 15 anos de contribuição. Contudo, quem começou a contribuir após a Reforma deverá pagar prestações por no mínimo 20 anos.

Este acréscimo no tempo de contribuição tem o objetivo de claro de aumentar o custeio da Previdência Social. Uma das justificativas da Reforma foi o risco de os fundos do INSS se esgotarem e os aposentados ficarem sem os seus benefícios.

VALE A PENA PAGAR POR MAIS TEMPO?

Pode valer. As mulheres que contribuíram por 15 anos receberão 60% da média das suas contribuições desde julho de 1994. Para cada ano contribuído além dos 15 anos, devem ser acrescentados dois por cento à conta. Assim, quem contribuiu por 16 anos receberá 62%, por 17 anos 64%, até quem contribuiu por 35 anos que receberá 100%.

Para os homens a sistemática é a mesma, mas a partir dos 20 anos de contribuição para quem começou a contribuir após a entrada em vigor da lei da Reforma da Previdência (quem já contribuía segue o mesmo esquema das mulheres). Assim, o homem que contribuir por 21 anos receberá 62% e assim por diante até àquele que contribuir por 40 anos, que receberá 100%.

Tanto para homens como para mulheres, quem sempre recebeu perto do salário mínimo, provavelmente irá receber um salário mínimo de aposentadoria. Já para quem contribuía com valor maior, pode ser interessante contribuir por mais tempo.

Saiba mais sobre o cálculo do valor da aposentadoria lendo o nosso texto: O valor da aposentadoria vai diminuir.

CONCLUSÃO

Dessa maneira, percebemos que as mulheres precisam de 15 anos de contribuição para se aposentar. Assim como os homens que já contribuíam antes da Reforma da Previdência. Para os homens que passaram a contribuir depois da Reforma, é necessário contribuir por 20 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *