Trabalho nas folgas impossibilita jornada 12×36

Share

jornada 12x36

Sabemos que o limite constitucional da jornada de trabalho é de 8 (oito) horas por dia e 44 (quarenta e quatro) por semana. Contudo, esta regra sofreu algumas flexibilizações para categorias que possuem características específicas como os enfermeiros e os vigilantes, por exemplo. Uma destas flexibilizações é possibilidade de jornada 12×36.

A jornada 12×36 garante ao empregado que trabalha por 12 horas consecutivas, 36 horas de intervalo entre uma jornada e outra, ao contrário daquele que trabalha oito horas por dia, que tem 11 horas de intervalo interjornada.

Para que a jornada 12×36 seja validada é necessário que a sua possibilidade esteja prevista em lei ou em acordo ou convenção coletiva. Veja o que diz a Súmula nº 444 do Tribunal Superior do Trabalho (TST), que trata sobre o tema:

“JORNADA DE TRABALHO. NORMA COLETIVA. LEI. ESCALA DE 12 POR 36. VALIDADE. É válida, em caráter excepcional, a jornada de doze horas de trabalho por trinta e seis de descanso, prevista em lei ou ajustada exclusivamente mediante acordo coletivo de trabalho ou convenção coletiva de trabalho, assegurada a remuneração em dobro dos feriados trabalhados. O empregado não tem direito ao pagamento de adicional referente ao labor prestado na décima primeira e décima segunda horas”.

Contudo, para que a jornada 12×36 seja válida, é necessário que tanto o período de trabalho como o de descanso seja respeitado, ou seja, não se pode extrapolar o limite de trabalho de doze horas e nem ser concedido um intervalo menor do que trinta e seis horas, como ocorre no trabalho nas folgas.

Não é raro encontrarmos empregados que trabalham em jornada 12×36 prestarem serviços para o mesmo empregador nos dias referentes às suas folgas, descumprindo desta maneira o intervalo de 36 horas entre uma jornada e outra. Nesta situação, de acordo com o entendimento dos Tribunais, a jornada 12×36 deve ser desconsiderada e as horas trabalhadas a partir da nona diária devem ser pagas como extras.

Desta maneira, podemos concluir que se você, empregado que trabalha em jornada 12×36, habitualmente presta serviços para o mesmo empregador durante os seus dias de folga, faz jus ao recebimento de horas extras a partir da nona hora de trabalho, invalidando a jornada 12×36.

Veja mais:

Empresa pode cancelar férias dadas ao empregado?

Como comprovar meus direitos na Justiça do Trabalho?

Posso faltar ao trabalho no dia do meu aniversário?

Empregado estável dispensado pode ser indenizado

Empregador pode desistir do aviso prévio dado?

Os comentários estão fechados.

Deixe seu comentário!

 
Share