Pai tem direito de guarda dos filhos tanto como a mãe

Share

direito de guarda

Durante muito tempo, foi comum, após a separação dos pais, os filhos ficarem sob guarda da mãe, sendo poucas ou quase remotas as chances de o pai obter tal direito. Porém, tal situação vem se alterando com o passar dos anos e o pai temo direito de guarda dos filhos tanto quanto a mãe. Entenda.

A premissa que sempre alicerçou a vantagem da mãe em obter a guarda dos filhos é histórica, social e cultural. No Brasil, como em boa parte do mundo, o homem, no caso o pai, sempre foi o provedor da família, aquele que trabalha fora de casa para ganhar dinheiro e sustentar esposa e filhos, restando à mulher a missão de gerenciar o lar e cuidar das crianças.

Ocorre que nas últimas décadas, as mulheres conquistaram espaço no mercado de trabalho dividindo com os homens a obrigação de ganhar dinheiro e sustentar a casa. Porém, tal mudança de hábito também alterou a premissa de que a mãe sempre deve ficar com os filhos após a separação.

Além da saída da mulher de casa para trabalhar, a histórica vantagem da mãe sobre o pai no momento da definição da guarda dos filhos após a separação se choca com a Constituição Federal (CF) de 1988, que determina a igualdade entre as pessoas, inclusive, pai e mãe. A CF de 1988 deixou de lado os conceitos históricos, sociais e culturais e deu prioridade ao bem estar dos filhos.

– x –

Leia também: estou sendo impedido de ver o meu filho, o que fazer?

– x –

De acordo com o art. 1.584 do Código Civil, a guarda poderá ser determinada pelo juiz, quando não houver consenso entre os pais, levando-se em conta as necessidades específicas dos filhos. Exercer a guarda nada mais é do que dar amor, carinho, sustento, atenção, educação, moradia etc, o que pode ser dado tanto pelo pai como pela mãe.

Apesar da modificação dos hábitos da família brasileira, bem como da legislação em vigor, a guarda maternal ainda é esmagadora maioria em nosso país, contudo há de se destacar que os filhos devem ficar com quem lhes proporcionem melhores condições de vida tanto no aspecto social, como no emocional, no educacional, familiar.

– x –

Veja que o direito de visitas faz bem ao filho

– x –

A concessão de guarda ao genitor que melhor tiver condições de exercê-la é um ganho não para aquele que irá exercê-la, mas para os filhos que terão os seus direitos fundamentais contemplados de forma mais sólida e responsável. Desta forma, caso o pai tenha possibilidades de exercer a guarda dos filhos mais satisfatoriamente do que a mãe, não há dúvidas que a ele deverá ser dada tal responsabilidade.

Banner do texto menor 3 novo

Veja mais:

Mãe não pode proibir pai de visitar os filhos

Casal homossexual pode ter filhos

Valor da pensão alimentícia pode ser modificado

Pensão alimentícia pode ser paga pelos avós

Família que trabalha unida pode sair de férias junto

403 comentários em “Pai tem direito de guarda dos filhos tanto como a mãe

  1. Olá, tenho um filho de 11 meses que mora com a mãe, me separei dela por acreditar que ela tem um distúrbio chamado MITOMANIA, onde a pessoa possui uma tendência compulsiva pela mentira, pesquisei na internet, e dizem que é uma doença que precisa de um acompanhamento psiquiátrico. Será que isso me daria o direito a guarda do meu filho? (ele não mama mais no peito)

    1. Adolfo,

      Bom dia.

      Para você conseguir a guarda do seu filho é necessário comprovar para o juiz que você terá melhores condições de criar a criança do que a mãe. O fato de ela ter uma doença pode ser um ponto a seu favor em um eventual processo de modificação de guarda, porém esta doença terá de ser comprovada, bem como os problemas que ela pode causar direta ou indiretamente para o seu filho.

      Procure um advogado de sua confiança!

      Boa sorte.

  2. Ola meu nome e marcos …..tenho 2 filhos com uma mulher fora do meu casamento ela nao tem nada nem casa nem emprego,ao contrario eu tenho,,casa.. e emprego sera que tenho direito a guarda dos meus filhos …por que eles passam fome e sofrem maus tratos por ela..

    1. Marcus Vinícius,

      Você tem chances de conseguir a guarda dos seus filhos, sim! Para isso você deverá comprovar para o juiz que tem melhor condições do que a mãe de cuidar deles. As condições a que me refiro não são apenas financeiras, como também afetivas e de ambiente familiar, por exemplo.

      Em um processo como este a vontade das crianças também tem um peso muito grande. Se elas quiserem ficar com você, a chance de vitória aumenta.

      Importante lembrar que uma ação de guarda sempre provoca um certo abalo para as crianças. Neste período é fundamental dar um carinho especial a elas e explicar o que está acontecendo sem querer tornar a mãe (ou pai) em um “inimigo”.

      Grande abraço.

  3. Olá! Tenho um filho de 10 meses e que a pouco tempo morava comigo, pois eu morava com a mãe dele, mas não eramos casados eramos apenas “JUNTADOS” . Tínhamos uma relação digamos que de gato e rato pois ela me ligava o tempo todo até quando eu tava trabalhando. Eu não respirava. Ela ficou grávida quando tinha 16 anos e eu 20 anos. Moro na capital e ela morava em uma cidadezinha muito pequena do interior, onde não tem nada, quando se precisa de médico tem que correr pra minha cidade que fica a uma hora e meia de distancia. Ela é uma pessoa que não sabe conviver socialmente, discuti com todo mundo, ela é obsessiva ao extremo, ignorante, não tem educação nem com os próprios pais. Ela tem dois irmãos e os pais nunca souberam ter controle sobre eles, ela mesmo não tem nem o ensino fundamental completo, parou de estudar, ia na escola só quando o Conselho Tutelar ia na casa deles, e isso aconteceu diversas vezes e ela e os pais falam isso e acham graça, acham super normal, que não tem nada errado, eles só se preocupavam com o bolsa família. Hoje o pai dela está doente e ele não tem emprego de carteira assinada, a mãe dela não trabalha, o irmão mais novo é menor de idade e não trabalha e nem estuda, e o mais velho apenas trabalha. Ela hoje é maior de idade mas como já disse não tem nem o ensino fundamental completo, não trabalha depende do pai que tá doente. Eu trabalho, tenho estudo mas voltei a morar com meus pais e irmãos. Gostaria de saber se eu como pai tenho direito da guarda dele. Alguém pode me ajudar???? O que eu posso fazer???

    1. Rafael,

      Bom dia.

      Você tem direito de pleitear judicialmente a guarda do seu filho. Você deverá comprovar para o juiz que tem melhores condições de cuidar do seu filho do que a mãe dele. A ação de guarda é sempre uma ação desgastante para as partes e para a criança, mas por vezes torna-se necessária.

      Para entrar com a ação você deverá procurar um advogado de sua confiança e lhe contar toda a sua história para que, se for o caso, ele ingresse com uma ação judicial objetivando conceder a guarda do seu filho para você.

      Boa sorte!

  4. Bom dia. Gostaria de saber se tenho condições de pedir a guarda das minhas duas filhas visto que a mãe, segundo a mesma, não está aguentando a rotina de serviços domésticos. Ela trabalha como atendente de call center durante quatro horas diárias, de segunda à sábado, mas quando chega em casa vive se queixando… Eu trabalho, possuo o superior completo e ela concluiu o ensino médio em supletivo. A família dela é toda desestruturada, o pai, doente e acamado, mora hoje com a avô dela. A mãe abandonou os oito filhos, deixou quatro com uma avô e os outros quatro com outra e vive com um cara que todos descrevem como ruim. Os irmaõs e ela também não se interessam por estudar só querem saber de redes sociais e academia, coisa mesmo de gente acéfala… Minha família é toda organizada. Meus pais são casados, meus irmãos são casados, possuem cursos superiores e casas próprias, assim como minha pessoa. Será que tenho condições de pedir a guarda?

    1. Alexandre,

      Para você conseguir a guarda de seus filhos você deverá comprovar para o juiz que tem condições melhores de cuidar dos seus filhos do que a sua ex-mulher. Conforme a idade da criança, a vontade delas pode pesar bastante também.

      Procure um advogado pra que ele lhe ajude com esse processo.

      Boa sorte.

  5. Bom dia

    Felipe fui casado com minha ex mulher durante 8 anos e criei minha filha e também o filho de minha ex mulher que tinha apenas 2 anos, em 2010 veio a separação e as crianças ficaram com ela, o menino por não ser meu filho não pude fazer nada, mas minha filha pago a pensão e sempre que a mãe deixa busco ela, mas esse ano as coisas se estrapolaram, minha filha está com 11 anos e convive apenas com primas da parte da mãe dela de 15 e 16 anos que usam roupas curtas etc…etc… Começou a ter ocorrencias na escola e não poucas, ela mora com a mãe na casa da avó materna onde em um quarto dormem ela a prima, o irmão a mãe e o padrasto no mesmo quarto, para mim isso é o cúmulo, não tem limites para estar com um celular e na internet onde ja vi atualização dela a 1 hora da manhã, no dia dos pais a mãe dela não deixou eu buscar ela, e para completar o irmão dela que está com 14 anos foi preso no dia 11 agora de madrugada por tráfico de drogas e está na fundação casa, estou muito preocupado com minha filha pois está perdendo a essencia de criança e sendo adolecente antes da hora, preciso resgatar ela e para isso pensei em ir ao conselho tutelar, o que vc me diz, consigo a guarda da minha filha? Como funciona o conselho tutelar? Eles demoram a tomar alguma providencia?

    Obrigado

    1. Alex,

      Bom dia.

      Primeiramente, para ter mais informações sobre o Conselho Tutelar, recomendo que você acesse o seguinte link: http://www.promenino.org.br/noticias/arquivo/o-dia-a-dia-do-conselheiro-tutelar

      No que diz respeito ao aspecto jurídico, o que posso dizer sobre o seu caso é o seguinte: procure um advogado de sua confiança ou vá à defensoria pública e conte a sua história.

      Acredito que você tem chances de receber a guarda da sua filha pelo que me contou. Você deverá comprovar para o juiz que o ambiente em que ela vive não é adequado para uma criança e que você terá melhores condições de educá-la. Sempre destaco que a vontade da criança por vezes pesa. Contudo, caso você dê uma boa condição de vida a ela, não vejo motivos para ela não querer morar com você.

      Boa sorte.

  6. Bom.dia meu nome e catiane sou casada a 2 anos.tenho um filho de 1ano e 2 mês. meu casamento esta sendo distruido por causa da infilidelidade do meu esposo depois que nosso filho nasceu ele comercou a munda camercou a traca a família por mulheres de internet. Suportei ate agora mais nao agunto mais.ja convesanos mais ele nao que muda.nem pelo nosso filho.nos resolvemos a divórcia .ele que a gurda do nosso filgo.sendo que ele so fica com o filho nos final de semana.ele trabalha de segunda a sexta. e faz faculdade chega em casa as 12:30 .so as sabado e domingo. para fica com nós em casa. agora que ele que divocia .ele que tira o bebe de mim ele tem direito sera que o juiz daria para ele a gurda .eu trabalho de telemarketing ganho 780.$ por mês ele ganha 1000$ nos moramos de alugeu. estou desiperada. com medo dele tira meu filho de mim .ele tem demateusite. e nao consegui pega nosso filho nem sai com ele para lugar nenhum sem minha ajuda .ele nao e um homem que faz as coisa tudo eu que sou a patroa da casa faço tudo .para ele ele so fz trabalha e trazer o dinheiro .eu que cuido do resto. por favor algum mim ajude tire essa duvida de mim pois esta mim matado.

    1. Catiane,

      Fique tranquila. O que o texto quer dizer é que se o pai tiver melhores condições de cuidar do filho ele pode ficar com a guarda. Contudo, pelo que você contou, o seu caso é o caso clássico de uma mãe que cuida mais do filho do que o pai. Desta forma, os tribunais ainda dão preferência para a mãe ter a guarda do filho.

      Procure um advogado de sua confiança para se divorciar, garantir a guarda de seu filho e a pensão alimentícia dele.

      Boa sorte.

  7. Boa Tarde…me separei faz 3 meses no primeiro mês meu ex não deixava eu ver meu filho,ele alegou que eu abandonei o lar e acabou falando mtas coisas para meu filho tbm que tem apenas 3 anos…hoje depois de mtas conversas ele deixa eu pegar meu filho duas semanas no mês..mas eu não quero isso,gostaria de saber se eu tenho chance de ter p mim a guarda,pois ele esta no momento mto abalado com a separação e acaba afetando meu filho…meu filho começou a ter medo de escuro,ele não pode ver ninguém chorando na frente dele que ele se desespera(pois ele fala que o pai chora mto na frente dele) e meu ex falou que abandonei meu filho que eu nunca mais ia voltar p casa(isso ele falou p meu filho)..mas na realidade tivemos uma briga bem feia e ele acabou me mandando p fora de casa,e disse que eu não ia levar meu filho que não era nem p mim tentar pq ia ser bem pior p mim….no momento não quiz alarmar nossa discução ate pq acho que nosso filho não tem nada haver com nossa separação,mas no dia acabei saindo de casa sem meu filho e hoje ele fica dizendo e disse que vai dizer na juiza que abandonei o lar…como devo agir nessa situação??? ele tem direito da guarda??? a criança precisa passar por tantas mudanças nessa idade???? minha familia não concorda dele ficar com o meu ex pois ele não esta em condições ele fala mal de mim na frente dele,já ficou em atestado por depressão..nunca conversamos civilizados e ele não quiz me dar nada de dentro de casa…

    1. Bruna,

      Primeiramente vocês vão ter de resolver a situação de vocês como casal, se vão se reconciliar ou se vão se divorciar. Caso optem por se divorciar, na ação do divórcio a guarda da criança será discutida.

      Durante a ação você terá de comprovar que tem mais condições de cuidar da criança do que o seu (ex-)marido. Estas “melhores condições” se referem não só a situação econômica, mas também de ambiente familiar, educacional etc.

      O que o pai de seu filho está fazendo chama-se “alienação parental” e é vedado por legislação específica, como você pode ler no nosso texto: http://direitodetodos.com.br/mae-nao-pode-proibir-pai-de-visitar-os-filhos/

      Procure um advogado de sua confiança e lute pela guarda do seu filho se você entender que ele ficará melhor com você do que com o pai dele.

      Boa sorte.

  8. Boa tarde,
    Meu namorado tem um filho de 7 meses com a ex namorada, ela e bem problematica, arruma confusão com todos mas cuida bem da criança. Ela não quer trabalhar, mora com a avó que sustenta ela e o neto. Ja o pai da criança trabalha, mora com os pais e uma tia que tem total disponibilidade para cuidar da criança, e a familia dele tem uma condição melhor financeiramente falando, e na verdade, a estrutura da familia dele tambem é melhor ja que ela só tem a avó aqui, os pais moram em outro estado e tem problemas alcoolicos, a familia dele é bem estruturada, a mae é superintendente da secretaria da educação.
    Quais são as probabilidades dele conseguir a guarda?
    ele ja entrou com processo para a oferta de alimento, mas gostaria de ter a guarda

    1. Rosa,

      Não há como eu responder responsavelmente quais são as chances de seu namorado conseguir a guarda da criança. Existem diversas situações que o juiz analisa para definir a guarda.

      Contudo, os tópicos que você me listou sobre as condições de seu namorado cuidar do filho dele são todos favoráveis a ele. Existe a chance, só não tenho como dizer “quanto”. A situação da mãe também deve ser analisada.

      Desta forma, sugiro que você procure um advogado para pleitear em juízo a guarda da criança, se esta realmente é a vontade do pai e se isto for o melhor para o bebê.

      Boa sorte.

  9. Eu era “amigado” com uma mulher e nos separamos há 2 meses. Ela foi morar com a mãe dela em outro estado e nosso filho de 3 anos ficou comigo. Ela disse que deixaria ele aqui por 2 meses e viria buscar-lo. Não quero que ela busque meu filho, ela não tem condições financeiras e nem moradia direito, nunca cuidou bem dele e tenho até vizinhos como testemunha pra comprovar como ela maltratava meu filho. Gostaria de saber se eu entrar na justiça, até a audiência ele pode ficar comigo ou se ela vier buscar serei obrigado a entregar-lo? Preciso saber pois ela sempre me ameaça falando que se eu entrar na justiça pra tentar tomar a guarda, que vai vir buscar ele no mesmo dia. Como ele ja esta comigo nao quero que ela leve ele embora, quero que ele comtinue aqui. Se ela vier buscar e eu nao deixar ela levar ele embora e ela chamar a policia tem algum problema? Serei obrigado a entregar meu filho? Ela tem algum direito maior que eu sobre ele até a decisão judicial?

    1. José,

      Posso lhe adiantar que existem formas de tentar agilizar que a guarda do seu filho seja mantida com você, pelo menos, até a decisão de primeiro grau “na Justiça”, para que você proteja a guarda do seu filho sem que a sua ex-companheira possa “lhe tomar” o filho.

      Para maiores esclarecimentos, aconselho que você procure um advogado em sua cidade ou então entre em contato conosco por meio de um e-mail válido, nos escrevendo para o seguinte endereço: contato@direitodetodos.com.br

      Boa sorte.

  10. Olá, boa tarde meu irmão tem um filho de 6 meses,, com a ex namorada (de 19 ou 20 anos)dele, o que acontece é que alguns frequentadores da casa dela estão vindo a minha casa para dizer que ela não está cuidando bem do menino, ela sai pra balada e o deixa largado, não tem paciência com o menino, não da os remédios e comida no horário certo e coisa do tipo, meu irmão não mora conosco, ele mora na capital e moramos numa cidade menor. Nos pegamos o menino aos finais de semana, e constantemente o menino chega com algum mal, ela vai “gordo” e volta “magro”, e isto é nitidamente visível por todos, até os vizinhos comentam. Gostaria de saber se meu irmão ou até mesmo minha mãe poderia pedir a guarda do menino, já que ele tem emprego fixo e minha mãe e aposentada, a ex namorada tem um trabalho de meio expediente, mora com a mãe, 3 irmãos e um sobrinho, onde a mãe é responsável financeiramente pela casa, e o sobrinho tem uma pensão.

    1. Day,

      Para o pai poder ter o direito de guarda ele deverá ingressar com uma ação na justiça para obtê-la.

      Nessa ação, o pai deverá comprovar que possui melhores condições de criar a criança do que a mãe. As “melhores condições” não são apenas econômicas, como também familiares, sociais, ambientais, entre outras.

      Procure um advogado!

      Boa sorte.

  11. Ola tenho uma filha de 2 anos e 6 meses e gostaria de pedir a guarda pois construir uma casa pequena pra elas mas depois q nos separamos fiquei sabendo pela própria vo da minha filha que ela esta namorando com um cara envolvido com drogas e ela tbm é usuária bebe quazer tudos os dias sai e deixa minha filha com a avo que ja teve três derrames e tem um lado do corpo paralisado e usar marca passo ou seja nao tem a menor condições de cuidar de uma criançace ainda tem mas dois irmãos que sao envolvidos com drogas a casa da mãe dela anda cheia de pessoas envolvidas eu moro com minha mãe e meu padrasto mas quero alugar uma casa perto de minha mae e minha filha é muito apegada a mim sou um otimo pai sempre cumprir com a minaas obrigações sera que tenho chances em ganhar a guarda da minha princesa

    1. Neto,

      Você tem chances, sim. Para tanto, deverá entrar com uma ação pleiteando a guarda da criança.

      Nessa ação, você deverá comprovar que tem melhores condições de cuidar de sua filha do que a mãe. Caso comprove tudo isso que você relatou, as chances são boas de você conseguir a guarda da menina.

      Boa sorte.

  12. Boa tarde!
    Meu enteado de 12 anos resolveu que quer morar comigo e meu marido, como podemos fazer os processos de transferência de pensão e guarda.
    Obrigada

    1. Thais,

      Para que não ocorra nenhum problema futuro, é recomendável que a mudança da guarda e da pensão seja feita judicialmente por meio de advogado. Este processo não é costuma ser demorado e é a melhor solução para o seu caso.

      Boa sorte.

  13. Meu marido tem um filho de tres meses fora do casamenti,ele tem direito de pedir a guarda compartilhada ou outro tipo de guarda?

    1. Priscila,

      Ele tem direito pelo simples fato de ser pai. Para conseguir a guarda, o melhor a se fazer é fazer o pedido judicialmente e demonstrar que possui melhores condições de cuidar da criança do que a mãe.

      Abraço

  14. Olá, boa tarde!

    Meu marido tem uma filha com a primeira esposa dele, e pega a pensão certa e vê a filha conforme o juiz determinou. Porém a mãe sempre arruma problemas com relação a filha deles e ultimamente quando ela vem para nossa casa,observo que a menina vem com roupas sujas e a mãe não tem o devido aceio com a criança… Gostaria de saber se podemos pedir a guarda da filha dele?
    Obrigada!

    1. Lígia,

      Bom dia.

      Para que vocês consigam a guarda da criança, é necessário demonstrar para o juiz que vocês têm “melhores condições” de criá-la do que a mãe. As “melhores condições” não são apenas financeiras, mas familiar, social, afetiva, entre outras.

      Boa sorte.

  15. POXA! ENVIEI UM COMENTÁRIO DIA 26/10 E O PIOR DELE NÃO TER SIDO RESPONDIDO – PERCEBO QUE ELE FOI EXCLUÍDO. POIS APÓS ESSA DATA JÁ VI QUE HOUVE OUTROS COMENTÁRIOS E ATÉ RESPONDIDOS E O MEU NEM APARECE!

    1. Regiani,

      O seu comentário foi respondido via e-mail em 30 de outubro. Respondi por e-mail, pois você passou muitas informações específicas sobre o seu caso e eu não exponho esse tipo de informação nos comentários justamente para proteger o leitor.

      Eu respondo todos os comentários. Uns mais rápidos, outros nem tanto. Alguns aqui, outros por e-mail, conforme o conteúdo.

      Dê uma conferida na sua caixa de e-mail. Vou reenviar a resposta daqui a pouco.

  16. Bom Dia…

    Tenho dois filhos maravilhosos que moram com minha ex-esposa, porém ela até cuida bem deles, só que a maior parte do tempo eles ficam com a avó materna, por conta do trabalho dela, porém avó também trabalha e acaba que os meninos ficando com a bisavó ou avô, não tendo assim a atenção que uma criança de 3 e 4 anos deveriam ter, tentei falar amigavelmente e não tive sucesso, não quero priva la de ver ou ter os meninos, mais estou desesperado quanto a atenção e cuidados dados a eles, fico com eles todos os finais de semana e vejo algumas coisa que acontecem com eles por falta de atenção, será que consigo a guarda deles?

    1. Sérgio,

      Para você conseguir a guarda, deverá comprovar em juízo que as crianças não estão recebendo a atenção adequada e, ainda, demonstrar que você poderá dar essa atenção com muito mais qualidade do que a mãe. Caso consiga comprovar que possui melhores condições financeiras, familiares, afetivas, entre outras, você terá chances de obter a guarda das crianças.

      Boa sorte.

  17. Olá! Meu marido teve uma filha antes do nosso casamento, a mãe o procurou algumas vezes querendo que ele registrace a criança e ele sempre fez a questão de fazer o DNA, a mãe da criança nunca aceitou fazer. A menina que agora tem 8 anos o encontrou no facebook e eles participaram do mutirão direito de ter pai. Se comprovou a paternidade e meu marido tem o desejo de pedir a guarda da menina, pois a mãe tem outros filhos de pais diferentes e aparentemente a menina frequenta bares e pagodes levada pela mãe. Há possibilidade dele conseguir a guarda mesmo não conhecendo a menina antes? Temos 2 filhos e eu o apoio nessa decisão.

    1. Ana,

      Há a possibilidade, sim. Para tanto ele deverá comprovar que possui melhores condições de criar a criança. Como a menina já tem 8 anos, a vontade dela também pode ser levada em conta pelo juiz.

      Procurem um advogado para entrar com a ação de guarda.

      É sempre bom lembrar que um processo desse tipo pode levar algum tempo e certo desgaste à criança, antes de entrar com a ação pensem bem e tenham a certeza de que é isso mesmo que querem.

      Boa sorte.

      1. Oi Boa tarde meu marido tem três filhos com sua experiência mas a menina de nove que vim embora mora com ele e comigo oque posso fazer ela disse que não aguenta mas dica lá com a mãe batendo nela o tempo todo e o irmão mas velho brigando sempre com ela o que faço?

  18. Minha mulher foi passear na casa de uma amiga e a miga acabou convencenco ela a ficar por lá na cidade dela, prometeu casa e serviço. Porém se minha ex-mulher for trabalhar ela nao terá com quem deixar o meu filho, somente com as filhas menores de idade da amiga dela ( a amiga esta “encostada”, mas terá que começar a trablhar em breve) um fato importante nisso foi que essa amiga fez exatamente a mesma coisa com outra mulher alguns anos atras mas o conselho tutelar conseguiu retirar a mãe e a criança dela. Outro ponto é que antes de ir para lá minha ex-mulher ja havia deixado acontecer varios acidentes com o meu filho por irresponsabilidade e desatenção. Exite a possibilidade de eu ganhar a ação?

    1. Bruno,

      Existe a possibilidade de você conseguir a guarda do seu filho desde que comprove em juízo que possui melhores condições de criá-lo do que sua ex-mulher.

      Procure um advogado.

      Boa sorte.

  19. Olá, bom dia. Meu namorado tem um filha de 4 anos com a ex-mulher dele e já estão separados há 2 anos. Ao longo do tempo que ficaram juntos eles moravam na casa da sogra do meu namorado e quando ocorreu a separação a mãe da minha enteada que tem a guarda da criança abandonou a casa pra morar com outro homem e deixou a filha com a avó. Ela visita a criança poucas vezes e quem faz o dever de mãe da minha enteada é a avó. Meu namorado quer entrar na justiça para pegar a guarda da criança. Gostaria de saber quais são as chances dele conseguir essa guarda?

    1. Ana,

      Bom dia.

      Existem chances de o seu namorado conseguir a guarda. Não há como colocar em números essa possibilidade, pois cada caso é um caso. O que o seu namorado deve fazer é contratar um advogado para ingressar com a ação de guarda e comprovar que ele tem melhores condições de cuidar da filha dele do que a mãe.

      Boa sorte.

  20. Olá eu fui casado 5anos separei tem3 meses temos 3filhos eu nao amava ela sempre trabalhei muito fui um pai dedicado eu acabei conhecendo uma outra pessoa somos homofetivos estamos juntos minha esposa mandou eu sair de casa eu fui morar com meu namorado mais sempre vou velos todos. Os día mais sinto falta de passar um día com eles quería saber se ten como eu ter o direito de ficar com eles fins de semana somente isso Quero muito eu amo meus filhos eles sao tudo pra min…

    1. Fernando,

      A melhor forma de conseguir o seu objetivo é, por meio da ação de divórcio, regularizar a sua situação com sua ex-mulher. Na ação de divórcio vocês poderão também fixar os dias que as crianças ficarão com você.

      Boa sorte.

  21. OLA SOU CASADO E QUERO SABER SE HA POSSIBILIDADE DE TER A GUARDA OFICIAL DA MINHA FILHA DE 5 ANOS COM A MINHA ESPOSA COM O CONSENTIMENTO DA MESMA ?. NAO ESTAMOS SEPARADOS E ELA OPTOU POR ESSA DECISÃO..OU PRECISO ESTAR SEPARADO P ISSO ACONTECER..E COMO PROCEDER??

    1. Celso,

      Não sei se entendi a pergunta. Você e sua esposa estão casados e moram juntos, mas você quer a guarda da filha para você? Normalmente, a guarda é dada a apenas um dos pais quando ocorre o divórcio, em decorrência do fim da coabitação entre os genitores.

      Espero ter ajudado.

  22. Ola ,meu marido tem um filho com otra mulher porem ele foi preso e hoje ela nao deixa mais o menino tem contato com o pai quais sao os direito dele ,ele sofre muito com isso . Obrigada

    1. Jennifer,

      Ele deve informar a situação ao juiz, caso já exista um processo de guarda. Se não existir nenhum processo anterior, ele pode iniciar um novo para pleitear ao juiz o direito de visita ao filho. Para tanto vocês devem procurar um advogado.

      Boa sorte.

  23. Ola tenho uma relação estavel e moro com a minha esposa e minha filha de 2 anos. Infelizmente a alguns meses descobrimos que ela esta com cancer em estágio avançado. Torço por sua recuperação mas o tratamento é apenas paliativo. A minha duvida é a seguinte em caso de falecimento da mãe, o pai tem preferancia na guarda dos filhos?

    1. Luis,

      Sim. Não há dúvidas que, em regra, o pai fica com a guarda dos filhos após o falecimento da mãe. A guarda só é tirada dos pais (pai ou mãe), caso fique muito claro que eles não possuem condições de criá-los.

      Boa sorte.

  24. QUERIA SABER QUANDO MEU FILHO E PEQUENO E SOU MUITO APEGADO A ELE POR DIVERÇAS VEZES JA OUVE TRAIÇAO POR PARTI DA MINHA ESPOSA E ELA ESTA QUERENDO A SEPARAÇAO COMO DEVO AGIR NESTA SITUAÇAO E QUAIS OS PROCEDIMENTOS PARA QUE EU POSSA FICAR COM AGUARDA DO MEU FILHO

    1. Josenilson,

      Para você ficar com a guarda do seu filho após o divórcio ou dissolução da união estável, você deverá comprovar ao juiz que possui melhores condições de criar o seu filho do que a mãe dele. Estas condições não são apenas financeiras, mais familiares, sociais, psicológicos, comportamentais, entre outras.

      Procure um advogado.

      Boa sorte.

  25. Eu e meu marido vivemos em uma uniao estavel, ele tem uma filha e conseguiu a guarda dela, nos moramos com a mae dele, agora vamos ter um filho juntos..
    Gostaria muito de saber caso agente separe ele tem chance de ficar com a guarda da criança, ele trabalha o dia inteiro so vai pra almoçar e volta, e as vezes fim de semana sai pra beber e chega muito tarde, as vezes ja no outro dia, eu nao trabalho, sera que eu ficaria com meu filho morando na casa dos meus pais… ou posso entregar ele aos meus pais…

    1. Gisely,

      Conforme explicado no texto, tanto o pai como a mãe tem direito à guarda dos filhos. Atualmente, os tribunais têm dado preferência àquele que demonstra melhores condições de exercer tal direito. Contudo, quando ambos apresentam condições semelhantes, a mãe ainda leva uma vantagem neste sentido.

      Não há como eu garantir que a guarda do seu filho ficará com você, mas, pelo que você me conta, as suas chances são grandes.

      Boa sorte.

  26. Meu marido tem uma filha de 6 anos com a ex namorada dele Ele paga a pensao certinho fica com a crianca um final de semana nao um sim .Agora meu marido quer a guarda da filha A mae e solteira e nao tem casa propria Ja o meu marido e casado comigo no civil e tem casa propria Eu gostaria de saner se por ele ser casado e ela solteira tem tem mais chances de ter a guarda. Desde ja agradeco

    1. Julia,

      Este aspecto não é tão relevante assim. O que o juiz analisará será a soma dos fatores, o conjunto de todos os aspectos importantes para o desenvolvimento saudável da criança.

      Boa sorte.

  27. Oi eu me chamo Daiane tenho 23 anos e uma filha de 3 anos .fui juntada com o pai dela por 5 anos e faz 1 ano e pouco q nos separamos .nos separamos pq ele bebia demais e virava outra pessoa chegando ate a me agredir varias vezes na frente dela .ele tbm deixava faltar as coisas dentro de casa .sai bem dize fugida de casa so com uma mala de roupas desde que sai dela ele pago um ou dois meses de pensão só e paro depois disso não ligava mais para saber dela e nem ajudava em nada .ai ele começou a querer ficar com ela no fim de ano e eu deixei pq querendo ou não ele é o pai dela e gosta dele.mas agora depois de todo esse tempo que ele abandonou ela agora ele quer a guarda.eu tenho emprego fixo casa plano de saúde dela tudo …. Ele ainda conseguiria a guarda dela?estou apavorada me responda por favor obrigada

    1. Daiane,

      Para que ele consiga a guarda da filha deverá comprovar que possui melhores condições de cuidar da menina do que você. Contudo, a mãe sempre leva uma vantagem na ação de guarda, ainda mais no seu caso, que já tem a guarda de sua filha.

      De acordo com o que você me contou pela mensagem, as suas chances de continuar com a guarda da criança são muito grandes.

      Boa sorte.

  28. Ola boa tarde,
    gostaria de saber se consigo a guarda do meu filho de tres anos.sou casado a 4anos e a tres anos estou desempregado,vendi meu carro e fazia bicos pra colocar dinheiro em casa,e fiz curso tecnico para ter uma melhor formaçâo e nao ficar fora do mercado de trabalho,minha esposa é deficiente fisica com um problema no quadril devido a essa deficiencia ela arrumou um.emprego e vai fazer um ano que ela esta trabalhando,e eu sempre cuidando do meu filho e da casa. no geral e ela nunca fazia nada. em casa.os 4 anos ,tanto é que meu filho é muito apegado comigo,uma vez brigamos ela foi para mae dela e ele nao aguentou nem um dia loonge de mim,ai ela voltou,nos moramos na casa dos fundos do meu pai,ela quer sair para pagar aluguel mas ela esta no fim do contrato de trabalho. e nao temos condições de sair no momento,e ela disse que vai sair e se eu nao for vamos nos separar,se nos separarmos ela vai morr na casa da mãe dela,mas a mae dela trabalha a irma tbm e o pai dela nao trabalha e faz conyrabando de passaros vive com a casa cheia,isso nao e um bom ambiente pra ele e ela quer deixar ele em periodo integral na escola,eu não sou de acordo,ela é uma boa mãe,só que eu dou muito mais atenção amor e carinho pro meu filho do que ela,moro com meus pais e estou proximo de arrumar um emprego com um bom horario,gostaria de saber se tenho chance de conseguir a guarda dele. se caso eu ter alguma chance vou entrar com o pedido de divorcio caso contrario vo sacrificar minha vida para ficar ao lado dele,obrigado!

    1. Sérgio,

      Para ficar com a guarda, você deverá comprovar em juízo que possui melhores condições de criar a criança do que a mãe dele. Entende-se por melhores condições a disponibilidade, situação econômica, ambiente familiar, entre outras.

      Converse pessoalmente com um advogado para tomar a decisão correta.

      Boa sorte.

  29. Boa tarde!
    Meu namorado está em um divorcio litigioso com uma ex-esposa que tenta impor suas vontades com o filho e mente ( inclusive no processo pois alega que trabalha periodo integral e apresentou um contra-cheque de meio periodo). Ela aparentemente está usando a criança para se vingar, pois não queria a separaçao. Meu namorado solicitou a guarda compartilhada mas a situação fica cada vez mais estranha, pois ela omite e mente informações acerca do menino. Ele ganha mais do que ela e ela está inclusive pedindo 30% do salario como pensao.
    É possível pedir que o menino vá morar com ele?
    Obrigada!

    1. Marina,

      É possível fazer tal pedido. Para que o juiz se convença de que o melhor para a criança é ser criado sob guarda do pai será necessário que este comprove que possui melhores condições de manter a guarda do filho que a mãe. As melhores condições devem ser financeira, social, afetiva, familiar, entre outras.

      Boa sorte.

  30. Olá, boa tarde..

    Meu nome é nayra, Eu tenho 19 anos, aos 17 engravidei do pai da minha filha, depois que tive ela fui morar na casa da mãe dele, no início era tudo as mil maravilhas, depois tivemos uma briga e voltei pra casa do meus pais, aí nos se falamos mal mente, quando ele quer ver ela eu deixo e deixava ela dormi pra lá, agora eu proibir, ele fala que vai tomar ela é fico com medo pois minha filha é tudo pra mim, os meus pai me ajudam com ela, e recebo uma pensão da minha mãe que me ajuda bastante, mas o pai dela, só dá as coisa dela quando bem entende.. Será que ele tem direito de tirar ela de mim?

    1. Nayra,

      O pai consegue a guarda apenas se comprovar que possui melhores condições de criar a criança do que a mãe. Pelo que você contou, parece que a sua filha está vivendo em um ambiente familiar estável, o que torna difícil ele conseguir tirar a guarda dela de você.

      Abraço

  31. Olá tenho 19 anos e estou cursando faculdade minha faculdade é integral por isso não tenho como trabalhar meus pais me tiveram muito novos eram menores de idade e não tinham condições de me ctiar e deram minha guarda para meus avós paternos, sendo que meu pai não me Juda vom nada e hoje ele tem um ótimo emprego queria saber se eu teria direto a pensão alimentícia dele, desde já agradeço

    1. Flávia,

      Desde que você comprove necessitar receber e seu pai poder pagar a pensão, você terá direito ao recebimento dos alimentos. Para tanto, você deverá contratar um advogado em sua cidade para propor a ação.

      Boa sorte.

  32. Bom dia. O meu marido me trai, atualmente saiu de casa e pediu o divorcio. Posso obter a guarda total do meu filho? Obrigado pela resposta.

    1. Suzan,

      Atualmente a regra para a definição da guarda da criança é a compartilhada. Contudo, caso torne-se impossível a manutenção da guarda compartilhada, a guarda poderá ser dada a um dos genitores, sem que o outro deixe de participar da vida da criança.

      Abraço.

  33. Boa tarde.

    Tenho 26 anos e ela 25 anos, estamos junto a 10 anos nunca casamos e temos dois lindos e saudaveis filhos, um menino de 3 anos e uma menina de 3 meses .
    Resolvemos nos separar, pois a alguns anos que estamos nos suportando e chegou ao extremo.
    Conversamos e achamos melhor nos entendermos entre nos, sobre visitas, despesas e a divisao das coisas.
    Ela está voltando para sua cidade natal que fica a 250 km de onde moramos atualmente, levando tudo que tinhamos dentro de casa, nosso filhos, cachorro, seu carro e deixando somente eu, minhas roupas, meus calçados, meu carro e minha bicicleta.
    Gostaria de saber quais providencias devo tomar?
    Tenho que procurar um juiz ou advogado para oficializar alguma coisa?
    Referente a pensao o quanto tenho que pagar? pois vivemos bem apertado e não grandes condições financeiras, para pagar pensão e ficar viajando acada pouco que eu quiser ver as crianças.
    Sobre as despesas dos planos de saude, escola, roupas? o que tenho obrigação de ajudar?

    Estou muito preocupado, com toda a situação e abalado pois ficar sem familia e praticamente sem nada e um baita choque.

    desde já agradeço pelas orientações.

    1. Carlos,

      O melhor a se fazer é procurar um advogado.

      Se os dois concordam com a divisão dos bens, da guarda dos filhos, valor da pensão etc., podem procurar apenas um advogado e o contratar para que ele ingresse com uma ação de divórcio consensual, em que tudo ficará “no papel” para que seja cobrado em caso de algum descumprimento.

      Caso ocorra discordância nos termos, cada um deverá procurar o seu advogado e, por meio de uma ação de divórcio litigioso, esperarem a decisão do juiz sobre os pontos controvertidos.

      Boa sorta.

  34. Boa noite, meu namorado tem um filho de dois anos com uma outra mulher que ele curtia antes de me conhecer, ele esta com a criança desde os 2 meses de idade e a mãe não compareceu , nem ajudou em nada e poucas vezes veio visitar o filho, não tem interesse nenhum nele e nem em saber como ele esta, nos apegamos muito a ele . Gostaria de saber se ele tem direito a guarda total da criança, sendo que a mãe da criança tem outros 3 filhos e pelo que percebemos ela não tem boa condição financeira para manter outro filho.
    Desde já, obrigada !

  35. Tenho um filho de 5 anos e cinco meses, essa criança sempre morou comigo e minha mãe pois a mãe dele sempre disse q n podia criar. Nunca pedi nada a mãe dele sempre dei educação de qualidade, saúde amor tudo que uma criança precisa para crescer e ser um cidadão de bem. Nunca proibi a mãe de ver a criança a mesma que sempre denominou os fins de semana para ver o filho. Faz uma semana q ela levou ele e disse que a criança não iria voltar mais. E ainda nesse meio tempo entrou com uma nação pedindo pensão. Entrei com uma ação com pedido de guarda. Pois sei q ela n quer cuidar do filho e sim jogar ele na casa da mãe dela. Sem contar que quando ele nasceu ela pediu a minha mãe para sair do trabalho para cuidar da criança. Gostaria de saber se isso cabe ação judicial por dano.? Desde já agradeço!

    1. Glauber,

      Como você possui advogado atuando no seu caso, não posso comentar especificamente a sua situação, pois eu estaria infringindo o Código de Ética da OAB.

      Ligue para o seu advogado, que ele poderá explicar a situação.

      Boa sorte.

  36. Ola, tenho dois filhos e a mae não me deixa ver eles… Já entrei com um processo d oferta de alimentos e visitas via internet, pois eu estou no Brasil e eles estão com a mae no Japão, mas ela continua não deixando eu ter contato com eles… De vez enquando a mae deles deixa as crianças na casa de amigos para ir para festas e esses amigos me deixam ver meus filhos. Pelo pouco conhecimento que tenho ela esta fazendo a chamada alienação parental, pois minha filha de 7 anos me fala que “a mamãe não quer que eu fale com o papai” . Tenho fotos q provam que ela frequenta baladas, mas não sei se isso basta. Minhas condições é melhor q a dela… Mas o fato dela estar fora do país pode complicar?? Tenho alguma chance de conseguir a guarda dos meus filhos?? Minha filha tem 7 anos e meu filho 3 anos. Obrigado!

    1. Rafael,

      Como você já entrou com ação e deve ter advogado constituído, não posso opinar especificamente no seu caso. Sem dúvida o caso é mais complicado pela distância em que seus filhos estão de você.

      Boa sorte.

  37. Olá, boa tarde, tenho 1 filho , pago pensão , faço de tudo ao meu alcance, porém eu moro em itaquaquecetuba sozinho, e a mãe dele mora na casa dos pais em são mateus junto com meu filho, quero saber quantos dias no mês é obrigatórios eu passear (passar) com meu filho. ?

    1. Bruno,

      Não há na lei um período mínimo de visitação. Cada caso é analisado de maneira única e o interesse do menor é sempre colocado acima de todos os outros.

      Boa sorte.

  38. Olá, boa tarde!

    Tenho uma filha de 9 meses e no momento sou casada no civil com o pai da minha filha. Porém, todas as vezes que tento me separar ele ameaça tomar a guarda da minha filha alegando que se isso acontecer eu teria que colocar minha filha na escolinha já minha sogra cuidaria se ficasse com ele. Ela não mama no peito mais.

    Gostaria de saber quais as chances dele me tomar a guarda da minha filha, sendo que eu trabalho e voltariamos eu e minha filha a morar na casa da minha mãe.

    1. Mariana,

      Atualmente, os tribunais têm dado preferência para a adoção da guarda compartilhada entre os pais, ou seja, os dois manteriam os deveres e direitos do poder familiar.

      Caso o juiz entenda que não seja possível a adoção da guarda compartilhada, será concedida a guarda unilateral, mantendo o direito de visitas ao outro genitor. Na guarda unilateral, o juiz analisará quem possui melhores condições de cuidar da criança. Normalmente, quanto mais jovem a criança, maiores são as chances da mãe ficar com a guarda.

      Boa sorte.

  39. Olá,
    Crio minha filha sozinho desde os oito meses e hoje ela está com 7 anos. A mae dela foi embora e não demonstrou nenhum interesse em ficar com a menina.As consultas pediatricas, reuniões e festinhas de escola sempre fui eu, na verdade sou pai e mãe, cuido levo na escola, sustento e educo. Hoje em dia ela aparece querendo vê-la, eu deixo. Mas minha filha vai um pouco contrariada.Elas passeiam e ela as vezes ate passa final de semana com a mãe. Nunca conversamos sobre guarda ou pensão.
    Existe alguma possibilidade dela requerer a guarda e conseguir? Estou prestes a me casar e formar uma familia, minha noiva adora a minha filha. Temo que a mãe de minha filha tente tirar ela de mim.

    1. Dergival,

      Bom dia.

      Acredito serem difíceis as chances da mãe da sua filha conseguir a guarda da menina para ela. Você construiu um laço afetivo muito maior com a sua filha do que a mãe dela. Além disso, pelo relatado, não existe nenhum problema econômico, social ou familiar que possa justificar uma modificação na situação atual.

      Abraço.

  40. Booa tarde tenho uma filha de 5 meses mais sempre dou dinheiro para mae da minha filha e ela sempre quer mais mais e so posso ver minha filha quando ela quer e nao deixa eu passear com minha filha um pouco , quero ter a guarda dela para curti mais minha filha porque , eu e ela nao temos mais como fazer um acordo porque nada ta bom para ela

  41. Oi o meu marido tem uma menina de 5 anos , a menina se sente bem mais confortável conosco, mais a mãe viaja e fica mês fora , se preocupando somente com a pensão alimentícia .o que podemos fazer para tenta pegar a guarda total da menina sendo que nos temos condições de cuidar muito bem dela??
    Desde ja agradeço.

    1. Isabela,

      Vocês devem contratar um advogado para requerer judicialmente a guarda da criança. Na ação vocês deverão comprovar que possuem melhores condições de cuidar dela do que a mãe.

      Boa sorte.

  42. Oi tenho uma filha de tres anos e minha ex esposa foi presa acuzada de latrosinio
    a mae da minha ex foi na delegacia e pegou minha filha la e nao me perguntaram nada se eu queria fikar com minha filha axo q isso é rapitar
    sera q tenho como pegar a guarda da minha filha

  43. Oi tenho 13 anos e moro com a minha mãe so que gostaria de morar com meu pai, pois minha mãe esta me pedindo dinheiro toda hora, minha mãe não paga o aluguel onde moramos faz 3 meses e com isso estamos sendo mandas em bora, ela esta cobrando de mim no caso meu pai, so que eu tenho que dar uma bronca nele, mas não quero fazer isso. Acho que minha mãe quer me por contra meu pai, mas isso sera impossível, não consigo mais morar no mesmo teto com quem não cuida e gosta de mim, meu pai conseguiria a minha guarda?

    1. Sabrina,

      Bom dia.

      Para você conseguir mudar para a casa do seu pai, o mais correto seria ele entrar com uma ação fazendo esse pedido, pois você ainda não tem capacidade civil para ingressar com uma ação.

      Explique para ele os motivos de você querer morar com ele e peça para ele contratar um advogado para ingressar com a ação.

      Quando a criança está crescendo a sua vontade costuma ter um peso maior na hora da decisão do juiz sobre a guarda. Como você tem 13 anos e, pelo texto que me escreveu, se expressa bem, sua vontade deverá ser levada em conta pelo juiz no momento da decisão do processo.

      Boa sorte.

  44. Boa tarde, eu tenho um filho com 16 meses e moramos na casa da minha mãe, eu e o pai dele estamos separados há quase 6 meses.. eu entretanto comecei a namorar, e a minha mãe não quer que o meu novo namorado venha dormir cá a casa porque tem medo que o pai do meu filho use isso como pretexto para me tirar o menino.. Será possível isso acontecer? Visto que não estou a prejudicar nem o meu filho nem ninguém, e só estou tentando ser feliz e recompor a minha vida.. Me ajudem

    1. Jessy,

      Apenas o fato de você estar namorando não lhe tira o direito de guarda da criança, muito menos a pensão do seu filho. Se o seu novo namorado tratar bem do seu filho, não há problema alguma.

      Abraço.

      1. Mas pode implicar pelo facto de ele dormir em minha casa ?
        Ele adora o meu filho, trata-o como se fosse da família..

  45. Boa noite, tenho 2 filhos com minha ex-esposa, da qual me separei ha 7 anos. E a nossa relação não é nada amigável, desde então, ela sempre fala mal de mim para meus filhos, e tenta convence-los de que eu quem falo mal dela e insinua que eu os manipulo para não ter carinho com a mãe, já que ela não tem um bom relacionamento com eles. Tenta justificar afastamento e resistência deles com ela, jogando a culpa mim e na minha esposa. Porém, tento passar que apesar que qualquer coisa, eles a devem respeito. Mas por algum motivo eles não gostam de ir para casa dela, desde que nos separamos. A minha menina mais velha tem 8 anos e manifesta muito o desejo de morar comigo e minha atual esposa. Tenho condições financeiras, psicológicas e todas as outras que se dizem pesar no pedido de guarda. Mas, gostaria de saber, se os meus filhos são ouvidos. O depoimento deles têm relevância? Não aguento mais ouvi-los reclamarem da situação que vivem com a mãe e da forma que ela os trata. Sou muito presente na vida deles. Tenho direito a pega-los para dormirem comigo 2 vezes na semana, mais fim de semanas alternados, feriados e etc… Pago uma pensao relativamente alta, além de cuidar da saude por fora, coisa que ela não faz. E sempre esta faltando algo para eles, apesar do valor que mando, ela diz nunca ter dinheiro suficiente para comprar roupas, uniforme da escola, um bom material escolar, além de nunca pagar a escola e o plano de saude em dia. Isto também conta ao requerer a guarda dos meus filhos?
    A chance de um pai ter a guarda do filho existe mesmo, hoje?

    Obrigado, Marcio.

    1. Marcio,

      A chance existe sim. A modificação da guarda não é simples, pois uma mudança muito radical na vida das crianças pode ser prejudicial para elas. Contudo, caso comprovado que o pai tem melhores condições de criar os filhos, a guarda pode ser modificada.

      A vontade dos filhos costuma ter mais relevância conforme eles vão ficando mais velhos e tornando-se capazes de tomar algumas decisões sem que sejam facilmente influenciado por terceiros.

      Boa sorte.

  46. boa noite. tenho um filho de 2 anos e 2 meses. nunca morei com a mãe dele, tente varias vezes mais não deu certo, consegui na justiça o direito dele passar fins de semana com migo pois no inicio ela não deixava eu ver ele na casa dos pais dela. desde do inicio qui ela demonstra não gostar do filho e isso mim doe muito em ver um filho que tem ma mãe mais n ao gosta dele. desde qui ele nasceu 90 % das coisas pó menino quem faz e a avo. ela mesmo diz qui tem ódio do menino pois ele acabo cm a vida dela. ou seja ela culpa a criança pelo desgaste quer a maternidade deixa na mulher. ela diz quer nunca mais e a mesma. por isso culpa a criança i diz que tem raiva dele. a avo tem problema de saúde (problemas de pressão alta), o pai dela também tem problema de saúde (diabete) i ela trabalha e quem cuida de meu filho e a mãe dela ela faz muito pouco por ele. i ele quando vem passar fim de semana com migo que vo deixa ele, ele não quer fica lar., fica querendo volta com migo i isso mim deixa de coração partido. tenho chanci de consegui a guarda do meu filho????

    1. Junior,

      Para você conseguir a guarda do seu filho você deverá contratar um advogado ou procurar a defensoria pública de sua cidade. O advogado entrará com uma ação pleiteando a guarda para você e nela será necessário comprovar que você tem melhores condições de criar a criança do que a mãe.

      Boa sorte.

  47. Olá boa noite..
    Sou separado à 2 para 3 anos e meu filho mora comigo desde que me separei. Tenho um novo casamento
    Mas não tenho a guarda definitiva dele.. A mãe dele pega ele de 15 em15 dias isso já é uma decisão dada pelo juiz …
    Ele está com 7anos e quero a guarda definitiva,gostaria de saber se eu consigo. Trabalho como autônomo e passo quase o dia todo em casa com ele e quando preciso sair minha esposa está com ele…
    Será que consigo a guarda…

    1. Vando,

      Você pode conseguir a guarda, sim. Contudo, destaco que atualmente a legislação e os Tribunais estão dando preferência à guarda compartilhada, sendo a guarda unilateral a saída para os casos em que existe uma animosidade muito grande entre o “ex-casal”.

      Boa sorte.

  48. Bom meu marido tem 2 filhos do outro casamento um de 10 anos e outra de 2 anos, eles tiveram divorcio consensual e ficou decidido que a guarda ficaria com ela, porem as crianças não estão sendo bem cuidada pois eles vão para nossa casa sujos, as vezes ela pede para meu marido dar comida a eles por que ela não fez comida, as unhas grandes, fala mal do pai para eles, xinga com palavrões o pai perto deles, a criança maior ela faz pressão, chantagem para não querer ir para nossa casa, meu marido disse que ela já teve distúrbio psiquiátrico ficou internada um tempo para se tratar. Enfim é uma guerra toda semana, ela não quer trabalhar, portanto falta as coisas na casa dela. Gostaria de saber se meu marido consegue a guarda das crianças?

    1. Caroline,

      Seu marido pode conseguir a guarda desde que comprove que as crianças estão sendo mau tratadas ou que ele possui melhores condições de criá-las, sendo a mudança de guarda a melhor medida a ser tomada para o desenvolvimento dos pequenos.

      Boa sorte.

  49. Ola meu marido separou da ex mulher ja fais um ano ele paga pensão ela uma hora ele deixa pegar o menino outra ora ela ñ quer somos visinhos quando ela sai deixa o menino com minha sogra,ela é aposentada nos ñ sabemos porque,ela tem mais 4 filhos e recebe 3 pensao todo dia na hora do almoço ela sai e de noite tanbem ,meu marido queria a quarda do menino temos mais condiçois que ela

  50. Há algum tempo fiz uma consulta, conforme as demais que li neste site, até hoje não foi respondida e nem consta destas listadas acima.

    Tem algum procedimentos a seguir que eu não saiba?

    1. Vânia,

      Algumas perguntas são respondidas via e-mail por conta de informações pessoais que são expostas na mensagem. Você pode ter digitado o seu endereço de e-mail errado e não recebeu a resposta.

      Fique à vontade para fazer a pergunta mais uma vez.

      Abraço

  51. Boa noite,
    Moro junto hoje com meu namorado e ele tem uma filha de 6 anos. A mãe alcoólatra abandonou aos 4 anos, pois se separaram. Meu “marido” dar de tudo a crianca e mãe dele cuida. Gostaria de saber se há possibilidade dela ganhar a filha na justiça ? Ela diz que vai lutar pela guarda compartilhada, ela tinha dado a guarda a ele. Ela diz que está trabalhando, tem casa e o futuro marido juiz.
    Lembrando que ela nunca deu nada, já tem dois anos que não vê a criança e tinha vícios. Meu marido tem provas que ela era assim.

    Obrigada pela ajuda.

  52. Boa tarde
    Moro c minha filha de 2 anos e 10 meses.
    Pela manhã deixo ela c a mae q trabalha no período da tarde onde a criança fica na escolinha e a noite e pego ela . Mas queria a guarda defunitiva .
    Em 2014 descobri q ela se prostituia dizendo q era babá

    1. Santos,

      Para você conseguir a guarda definitiva você deverá contratar um advogado, mover uma ação e comprovar que possui melhores condições de criar a sua filha do que a mãe.

      Boa sorte.

  53. Meu nome é angelica sou separada do pai fos meus filhos a quase dois anos,porem ainda não nos separamos no papel, as tenho dois filhos uma com 13 e um com 12 os dois moram com ele por opçao das crianças, porém eles vivem se mudando não tem residencia fixa,atualmente se mudaram de novo e as crianças estão fora da escola eu trabalho e tenho residencia fixa,porém estou casada novamente por isso meu ex dificulta eu ver meus filhos,gostaria de saber se consigo a guarda deles.

    1. Angélica,

      Você deverá comprovar que possui melhores condições de cuidar dos seus filhos do que o pai dele. Mostre que você tem residência fixa e ele não, que seus filhos não estão na escola e com você eles irão frequentá-la, entre outras coisas.

      Procure um advogado.

      Boa sorte.

  54. Tenho um.filho de 1 ano e 2 meses, e acabei de me separar. A mãe dele que quiz se separar e não tem onde.morar , na realidade mora com a bisa do meu filho , ela não tem emprego e nada que conste que tenha possibilidades de sustentar meu filhos em todos os âmbitos . eu já tenho casa, emprego e muitos mais recursos de sustentar meu filho em todos os âmbitos. O que faço consigo a guarda dele sendo que ela quando se altera fala e grita na frente dele . podem me ajudar

  55. bom dia queria tirar uma duvida tenho uma filha de 2 anos eu e a mae dela casamos nunca deixei faltar nada em casa a mae de minha filha me abandonou me traiu e levou minha filha para outro estado ela nao terminou os estudos, nao trabalha nao tem cursos , foi morar com os pais em minas gerais sendo que os pais moram em uma casa de favor e essa casa fica dentro de uma empresa que trabalha com restauracao de bau de caminhao e la eles le dao com fibra , varios materiais quimicos fora a sujeira no galpao que pode prejudicar a saude de minha filha, no meu caso eu trabalho de carteira assinada tenho minha casa propria e gostaria de saber se ha como obter guarda de minha filha definitiva se puderem me orientar ficarei grato bom dia!!

    1. Vander,

      Para conseguir a guarda, você deverá mover uma ação fazendo este pedido. Nela, deverá comprovar que tem melhores condições do que a mãe para cuidar da filha.

      Lembro que quanto mais velha a criança, maior o peso que se dá à sua vontade.

      Procure um advogado em sua cidade!

      Abraço

  56. Gostaria de saber se posso ter a quarda dos meus filhos sem ser compartilhada, provandoque o meu ex não tem nenhuma condição de ter a guarda compartilhada ?

    1. Lindiane,

      Pode, sim. Apesar de a guarda compartilha ser prioritária atualmente, a guarda unilateral ainda é a mais comum.

      Procure um advogado ou a defensoria pública de sua cidade.

      Boa sorte.

  57. Boa tarde

    eu gostaria de saber,eu separei á dois anos,a minha ex na época mudou para Sp provisoriamente para a casa de umã,sendo que eu moro no RJ e sou muito apegado com a minha filha e ela á mim
    Sendo que só consegui rever a minha filha mediante á uma negociação de de pensão alta e sem ser acordada pela justiça, ou seja vivo em constante medo de a mãe decidir por bem mudar de estado e eu não ter o convívio adequado com minha filha de 6 anos.se puder me orientar agradeço,não sei o que fazer,desde já agradeço.

    1. Fabiano,

      Para regularizar toda a situação, aconselho a você mover uma ação para determinar um valor razoável para a pensão, o seu direito de visita e demais situações que possam ser acordadas judicialmente.

      Procure um advogado ou a defensoria pública de sua cidade.

      Abraço.

  58. O meu marido tem uma filha de 4 anos e ela mora com a mãe que casou e tem outro filho. Veio com um papo de querer colocar a filha do meu marido no plano medico do marido dela e para isso precisa que meu marido assine uns papeis passando a guarda para o padastro. Como é isso? Procede? Vou perder meus direitos?

    1. Maria,

      Nunca assine um documento que você está em dúvida sobre o conteúdo sem consultar antes um advogado.

      A determinação da guarda é feita por vias judiciais, mas esse papel pode comprovar em uma futura ação que o seu marido abriu mão da guarda da criança. Esta manifestação de vontade pode ser revertida judicialmente.

      O meu conselho é que o seu marido leve o documento para um advogado analisar.

      Abraço

  59. Ola boa noite sou Cristiano . Tenho um filho de 6 anos mora comigo a 4Nos a minha ex deixou comigo e nao proucurou mas noso filho ela tem um poblema de cabeça desmaio . .fiquei sabendo qe ela qer pegar a guarda dele agora mas ajente nao mora na mesma cidade 180km destacia .
    Ela consegue? Meajude pofavor. .

    1. Cristiano,

      Acho pouco provável, pois você já tem a guarda de fato há mais de quatro anos.

      Ela é quem terá de comprovar que a criança ficando com ela terá melhores condições de vida do que se continuar com você.

      Boa sorte.

  60. Tenho um filho de 10 anos mora com migo a seis anos a mãe abriu mão dele foi no fórum e passou ele pra mim agora tá querendo de volta nunca de nada pra mi ajudar agora ela que de volta que fazer mim ajudo

    1. Ronildo,

      Se existe uma ação de guarda, você deverá contratar um advogado ou ir à defensoria pública de sua cidade para que um profissional habilitado o defenda na ação.

      Acredito que as chances de você perder a guarda são pequenas se você tomar esta atitude.

      Boa sorte.

  61. Olá preciso de orientação, uma ajuda! Estou em um relacionamento a 8 anos 6 meses, a 5 moramos juntos, temos uma filha de 6, moramos na casa da minha mãe, amplie a casa. Mas é só uma, estamos discutindo demais e vamos nos separar. Existe a possibilidade que eu pai da nossa filha fique com a guarda devido ela ter um história de suicídio e um B.O.
    Obrig

    1. João,

      Para você conseguir ficar com a guarda precisará comprovar que possui melhores condições de criar a criança. Se a existem provas de que a mãe tem uma estabilidade psicológica frágil, as chances do pai aumentam.

      Boa sorte.

  62. Eu e minha esposa separamos ela levou o menino com ela
    Mas ela só deixou na casa da mãe dela e saiu da casa da mãe dela eu queria saber se eu poderia ficar com ele se tenho direito nesse caso ela so levou o menino e foi embora de lá e deixou ele la tenho direito de ficar com ele??

  63. Como faço para entrar com ação se minha filha mora em outro estado? É verdade que como ela nasceu lá no nordeste eu teria que ir pra lá para entrar com ação? A mãe dela não cuida dela mandou ela para cá sem roupas com muito piolhos ela vive da pensão de bolsa família já tem 3 filhos ela não trabalha eu tenho muito mais condições eu moro com meus pais eu trabalho meus pais são caseiros aqui em SP , além da pensão a mãe dela fica pedindo mais dinheiro para comprar notebook guarda roupas eu sou obrigado imobiliar a casa dela ? Ainda mais que ela tem marido dela .Eu tenho áudio dela falando que piolho tudo mundo tem lá se eu não quiser era sou eu comer os piolho com maior desaforo tive que comprar 3 vidro de remédios para piolho fora monte de roupas que compramos pra ela ir embora será que eu consigo a guarda?

    1. Paulo,

      Você deve entrar com a ação na comarca de residência da quem exerce a guarda sua filha.

      Você é obrigado apenas a pagar a pensão, não é obrigado a mobiliar a casa da mãe da sua filha.

      Boa sorte.

  64. Tenho um filho de 1 ano e minha esposa está grávida, tenho um relacionamento teoricamente ótimo com ela mas nesse período ela ta dizendo que quer se separar e fica dizendo que não ama a criança que está na barriga e até insinuou em aborto provocado como ameaça. Gostaria de saber se posso entrar com ação pedindo a guarda do de 1 ano e a preservação da gravidez do outro

  65. Olá,
    estou separado há 3 meses da minha esposa e estamos usando a guarda compartilhada. Estamos fazendo isso por conta própria sem entrar em juizo. Tenho a seguinte dúvida:

    1) Minhas filhas dormem com a mãe. Quando a mãe sai a noite para passar a noite fora ela esta deixando minhas filhas para dormir com a avo. Eu moro perto dela há 10 minutos e ainda trabalho com ela. QUANDO A MÃE NÃO PODE GUARDAR O FILHO NÃO SERIA O PAI QUEM DEVERIA FAZER ISSO CASO ESTEJA DISPONIVEL ?

    Agravante: O pivo da minha separação foi a própria avo delas que fuma dentro de casa, em todos os lugares e minhas filhas não podem ter contato nem com o cheiro de cigarro devido ao fato delas terem rinite e a mãe ainda por cima fumou na gravidez (hoje ela parou). Elas tem altas chances da rinite virar asma e o médico mandou cortar o contato com o cigarro.

    1. Marcelo,

      O mais adequado seria as crianças ficarem com você quando não estão com a mãe.

      Sempre recomendo que os pais ajustem a guarda, pensão e visitas, mesmo se existe um acordo entre as partes desde o início. O amparo judicial dá segurança aos dois na hipótese de o outro “mudar de ideia” no futuro.

      Abraço

      1. Agradeço a resposta, mas a lei de guarda compartilhada garante isso ?
        Há alguma coisa que eu possa fazer em relação ao contato com o cigarro ?

        Abc

        1. Marcelo,

          O Direito de Família tem inúmeras variáveis impossíveis de esgotar em um blog.

          Em um processo de guarda, por vezes, existe visita de assistente social, testemunhas e muitos outros tipos de provas que formam o convencimento do juiz. Minha resposta é dada de acordo com a “regra geral”, com o que “costuma acontecer”, não há como eu garantir o que vai ser determinado em cada caso, pois a legislação deixa possibilidades abertas para cada situação específica.

          Não há nada na lei falando sobre o cigarro também. A fiscalização é impossível, não há como ter alguém vigiando se as crianças estão em contato com cigarro ou não. O simples fato de o pai, a mãe, os avós, os amigos fumarem não é o bastante para tirar a criança do convívio do fumante ou a guarda do genitor.

          Abraço

          1. 1 – Recentemente um casal nos eua para proteger o filho entrou com uma acao contra um morador q fumava dentro de sua casa mas o cheiro do cigarro entrava dentro da casa deles. 9 fumante teve q colocar filtros especiais p deter isso
            2 – recentemente um casal na inglaterra perdeu a guarda do filho pq eles fumacam e o filho tem problemas respiratórios.
            3 – ate mesmo no brasil querem tornar crime o fumo perto de menor
            O que eu quero e diminuir o contato de minhas filhas com o cigarrro evitando q ela frequente por muitas horas lugares onde pessoas fumam dentro

            Pergunto: ate quando vamos ignorar as mudancas em relacao as descobertas feitas pela medicina em relação aos males feitos pelo cigarro em algumas criancas q tem predisposição ha algumas doencas? Nao ha jurisprudência hj pirque ontem nao havia conhecimento sobre esses males. Os advogados e juizes tem q rever esse conceito

            P vc ter uma ideia: em cada 10 criancas q tem rinute e se tornaram asmaticas entram no hospital

          2. Marcelo,

            Com provas consegue-se muita coisa.

            Se você e seu advogado conseguirem comprovar o contato das filhas com o cigarro e que este contato está fazendo elas ficarem doentes, as chances de você conseguir a guarda aumentam. Isso faz parte das “melhores condições” que o pai ou mãe pode oferecer às crianças.

            A criança ter contato com fumantes não é causa para perda da guarda, mas a comprovação de que o cigarro está causando algum tipo de doença, pode fazer. Pode parecer que não, mas são duas situações completamente diferentes.

            Só não quero que você se iluda com esta decisão isolada dos EUA que determinou a instalação de filtros. Acho pouco provável que uma decisão como esta seja tomada no Brasil, mais difícil ainda a fiscalização. Se você conseguir uma decisão deste tipo, por favor, compartilhe aqui no blog, será de grande valia.

            Abraço

  66. Bom dia .. Meu nome e Flávio e estou querendo a guarda de minha filha q Hj tem nove anos .gitaria de saber se tenho o direito pois a mãe dela foi embora p rio de janeiro e a deixou a a avo onde a mesma não está tendo condições de cuidar da menina e além da pensão q estou pagando ela ainda está exigindo mãos q o combinado em juiz ..gostaria de saber se tenho o direito de pedir a guarda dela já q ela n está com a mãe tenho esse direito ??

  67. Olá. Meu marido tem uma filha de 6 anos. Ele ficou mais de dois anos sem ver ela, pois a mãe o impedia, até que ele entrou com uma ação de regularização de pensão e visitas! Agora a menina frequenta a nossa casa no sábado, a cada 15 dias! Bom vou resumir: – Todas as visitas eu tiro milhares de piolhos dela( tenho fotos). – Ela está sempre mal vestida, com roupa velha, rasgada ( também tenho fotos que comprovam)
    -Meu sogro (avô dela) pagava a escolinha, valor integral, e a mãe sequer queria que o pai fosse na escola vê-la
    – Ela não come nada, só come chocolate, miojo… É magrinha que chega a dar dó de ver!
    -Quando ela sai a noite, deixa a menina com a avó ( que é ex- presidiária)
    – Temos um BO em mãos, pois era o dia de visita, meu marido foi buscar a filha e ela foi viajar e não atendeu nem o telefone!
    Pois bem, quais a chances de ele conseguir a guarda dela? Deveríamos pedir um estudo psicossocial? A menina demonstra interesse em morar conosco! Desde já agradeço

    1. Ana,

      Existem chances de vocês conseguirem a guarda. Para tanto, estas provas que você diz ter são importantes.

      Provavelmente, durante o processo o juiz irá pedir que algum especialista vá à casa da criança para verificar às condições à que ela é submetida.

      Se durante o processo o juiz se convencer de que ela terá uma vida melhor com vocês do que com a mãe, a guarda será passada ao pai.

      Não tenho como quantificar as chances de isso acontecer, mas elas parecem ser boas.

      Boa sorte.

  68. eu tenho duas meninas uma de 11 meses e a outra de 2 anos o que eu faço para ficar com a guarda
    a mae delas tem um problema de alcool e a avo delas tambem elas moral em um local muito perigoso sim a avo da meninas quando ta cheia da alcool fica muita violenta a filha tambem qual a posibilidade de eu ganhar a guarda.

    1. Marcel,

      Você precisa contratar um advogado ou ir à defensoria pública de sua cidade para mover uma ação de guarda.

      Nesta ação você deverá comprovar os riscos pelos quais sua filha está passando por morar com a mãe dela. Ainda, deverá mostrar para o juiz que as crianças terão uma condição de vida melhor com você.

      Boa sorte.

  69. Boa noite ! moro com meus 2 filhos , trabalho em atendimento somente aos finais de semanas e feriados e o restante da semana cuido, participo da vida geral dos meus filhos e o pai alem de ficar a semana toda livre pq trabalha em um escritório em casa , não quer ficar com os filhos no final de semana porque trabalho eu tenho direito de pedir ao juiz que ele fique com as crianças aos finais de semana ?

  70. Bom dia Sr. Felipe , tenho uma filha que mora conosco, mas teve um relacionamento com um homen e teve duas filhas hoje com 4 e 5 anos, mais na filha tem 27 anos e nos traz muita preocupações e aborrecimentos, infelizmente ela sofre de um mal terrível para relacionamentos, ela é BIPOLAR, já tentamos todos os tipos de tratamentos e temos conhecimento de que é um mal que não tem cura e só tem melhoras se o paciente tiver essa consciência, coisa que minha filha não tem. Mesmo quando morou com o pai de suas filhas as despesas erram custeadas por nós, seu ex companheiro vive mudando de trabalho e de cidade e quase nunca tem condições de ajudar financeiramente e sua presença com as filhas giram em torno de uma vez ao mês, mas o relacionamento dele com as filhas é muito bom. Temos medo das atitudes de nossa filha, pois até o suicidio ela já tentou por algumas vezes, de vez em quando ela some por vários dias sem dar notícias. Queria saber da possibilidade de nós os avós pedirmos a guarda definitiva delas, um fato muito importante é que o pai é a favor, nunca comentamos isto com nossa filha mas creio que ela também seria a favor. Se caso isso fosse possível qual a possibilidade de elas serem nossas dependentes e inclusive em caso de nosso falecimento elas continuarem a receber a aposentadoria (ainda não somos aposentados) Essa é minha dúvida, peço que se for possível me responda com cópia para meu e-mail. Abraços / Rogerio

    1. Rogério,

      Existe essa possibilidade. A sua filha pode ser interditada por problemas de saúde ou, até mesmo, a guarda pode ser requerida sem que haja necessidade de interdição.

      Sugiro que você procure um advogado em sua cidade para que ele possa analisar a situação que envolve a sua filha e o pai das crianças.

      Boa sorte.

  71. boa noite eu tenho uma filha de onze meses
    eu me separem da mãe dela isso eu me separei
    minha filha tinha sete meses ela foi embora
    deixou minha filha pra eu cuida eu e minha mãe
    so que agora ela voltou e ele vou minha filha
    foi no conselho e falou que queria menina mas
    sendo que ela não liga pra crianças nada
    eu gostaria de sabe quais são meus direitos de pai
    por que eu sei que eu tenho
    meu nome e pedro

    1. Pedro,

      Se você quer a guarda da criança deve procurar um advogado ou ir à defensoria pública de sua cidade para mover a ação necessário.

      Você terá mais chances de conseguir a guarda se comprovar que tem melhores condições de cuidar da criança do que a mãe dela.

      Boa sorte.

  72. Olá, durante a gravidez de minha ex-namorada, ela informou que não queria mais manter a relação(namoro), me intimidando dizendo que pretendia abortar e durante os 9 meses de gestação a mesma se infectou duas vezes com a mesma DST(sifilis) através de uma terceira pessoa com o qual a mesma se relacionou neste período sendo infectada da primeira vez sem saber da situação desta pessoa, porém depois de tratada voltou a se infectar com esta mesma pessoa sabendo que o mesmo não tinha se tratado e permanecia com a doença , colocando a vida de minha filha em risco, caso que foi confirmado em exame pós-parto, que por consequência a bebê encontra-se internada desde o dia do nascimento para adm. de antibióticos. Ainda leva-se em conta que tenho uma profissão e condição favorável e minha ex. não trabalha e não tem condições creio que financeira e emocional para a criação de minha filha. Pretendo solicitar em juízo os meus direitos como pai, claro que também meus deveres no caso de pensão alimentícia, porém solicito saber se por causa dos motivos já relatados também posso pedir a guarda.

    1. Felipe,

      Você pode pedir a guarda, sim.

      A dificuldade de o pai obter a guarda unilateral enquanto a criança é muito pequena, encontra-se pela necessidade de amamentação do bebê. Entretanto, se a mãe está colocando a saúde da criança em risco, a guarda pode ser dada ao pai.

      Boa sorte.

  73. tenho dois filhos e eles nao moram com a mae e sim com os avós materno. .pois a mãe abandonou para morar com o seu parceiro .. Tenho chance de conseguir a guarda deles já que no momento é dela..

  74. Olá Sr. Felipe, estou em processo com advogado para pedir a guarda compartilhada da minha filha de 5 anos. A mãe conheceu algum a pouco de um mês, já está noiva e foi embora para uma cidade a 300km, levou a nossa filha, tirou da escola, cancelou consultas médicas e exames e alega que ela é a mãe e tem a ‘guarda natural’ da menina e que eu somente posso ver ela por visitas combinadas e que não vai pedir pensão. Enfim ela se coloca com invulnerável e que eu não tenho o direito de cuidar da menina.
    Separamos a dois anos e meio e neste tempo tínhamos uma guarda compartilhada, com alternações de dias, de forma amigável. Ela suspendeu tudo e levou a criança. Cuidei da minha filha em todos os aspectos necessários, morais, educação, saúde, estabilidade financeira, moradia segura, cuidados e acompanhamentos médicos, enfim tudo que ela sempre precisou. O que desejo é a guarda compartilhada com moradia na minha casa, pois além de a menina ter fortes laços comigo toda familia paterna e materna estão aqui, mantendo a qualidade de vida de menina sem mudança bruscas e ambientes desconhecidos, além de quando necessário sempre haverá uma avó, tio ou parente para ajudar.
    Com todos estes aspectos eu poderia conseguir continuar a cuidar da minha filha? Desejo a guarda compartilhada porque acho importante que a mãe tenha participações em decisões sobre a menina e liberdade para vê-la e passar tempos com ela, mantendo a continuidade da vida da menina aqui junto a família.
    Obrigado.

    1. Samir,

      Pela distância entre as cidades, acredito ser difícil a guarda compartilhada. Entretanto, não é impossível que você consiga a guarda unilateral para você. Para tanto você deverá comprovar que possui melhores condições de criar a sua filha do que a mãe dela.

      Boa sorte.

  75. Meu filho me pediu para vir morar comigo ele diz que não tem nenhum tipo de atenção e carinho por parte da mãe e ela por sua vez nunca tem dinheiro para as coisas dele!
    Sou professor de artes marcias atualmente ganho um salario mas trabalho em escolas e academias, mesmo ganhando apenas um salario tenho como proporciar a meu filho escola, atividades fisicas e cursos gratuitos, alem de atenção e carinho!
    Gostaria de saber se tenho como ter a guarda dele com base no que relatei acima
    E não sei se isso interfere em alguma coisa mas ele tem 14 anos
    Desde ja obrigado!!!

  76. Tenho um relacionamento de três anos e há dois anos a ex do meu conjugue deixou os dois filhos conosco. Gostaria de saber se teria como passar a guarda das crianças pra mim. É uma menina de 4 anos e um menino de 2 anos e 3 meses.
    Temos um ótimo relacionamento,eles me tem como mãe e eu a eles como meus filhos. A genitora por sua vez,não os procura,mora na Bahia e parece que está respondendo um processo por abandono de incapaz de um outro bebê que ela teve depois que foi pra lá.
    Ela tem algum direito sobre eles? E eu tenho alguma chance de ganhar a guarda?

    1. Keiliane,

      A guarda seria para o seu cônjuge e não para você, pois ele é o pai. Se o pedido for feito por ele, as chances são grandes de conseguir a guarda.

      A mãe continuará tendo direito de visitar as crianças, por exemplo.

      Abraço

  77. Meu sobrinho tem 3 anos e mora com a mãe, ela trabalha a semana inteira e em finais de semana nao quer cuidar dele, quer sair pra balada, o pai do menino, meu cunhado so ve o menino aos domingos e feriados, e esta angustiado de ver que o menino passa necessidade e ainda por cima é mal tratado e agredido, vive com traficantes e tudo pior que podem imaginar, ja tentamos tirar a guarda da mae uma vez que o menino estava muito doente e ela nao estava cuidando, ele quase nao sobreviveu, acionamos conselho tutelar e ate arrumamos advogado mas parece que alguem de dentro do conselho tutelar protegeu a mãe, ela disse para eles que queriamos tirar a guarda dela por ela ser pobre, o que nao tinha nada a ver se a nossa prioridade é a vida e o bem estar do menino. Ela varias vezes deixou o menino na minha sogra declarando que ela pra ela cuidar porque nao tinha condiçoes e iria ceder a guarda mas como nao tinha nada formalizado voltava atras um ou dois dias depois. Não sabemos mais como proceder, essa semana descobri marcas de queimado de cigarro no menino, e esta abalado psicologiamente porque ela arrumou um novo namorado que desconfiamos ser ele que queimou o menino, ele fica vendo coisas improprias dos dois, vou tentar denunciar pra ver se ela perde a guarda e passa para o pai dele mas parece que no final a mae do menino sempre acaba ganhando e manipulando todos a favor dela. O que faço pra nao deixar mas o menino nas maos dela?

    1. Monique,

      Tire fotos das marcas de agressão que a criança tem. Procure testemunhas que possam confirmar os maus tratos. Acredito que em o Judiciário irá propiciar um julgamento justo para o seu caso.

      Boa sorte.

  78. Oi boa tarde , eu queria ter a guarda da minha filha . a mae dela nao quer deixar eu ver a garota . a mae dela mora no morro e namora com um bandido que esta preso e ela esta gravida dele e ela mora na casa de uma senhora qe cheira muita cocaina.E a mae dela nao trabalha . ru tenho condições melhores de criar minha filha . ontem fui buscar a minha filha ela nao quis me entregar ela e chamou uns bandidos pra ir la resolver uma coisa que teria qe ser resolvido entre eu e ela . oque faço eu amo demais a minha filha .

  79. bom dia, a guarda de meu filho de 8 anos e da mae, porem nos ultimos 3 meses ela o abandonou, deixando jogado na casa dos pais dela, pois engravidou do novo namorado e foi morar com ele, nesse tempo entao para nao fcar jogado na casa dos avos maternos, ele tem ficado praticamente o tempo todo comigo! mais no dia da pensao ela me procura e tenho que pagar, porem esse dinheiro naoo esta sendo gasto com ele, pois alem da pensao quem da tudo pra ele sou eu!!! como faço pra pedir a guarda dele? obrigado

  80. Bom dia
    Estou em fase de separação com minha esposa, na verdade não me separei ainda por causa da minha filha de 5 anos, estamos morando com minha sogra por um tempo porq trabalho aqui nessa cidade do interior + tenho minha casa na Capital

    E aqui na casa da minha sogra tem muitos carapanãs, o estudo é péssimo e tenho um cunhado de 7 anos q e muito mal educado, desobediente, respondâo e chama muito palavrões sendo mal influência para minha filha.
    Tenho condições d paga colégio bom e da boa educação a ela pois já crio um filho de outra relação e nunca dexei faltar nada a ele
    Acha q tenho chance de conseguir a guarda da minha filha também ?

    1. Dinele,

      Você tem chances, sim. A decisão do juiz será baseada nas provas que forem levadas ao processo, por isso, tenha certeza de juntar o maior número de provas possíveis de que você pode dar uma condição melhor à sua filha.

      Boa sorte.

  81. Oi boa tarde, o pai do meu filho quer a guarda dele sendo q ele foi embora morar com outra mulher há 2 anos não dava nada a meu filho começou a dar 150,00 faz três meses,eu sempre criei meu filho com meus país desde quando ele tinha 7 meses hoje ele tem 5 anos e eu tive q ir para o Rio de janeiro trabalhar e deixei ele com minha mãe sendo q no final do ano vou trazer-lo pra morar comigo se o pai do meu filho recorrer ele tem chance de ficar com a guarda dele? O q faço? Vou ter q voltar pra casa e largar trabalho, tudo?

    1. Leilane,

      O juiz irá analisar com base nas provas que forem juntadas ao processo quem tem as melhores condições de cuidar da criança. O fato de o pai ter sido ausente por muito tempo deve pesar a seu favor.

      Boa sorte.

  82. Olá , boa noite .
    Eu tenho uma filha de 5 meses. Não sou casado nem moro com a mãe da minha filha…
    Não nos damos bem , eu não pago a pensão da minha filha ainda , mais pago o aluguel da casa aonde ela mora , Luz , comida , e compro tudo que minha filha precisa:remédios , fraldas , frutas , legumes e etc …
    Ela não trabalha e nem tem o ensino médio e tbm tem uma filha de 3 anos, praticamente eu sustento as 3 .
    Sou funcionário público, posso cuidar da minha filha sozinho , faço tudo que um mãe faz .
    O pediatra já liberou a mamadeira e ela mama direitinho.
    O negócio é que a mãe dela tem vez que dar surtos de ciúmes e não me deixa ver minha filha e a GNT não a dar bem .
    Queria saber se eu consigo a guarda da minha pequena ?

    1. Tiago,

      Você pode fazer o pedido. Para ter chances de conseguir a guarda você deverá comprovar em juízo que tem melhores condições de cuidar da sua filha do que a mãe dela.

      Boa sorte.

  83. BOA TARDE!
    SEPAREI RECENTEMENTE E TENHO UM FILHO DE 9 MESES E A MÃE QUE MIM DA A GUARDA DELE POREM GOSTARIA QUE FOCE TUDO PERANTE A LEI. COMO DEVO PROCEDE ONDE DEVO IR A QUEM RECORRE ETC?
    PARA QUE NÃO VENHA TE PROBLEMAS FUTUROS ENTRE EU E ELA.

  84. boa tarde: me separei da mulher por que descobri que ela estava me traindo, tenho dois filhos com ela no casamento que durou dez anos .a pessoa com que ela se envolveu e um usuario de droga. inclusive ela esta vivendo com ele dentro da mesma casa com meus filhos . me falaram que ele e um psicopata um bandido de alta perigosidade. depois que eles conseguir tirar tudo que a pessoa tem ele comeca a agredila e eu tenho muito medo o que poca acontecer com meus filhos. eu tenho como ganhar a guarda deles na justicia ?

  85. Ola, tenho 14 anos e estou na casa dos meus tios irmãos da minha mãe, ela me deixava sozinha em casa saia todos os dias , bebia muito e chegaava nervosa em casa me batia sem motivos, ate que um dia ela me bateu muito e me ameaçou , meus tios me trouxeram para casa deles , só que eles não deixam eu ver meu pai, e eu amo muito ele, não deixam eu ter contato com ninguem, tomaram meu celular , e meu pai quer a minha guarda que esta com a minha mãe. Tem possibilidade? o que ele deve fazer ? Me ajudem por favor.

    1. Nubia,

      Seu pai deve mover uma ação pedindo a sua guarda. Neste caso, ele deverá comprovar que tem melhores condições de cuidar de você do que quem tem a guarda atualmente.

      Boa sorte.

  86. Era juntado e minha ex.mulher esta com problema de saúde podendo vir a falecer se isso acontecer a guarda de nossa filha de 3anos seria de quem minha ou da avó mãe da minha ex mulher

  87. Aqui na minha cidade o juiz e muito autoritário e sempre da aguarda para mãe ele na aceita outro resultado mesmo vc prevando para ele q vc e melhor social,emocional financeiramente
    O que fazer?

  88. Ola morava de aluguel um ano depois de um ano começamos a mora na casa de minha mae muitas brigas tivemos discussoes ela resolveu ir embora alugou uma casa e foi deixando nosso filho de 4 anos hoje trabalho de vigilante a noite um dia sim e outro dia nao durante a noite ele fica com minha mae e de dia comigo ele esta no emei estudando nao quero q ela leve ele embora
    e ela promete de vim velo e nao vem quero saber se corro risco de ela leva ele

  89. Boa tarde!!sou casados Ah dez anos tenho 2 filhas linda uma de 06 anos outra de 09 anos,faz um ano e meio que minha esposa está em
    Tratamento por depressão e bipolaridade afetiva março do ano passado tivemos uma brisa aonde ela me agrediu com uma faca registrei um Bo fiz corpo delito e procurei o conselho tutelar Foi aí que eu pedi separação aí ela resolveu conversar com a psciquiatra dela e pedi a internação.
    Ficou internada durante 16 dias fez o tratamento e melhorou bastante,resolvi dar uma nova chance para nossa família,foi bom por um lado mas por outro não próximo a dezembro 2015 ela resolveu orar o tratamento fui notando que o humor estava diferente e a fase feliz e triste começou,gritos com as meninas as vezes tapas,não podiam brincar e falar mais alto que irritava ela aí comecei a notar que minha filia mais nova se queixava de que a mamãe tinha batido nela e isso ficou mais freqüente aí quinta-feira passada cheguei em casa era veio me mostra a perna que estava com um embatiam de uma palmada muito forte aí não falei nada para não brigarmos mas na sexta eu estava trabalhando qndo ela mandou msg falando que não agüentava mais as meninas e que estava com muita raiva delas e que tinha batido na de 06 anos aí perguntei se ela tinha machucado a menina ela falou q ficou marcar e mandou uma foto com uma mordida no rosto de minha filia,fiquei apavorado com tudo isso não quero mais aceitar isso e agora estou ciente que quero a separação e ficar com a guarda delas.
    Tenho emprego,tenho família a casa de minha mãe eh muito grande e posso ficar lá até terminar o processo de separação estou querendo proteger elas de alguma coisa pior que poderia ter acontecido..
    Será que consigo a guarda delas?tenho a internação dela,receitas ,atestados,boletin de ocorrência e do conselho tutelar ..
    Obrigado

    1. Anderson,

      Acredito que você deve ficar com a guarda das meninas sim. Procure um advogado ou a defensoria pública de sua cidade para mover uma ação de divórcio e nela mesmo requerer a guarda das crianças.

      Boa sorte.

  90. Boa noite.
    Eu tenho uma filha de 1 ano e 2 meses. E me mato de trabalhar pra dar tudo a ela. Pago creche, assistência médica. Eu morava com a mae dela. E separamos quando descobrir que ela me traía enquanto eu ia trabalhar pra dar sustento e conforto.
    Passou um tempo eu perdoei e dei uma nova chance. E agora separamos novamente e descobrir que ela esta com o mesmo cara que me traiu. E o cara ficava dizendo que era como se fosse Pai, pra ela. E eu não me conforto com isso. Proibir ela de de levar a minha filha para o meio dessas coisas.
    E ela leva as escondidas. Já teve tempo que eu percebia uma certa “bagunça” na cabecinha da minha filha. Par vendo que não estava me reconhecendo.
    Pois essa semana. Ela não pagou a assistência medica da criança e gastou a grana. E ai “exige” que eu fique com a minha filha pra ir se encontrar com outro.
    Ela mente muito, creio eu que ela acredita nas próprias mentiras. A mãe dela sofre de esquizofrenia aguda. E ela tem um temperamento bipolar.
    Eu gostaria de saber quais as chances de eu poder criar a minha filha, longe dessa bagunça que a própria mae, faz. Por que querendo o não a minha filha sofre com isso. E eu não quero que ela acompanhe isso, tao pequena.
    Obrigado!

  91. Estou em um relacionamento a aproximadamente 2 anos e meio, tenho um bebê de apenas 3 meses. Neste final de semana eu e o meu companheiro discutimos muito, ele começou a gritar e a bater palmas na minha frente e eu (pelo susto e stress que isso me causou) dei um tapa nele. Coisa que me arrependo extremamente. Ele saiu de casa e me disse que era pra mim decidir se eu saia por conta própria ou se saia através da denúncia que ele iria registrar contra mim. Ele pode usar esse fato para tentar tirar a guarda do meu filho? Ele possui situação financeira melhor que a minha, mas em relação a cuidados com o bebê acho que eu cuido muito bem, ele não consegue passar nem meia hora sozinho com o bebê, a família dele é de outro estado e a minha mora aqui na mesma cidade e sua escala de trabalho como militar é de 24×48 e eu acredito que ele não teria com quem deixar o bebê enquanto está trabalhando. Ele tem possibilidades de conseguir a guarda?

    1. Karine,

      Para que ele consiga a guarda ele deverá comprovar que tem melhores condições de cuidar da criança do que você, o que não me parece ser o caso, pelo que você conta.

      Boa sorte.

  92. Boa noite, meu nome é Débora

    Sou casada e meu marido tem uma filha de um outro relacionamento , ela tem 4 anos e é um amor de menina, sou completamente apaixonada com ela.
    ha um tempo atrás a mãe dela não estava deixando ela vir para nossa casa, meu marido fez boletim de ocorrência e entrou na justiça, onde foi estipulado pelo juiz a visita paternal.
    agora faz 3 meses que não pegamos ela. quando o pai liga ela diz que tem saudades mas não quer ir para nossa casa, ja chegou até a pedir o pai para parar de ligar. segundo a mãe ela está assim com todos, não quer ir para a casa das tias e nem coleguinhas, mas acredito q uma criança de 4 anos não pode ter uma opinião mais forte que a dos próprios pais.
    a mãe não ajuda, sabe que tratamos ela muito bem e mesmo assim parece que fica fazendo pirraça e usando a menina.
    Da primeira vez pensamos em pedir a guarda dela, mas conversei com meu marido e tentamos lutar apenas pela visita paternal(oq é muuuuito pouco coisa), mas nos contentamos porque acreditávamos que a mãe dela era uma boa mãe, e q só estava usando a criança para fazer raiva no pai…. Mas agora esta passado dos limites, 3 meses sem ver a criança, não sei mais o que fazer, amo ela de paixão. o que eu faço ???

    1. Débora,

      A primeira medida a ser tomada é informar o juiz que concedeu o direito de visita ao pai. Ele pode determinar que a mãe autorize o pai a visitar a criança e levá-la para a sua casa. Caso a mãe não cumpra essa determinação existe a possibilidade de a criança ser objeto de busca e apreensão, quando a autoridade competente irá à casa dela para obrigar a mãe a deixar a criança ir para a casa do pai. Esta última medida deve ser tomada apenas se não há outra saída.

      Abraço

  93. Minha amiga esta gravida de 5 meses terminou com o pai do bebe faz mais ou menos um mês e tem uma pessoa atraz dela querendo namorar ela.
    ela começando a namorar com ele o pai da criança pode de alguma forma tentar tirar o filho dela ? alegando falta de respeito com a criança pois ela estará talvez tendo relação sexual com outro homem que nao seja o pai com apenas 1 mes apos o termino dos dois ? ela frequenta baladas mesmo gravida nao bebe,nao esta fumando devido a gravidez ..

    ela me fez essa pergunta e gostaria de verificar antes de responder

  94. Boa noite, meu esposo cria a filha desde a separação ela tinha na época 3 anos com o passar do tempo ela engravidou novamente dele , até então ele paga pensão dela , mas no momento ele está desempregado. Gostaria de saber se ele pode parar de pagar já que ele cria uma e ela outra filha?

    1. Marcela,

      Depende, pois uma filha pode ter mais necessidade do que outra. Aconselho o seu marido procurar a defensoria pública de sua cidade para que, por meio de uma ação judicial, ele tente deixar de pagar pensão.

      Boa sorte.

  95. Me separei a dois anos e quero muito a guarda do meu filho de 11 anos, a mãe do meu filho não trabalha e nem procura trabalho, ela mora de favor na casa da avó dela.. Eu trabalho a anos em uma grande empresa e tenho mais condições financeira de cuidar do meu filho a minha única duvida é que estou morando com meus pais nesse momento e eu gostaria de saber se caso eu ja estiver casado com minha namorada e morando em casa própria se isso me ajudaria?
    Minha namorada tem 3 filhos, sendo 2 ja adultos e o caçula dela tem quase a idade do meu filho e poderiamos cria-los juntos. Essas condições me ajudaria no pedido da guarda??

    Grato

    1. Antônio,

      Sempre que o ambiente familiar é bom ajuda no pedido de guarda. Se você dará um lar adequado para a criança, as chances aumentam e isto independe de você estar casado ou morando com os pais. Entretanto, também é necessário analisar se a mãe, apesar de não trabalhar, está conseguindo oferecer um bom ambiente para o filho se desenvolver. Você tem que comprovar que as condições dadas por você são superiores às da mãe.

      Como o seu filho tem 11 anos, a opinião dele pode ser levada em consideração também.

      Boa sorte.

  96. oi meu nome e mirian tenho 24 anos ,tenho um filho de 4 anos fiquei casada com o pai dele dois anos convivi com ele me agredindo na frente da criança pq chegava das noitada bebado no outro dia ,qd descobri que tava gravida dele ele comprou um monte de cha de todo tipo pra mim tira a criança nunca pagou a pensao direito meu filho,nunca pegou ele pra da uma volta pq a vida dele era as noitada com os amigo foi criado por mim e pelo vo dele que foi um pai pra ele, e agora ele ta casado ele ta falando em tirar a criança de mim…estou desisperada porfavor me ajudem

    1. Miriam,

      Acho pouco provável ele conseguir a guarda, pois terá de comprovar que possui condições melhores do que as suas de criar a criança.

      Se você tiver um ambiente familiar estável e seu filho estiver sendo bem cuidado, as chances dele são mínimas. Caso você tenha como comprovar as agressões, as chances são menores ainda.

      Fique tranquila.

      Abraço

  97. Olá boa tarde eu tenho um parceiro e ele tem dois filhos do primeiro casamento, o menino de 8 anos e a menina de 13 anos que moram com a mãe. Só que vejo que a mãe não tem condição de criar a menina de 13 anos já faz coisas que não deve fazer e a mãe não toma uma providência, ela já foi morar lá umas 3 vezes e todas as vezes que ela foi pra lá foi por causa de problema com a menor, e nessa última ela fugiu para a casa de um garoto que ela namora e a mãe dela foi buscar. A mãe dela ia levar ela de volta para a casa do pai dela, mas ela ameaçou a mãe dela de fugir de novo, e agora ela esta morando com a mãe dela.
    O que o pai dela deve fazer para pegar a guarda dela pois lá ela vai acabar se perdendo.

    1. Joicelene,

      O pai deve mover uma ação pedindo a guarda e, por meio desta, comprovar para o juiz que ele tem melhores condições de criar a filha do que a mãe.

      Procure a defensoria pública de sua cidade.

      Abraço

  98. OLÁ BOA NOITE!
    TENHO UMA FILHA DE 4 ANOS, JÁ ME SEPAREI DO PAI DELA HÁ 2 ANOS.MANTEMOS AS VISITAS DE 15 EM 15 DIAS,PORÉM A GUARDA E MINHA (MÃE). MAIS NO MOMENTO TENHO NAMORADO E PRETENDEMOS MORAR JUNTOS, SÓ QUE ELE MORA EM OUTRA CIDADE, SENDO ASSIM VAMOS EMBORA EU E ELA, PARA A CIDADE. COMO FAZ NUMA SITUAÇÃO DESSA?O PAI DELA PODE FAZER ALGO PARA ME IMPEDIR DE IR EMBORA?

  99. Boa Tarde!!!

    Tenho um filho de 7 anos, e ele é tudo pra mim, quando eu e minha ex nos separamos isso já faz uns 7 anos e alguns meses, e na época mesmo ele bem pequeno ficava comigo desde todo fim de semana isso por que minha ex quis pois na época dizia q ficava muito presa e queria sair pra se divertir, e nos dias q ela estava em casa que era nos dias de semana em um trabalho que ela sai as 15horas, e meu filho de vez em quando tem umas conversas de querer ficar comigo, morar comigo de vez, sempre fui o pai q esteve sempre do lado dele seja em qualquer hora, quando ficava doente era eu quem o levava para o médico, internado mesmo eu com dores eu ia e ficava com ele e a mãe sempre em casa pois sabia q eu estava la´, todos os tipos de asseios sou eu q faço, com quando vem pra minha casa vem com unha grande, vem com cabelo por cortar, bobeirinhas mas q resolvo. Pago colégio, Plano de saúde, dentário, tudo quanto é tipo de vacina, etc. Meu filho mesmo diz pra mim q dou atenção a ele, quem brinco com ele, não é só passear e atenção mesmo. Depois que passei todos os apertos com ele, agora que ele ta com 7 anos e mais fácil de se lidar, pois os maiores perrengues eu passei com ele, ela quer fazer como me afastar fazendo pressão psicológica em mim, pois ela sabe quanto amo esse menino. E faço o máximo para não envolver ele, pois até na escola a própria dona diz que ele tem medo de fazer as coisas e errar, mas sendo q eu dou o direito a ele de errar e acertar dando força sempre para fazer o q ele tem fazer coisas de criança, mas ele tem medo de qualquer pessoa brigar. Pôxa acharia um injustiça se formos para o juiz, e ele der uma sentença na qual eu tenha que ver meu filho de 15 em 15 dias, em vez de uma compartilhada seja de ficar 7 dias comigo 7 com a mãe, seja 15 dias comigo 15 com a mãe, eu acharia mais justo pois só assim ela não perderia contato e nem eu. E a guarda batalharia por ela , mas sempre respeitando o direito do meu filho que eu penso q tem q ter os dois. Eu propus isso e ela não quer ou seja se fosse uma pessoa pensando na criança mesmo q a criança tenha predileção por um ou outro, ele ama os dois, e fazendo de outra forma seria me excluir da convivência dele. Será que um juiz não daria a forma mais racional possível. Pois ela sabe, pode me bater, me agredir de qualquer forma, que eu não caio, mas se me tira o meu filho minha base desaba, e com certeza ele também sentirá falta. O que poderia me dizer quanto a isso?

    1. Alexandre,

      A legislação atual dá preferência à guarda compartilhada. Se os pais não têm um bom relacionamento este tipo de guarda costuma ficar impossibilitada. Isso deve ser discutido com o conciliador ou com o juiz. Caso não tenha jeito de a guarda ser compartilhada ela será dada para um dois pais (o que tiver melhores condições de cuidar da criança) resguardado o direito de visitas do outro.

      Abraço

  100. Boa noite, venho tirar uma duvida, tive uma filha com um ex namorado, porem ele me abandonou gravida, so apareceu quando minha filha tinha um mes ainda pq eu o procurei, pediu dna e tudo, e olha q a menina e a cara dele. depois de um mes fiz um acordo no chame de minha cidade, ficou dele pagar a pensao, visitar a bebe e eu fiquei com a quarda, ele nunca veio vizita la eu sempre tive que sair com ela e ele pois ele nem entrar em minha casa entrava, pois sou simples e ele sdigamos q tem uma boa vida. eu nuncA QUIZ VOLTAR COM ELE PQ ATE ABORTO ELE SUGERIU, HOJE ELE QUER VIR PEGAR A BEBE DE 11 MESES PRA SAIR COM ELE SOZINHO E EU TEMO PELA VIDA DE MINHA FILHA POIS ELE BEBI E NAO TEM DOMINIO SOBRE A BEBIDA, FUI A DEFENSORIA DE MINHA CIDADE VOU PODER CONVERSAR COM UM ADVOGADO SO DAQUI 2 MESES, OQUE EU FACOI, ELE TEM DIREITO DE PEGAR ELA MESMO BEBENDO ELE DISSE QUE PROCURARIA A JUSTICA, POREM NUNA NEGUEI DE ELE VER ELA, E ELE NUNCA APROVEITOU ISTO, TEMO POIS ELE AINDA M AMEACOU DIZENDO TR DIREITO A QUARDA COMPARTI,

    1. Sheila,

      Por enquanto o que está valendo é o que está determinado neste acordo inicial, se nele não consta a possibilidade de ele pegar a criança, você não é obrigada a deixar que ele a leve.

      Caso ele queira a guarda ou poder ficar com a criança longe da sua casa, ele deverá mover uma ação específica para estes fins.

      Boa sorte.

  101. Olá, tenho um filho de 10 dias, fruto de uma noite.
    O pai da criança desde o início da gravidez negou o filho. Hj não tenho condições de trabalhar e moro na casa do meu pai, tenho ajuda da minha família, mas não é o suficiente, não passamos necessidades, mas sei q meu filho poderia ter mais coisas do q tem. Ele tem muito amor e carinho por todos aqui.
    Queria entrar com pedido de pensão, mas tenho medo do pai do meu filho pedir a guarda e acabar maltratanfo e Deus me livre meu filho virar alguma estatística, sei q ele não quer saber da criança ele já tem 3 filhos grandes e uma ex mulher, meu medo é q eles se livrem do meu filho para não ter q conviver com “esse problema”. Ele tem boa condicao finaceira para criar meu filho, mas nao tem amor, carinho e os filhos fruto do casamento dele moram com ele… não quero perder a guarda, meu filho é tudo para mim, além da minha família amar muito ele tb. Tem alguma forma de entrar com pedido de pensao sem perder a guarda do meu filho? Eu e o pai da crianca moramos em cidades/estado diferentes

  102. oi, Tenho um filho de 3 anos, pago pensão tudo conforme a lei. Mas a mae dele não tem emprego, vive em festas, ai pago a pensão e ela me exige mais ajuda,meu filho se alimenta de miojo e outras besteiras e vive doentinho. eu Trabalho, sou casado, tenho endereço fixo, tenho chance de conseguir a guarda do meu filho?

    1. Luciano,

      Se você conseguir comprovar que a mãe não está cuidando dele da forma correta e você poderá dar esses cuidados a ele, este a possibilidade de você conseguir a guarda.

      Abraço

  103. Olá Boa tarde tenho câncer no ultero e tenho um filho de 3 anos posso perder a guardá tenho casa e renda e sou casada.

  104. Olá, estou grávida de 30 semanas tenho 20, trabalho e faço faculdade moro com minha irmã e meu cunhado, pai dessa é casado, ele quer guarda ou responsabilidade total, pois não tem como eu cuida parte da noite por causa da faculdade por causa disso ele quer guarda, o q eu posso fazer pra ele não pega a guarda da criança, não sei o q faço até agora ele não ajudo em nada, ele é a mulher dele perderam um filho a um ano atrás, estou com medo d perde a guarda.

    1. Tamires,

      A primeira coisa que você deve fazer é procurar um advogado ou a defensoria pública de sua cidade.

      Se o pai pedir a guarda da criança, você deverá demonstrar para o juiz que tem condições de cuidar da criança, por exemplo, comprovando que o período que você não estiver em casa vai ter alguém para cuidar dele.

      Boa sorte.

  105. Olá boa noite.
    Tenho dois filhos sou separada há 5 anos .
    Sai de casa devido constantes brigas. Até que chegou ao ponto de meu ex marido me bater no rosto.sai de casa na mesma hora não pensei em nada. Fizemos um acordo sobre as crianças. Que ele não me impediria de ver los. Mas agora não me deixa nm sair com eles pra passear. Atualmente não moro na mesma cidade. Mas banco tudo para os meninos. Material escolar roupas e calçados. Pedi pra ele deixar os meninos virem passar as férias comigo ele não deixou. Me disse que eu não tenho direito nenhum sobre as crianças. Por que fui eu que abandonei o lar. Mas quero muito participar da vida dos meus filhos mas ele não deixa. O que devo fazer????

    1. Maria,

      Você deve mover uma ação para regularizar o seu direito de visitas. Você tem todos os direitos que uma mãe tem sobre as crianças. Dependendo das suas condições, existe, inclusive, a possibilidade de você requerer a guarda delas.

      Procure um advogado em sua cidade.

      Abraço

  106. Me separei a poucos meses, tenho um filho de 3 anos ao qual sou muito apegado, minha ex mudou pra outra cidade, mora com os pais, e a casa nao esta la essas coisas, paredes muito mofadas, a mae dela nao trabalha, somente o pai. Minha ex nao perde uma festa e deixa meu filho com a mae dela, ele falta muito na escola pq ela nao tem responsabilidade com ele. Sou muito responsaveu com minhas coisas e amo d+ meu filho, tenho melhores condicoes financeiras e psicologicas pra criar meu filho, tenho uma casa que esta de aluguel mas moro com numa casa no mesmo terreno q minha mae. Minha casa tem mais condicoes de meu filho crecer saudavel. Tenho chances de pegar a guarda dele?

    1. Bruno,

      Caso você comprove que a mãe não está cuidando direito dele e que você pode fazer isso melhor do que ela, existem chances.

      Procure um advogado ou a defensoria pública de sua cidade.

      Abraço

  107. Ola! Tenho um relacionamento a mais de um ano, vivemos juntos porem nunca fomos casados, temos um bebe de 2 meses, e nossa relação esta ficando insustentável, ainda mais com o interesse homossexual da mae de meu filho, tenho um emprego com renda media/ alta, órgão Publico tenho 30 anos e ela 20, e irresponsável, nunca trabalhou, o pai ja e falecido, a mae usuaria de drogas, tentei fazer de tudo pra ter uma familia completa e tranquila porem a falta das baladas das curtições e da vida de farra que levava antes deste relacionamento, ela antes de morar comigo fazia uso de remedios anti- depresivos, a tal mulher que ela tem interesse usa drogas e estao querendo morar juntas e levar meu filho, ele ja nao amamenta no peito e usa formula, nunca deixei faltar nada para o pequeno ( mesmo sem merecer pra ela tambem nao ) mais gostaria de saver como faço pra poder ter a guarda dele desde pequeno por que sei que se for morar com esta mulher vivera num abiente contubardo onde a droga sera coisa natural na vida dele e onde os padroes de familia nunca existirão, sei que se deixarem ir com o tempo ira se arrepender e querer voltar mais nao quero que meu pequeno passe por isso tudo, pis tenho condição de trabalhar somente meio expediente com salario acima de 5.500,00 ode ele ira estudar de manha e ficar comigo o restante do dia.

    1. Gui,

      Você deve mover uma ação de divórcio e também pleitear a guarda do seu filho. Se você conseguir comprovar que a sua mulher usa drogas e que não cuida bem da criança, você tem chances de conseguir a guarda, sim.

      Procure um advogado em sua cidade.

      Abraço

  108. Ola boa noite! Por conta de uma traiçao por parte da minha ex cunhda,meu irmao se separou. Eles tem dois filhos juntos.Ele mora na casa dos meus pais , onde todos trabalham registrados, inclusive ele, tem hospitais e escolas pertos. A ex mulher dele nao trabalha, a familia dela nao vai ajudar, e ela tera que ir morar na casa de uma tia de favor. Ele esta comprando as coisas para as crianças, porem nao dava dinheiro para ela. Hoje a mae dela ligou avisando que ela estava saindo e deixando as crianças jogadas e sujas. Entao ela disse que iria pedir a guarda das crianças, entao ela a o ameçou de colocar ele no ‘pau’. Gostaria de saber se ele tem chances de conseguir a guarda das crianças? Ja que ela nao aceita mas que ele compre as coisas, e sim que de o dinheiro pra ela. E pelo fato dela nao estar cuidando da mesma forma!

    1. Bom dia separei da minha esposa há pouco tempo e ela não mim deixa mais ver meu filho nem cuida dele como deveria sai pra balada e deixa uma criança de três anos dormindo com mais duas crianças w são os tios o que posso fazer nesse caso pra ter meu filho comigo

      1. Cleiton,

        Você deve mover uma ação judicial pleiteando a guarda. Para ter chances de ganhar é necessário comprovar que você tem melhores condições de cuidar da criança do que a mãe.

        Abraço

  109. Boa tarde. Meu esposo morou com uma moca por 1 ano e nisso ela ficou gravida e ele sempre ficou com crianca, eles revesavam as vezes aos fina de semana. Mas todas as datas importantes sempre estiveram com a criança e Janeiro agora ela foi pra Minas e levou a criança.arrumou um outro rapaz q tbm tem um filho e agora ela está grávida novamente.desde Janeiro ela nao nos deixa ver a criança. É fica colocando caraminholas na cabeça dele de que não gostamos dele. A criança sempre q conseguimos ao menos falar no telefone a criança pede pra irmos busca-la mas ela toma o telefone e desliga. O meu esposo ja esta com processo de guarda mas não temos o endereço dela. O que fazer? Será q temos chance ? Obrigada

    1. Carla,

      Se vocês já tem processo em andamento também devem ter advogado constituído, então não posso opinar sobre o caso em si, pois iria de encontro ao Código de Ética da OAB.

      Contudo, posso adiantar que todo pai tem direito de visitas ao filho mesmo morando em cidades diferentes, desde que não cometa maus tratos à criança.

      Boa sorte.

  110. Ola meu nome e patricia e tenho uma filhs de 10 meses e nos nao moramos juntos ele paga direitinho a pensao dela mas ele nao se preoucupa em dar amor carinho pra ela ele nao pega ela pra sair ela nao gosta dele sempre chora quando ele ta perto e eu nao to trabalhando ja chamei ele muito pra conversar sobre ela mas ele nunca se interessou agor eu vim pra outra cidade pra oferecer uma vida melhor pra ela mas agora ele quer entrar na justuça pra tomar a guarda dela ele tem condissoes mas nao tem casa propia nao tem trabalho fixo e nem um lar onde ela possa receber amor sera que ele pode pegar a quarda eu nunca proibi ele de ver ela

  111. Boa noite, eu e minha ex moravamos em uma cada de meus pais nos 4 e nosso filho, estou separado de fato a 2 anos, fizemos um pacto de divórcio na época com a separação de bens e a guarda compartilhada do nosso filho de 6,5 anos hoje, agora que fui conversar com ela para fazer o divórcio ela quer mais bens da meação e como não dei. Por vingança ela entrou por conta com ação de litigioso com pedido de guarda unilateral para ela e pensão alimentícia. Mas a guarda a dois anos é compartilhada mas de fato exercida por mim. Ela mora sozinha no apartamento q comprei e sai as 8,30 e volta só as 18,30h então sempre ela deixa ele comigo pela manhã. Eu trabalho com escritório em casa então quem cuida dele sou eu e minha mãe, ele fica aqui todas as manhãs e dou banho. Almoço, preparo o lanche e levo para a aula, busco ao finAl as 17,45h e trago para casa e ela q trabalha no banco gerente até as 18,30h vem busca lo aqui a noite nas terças, quartas e devolve pela manhã e na sexta busca a noite e passa o sábado e me devolve no domingo pela manhã. Então pago escola. Uniformes, transporte e roupas. Ela o plano de saúde apenas… e mesmo assim por raiva ela pediu unilateral e ainda escreveu na inicial q ela q paga tudo do menor e eu nada ajudo. Se contar o tempo que ele fica com cada um o meu filho faz 21 refeições por semana aqui e somente 7 com ela. Então além de tudo 75% das despesas de alimentos são minhas contra 25% dela… ela ainda viaja pelo banco e já ficou até 28 dias a 1500km longe de nos e ele sempre ficou comigo nestas viagens dela.. ela no processo ainda pediu 2 salários de pensão. Mas tenho todos os boletos dos últimos 36 meses provando q pago 80% das despesas do menor. E ainda meu salário é 4mil e o dela é 11mil… Então a pensão vou derrubar… mas sobre a guarda acha q bato na tecla da compartilhada ou tenho chances de pedir a guarda pra mim já que ela tá mostrando que ela quer dinheiro e vingança… eu pensei em pedir pra mim mas depois deixar ela com acesso livre… mas pedir a guarda pq já gravei o menor contando o que a mãe fala de mim e de minha noiva pra ele. Pura alienação. Que caminho devo seguir e que ação devo tomar na contestação. Contar tudo deu 1300 páginas contando os anexos. T

    1. Jeferson,

      Para fazer a contestação você precisa contratar um advogado, você não pode fazer isso por conta própria.

      Como você tem todos os recibos de pagamentos de escola, uniformes, transporte e roupa, fica fácil comprovar que a mãe está mentindo sobre você não ajudar financeiramente com as despesas da criança.

      Existe a possibilidade de você conseguir a guarda unilateral caso comprove todos estes fatos que você alega.

      Boa sorte.

  112. Bom dia, meu nome é Mariana tenho um filho de 01 ano, meu ex terminou comigo quando meu filho tinha dois meses, de la ate hoje o meu filho ficou comigo, moro com meus pais, trabalho de segunda a sexta, e meu filho fica com a avó (minha mãe), o pai vai visitar ao finais de semana e ajuda com o que pode, pois ele é autônomo e não tem casa própria. tento conviver bem, pra que ele tenha uma boa relação com nosso filho, mais agora ele tbm quer a guarda dele, porem ele nao tem horário fixo pra nada e quem poderia ficar com nosso filho seria a mãe dele que tem problema com depressão…. ele tem alguma chance de ficar com a guarda dele?

  113. Eu sou filha de pais separados, mas eles possuem a guarda compartilhada. No começo era só da minha mãe, mas ela me botou numa escola só porque era evangélica (e ela é dessas loucas por religião) só que a escola estava me fazendo mt mal, por vários motivos. Estava sem vida social, quase entrando em depressao e outras coisas. Mas ela era incapaz de perceber isso, porque o fato da escola ser evangélica significava que era perfeita. Meu pai percebendo tudo isso, resolveu pedir a guarda compartilhada, para ele poder opinar na hora deu continuar ou não na escola. Graças a ele eu sai daquele lugar, mas parece que cada dia está piorando. Há muitos motivos que eu não vou escrever aqui, é claro, mas a convivência com a minha mãe está cada vez mais difícil. Gostaria de saber se há a possibilidade deu ir morar somente com meu pai, que a guarda seja somente dele.

    1. Beatriz,

      Existe, sim. Converse com o seu pai para que ele entre com o pedido de guarda. Pela forma como você escreveu a pergunta, não deve ser mais criança e a sua vontade pode influenciar na decisão do juiz.

      Boa sorte.

  114. Olá, minha filha tem uma semana de vida, o pai dela é alguém com quem apenas me aventurei uma vez e descobri a gravidez 2 meses depois, cheguei a comunica-lo mas ele não teve interesse algum até mesmo cortando contato comigo, passei a gravidez inteira dessa forma e ela é registrada apenas no meu nome, ele não faz contato comigo desde que soube da gravidez e nunca tivemos nenhum grau de relacionamento, moro com meus pais que tem ótimas condições financeiras e um ambiente familiar ideal, existe alguma chance de uma hora pra outra ele querer ter direito de paternidade sobre minha filha e conseguir? Sendo que nem meu sobrenome sabe, nunca perguntou ou contribuiu mesmo agora depois do nascimento dela?

  115. Olá meu nome é Atilson meus pais querem se separar pq meu paibatia na minha mãe, xingava ela, e ficava ameaçando ela de morte,e minha mãe descobriu q ele tava traindo ela, tenho 3 ermaos 2 menina uma de 12 anos,outra de 3anos, um ermos de 16anos e eu de 14anos, parece q meu pai quer conseguir a nossa guarda eu não gosto dele nem meus ermaos oque eu e meus ermaos e

  116. Oie, Bom Dia.
    Tenho um filho de 1 ano e 9 meses que mora com a mae em João Pessoa- Paraíba e eu resíduo em Cuiabá-Mato Grosso. Ela tem 17 anos e está sendo muito irresponsável, e a mãe dela e os avós devido à isso concordaram em me dar a guarda dele ( mas não ten papel nenhum que a guarda está com eles, e nada de que eu separei da mãe deleou mesmo que juntei com ela ). Como funciona agora ? À mãe dele minha ex não quer me dar, mas a mãe dela quer. Separei dela por traição dela.
    É muito difícil? Ou à mãe dela que responde por ela… é só assinar um papel ? Rsr

  117. Estou separado a 1 mês e tenho duas 2 com a mesma mulher q suspeita estar grávida do 3° meu também é ela não trabalha não tem ensino médio completo vive no mesmo terreno que o pai sendo o único registrado ele é alcoolatra e ela não está deixando eu pegar minhas filhas e vive indo pra balada e deixando as meninas com a mãe dela sábado dia 25 quis pegar minhas filhas e ela não deixou uma tem 5 anos e a outra 2 anos e 3 meses sendo que ainda está no leito pago pensão por acorda verbal mais quero pagar pela justiça e vive faltando as coisas pras meninas no sábado por conta de boatos antigo fui até a balada q ela frequenta e lá vi ela com bebidas alcoólicoas e tirei algumas fotos nítidas dela com copo de pinga na mão gostaria de saber quais são as chances reias de eu ganhar a guarda das minhas filhas sou registrado tenho casa lropria.pq não dá pra ficar sustentando as baladas dela é ela ficar me ligando falando q falta fralda falta comida as besteirinhas q todas criancas gosta.boom agradeço aqui desde já.

  118. Olá, minha namorada está grávida , tenho 17 anos e trabalho no tribunal do trabalho, minha sogra é racista e homosexual e tem um certo ódio por homens e várias vezes tentou me prejudicar tanto socialmente quanto emocionalmente, ela interfere no meu namoro me impedindo de ver a mãe do meu filho, isso impede nosso relacionamento e sou frequentemente ameaçado caso eu não dê as coisas do meu filho tais como berço e tudo mais, em relação à tudo isso minha sogra pode continuar fazendo estas barbáries?

    1. Helber,

      Se você está sendo pressionado ou discriminado de alguma maneira pela sua sogra você pode pleitear judicialmente os seus direitos.

      Procure um advogado ou a defensoria pública de sua cidade.

      Abraço

  119. Minha irma tem um casal de filhos, os dois moram com o pai, porém, ele registrou só o menino, então ela já estar com autorização pra pegar a menina, e vai deu entrada na justiça pra pegar o menino também, ela pode pedir pensão? já que vai imediatamente pegar a menina?

    1. Paulo,

      Se cada um vai ficar com um dos pais, entendo não ser necessário pagar pensão (nem o pai e nem a mãe). Contudo, pelo que entendi, apenas o menino é filho do casal. Neste caso, como ele está com o pai, quem deve pagar a pensão é a mãe.

      Abraço

  120. OIII…. MEU IRMÃO ESTAVA CRIANDO O FILHO DELE QUE TEM 1ANO E 6 MESES E A MÃE SIMPLESMENTE VEIO PEGO O MENINO E LEVO EL ELA TINHA DEIXADO O MENINO PRA ELE CRIAR PORQUE NÃO TINHA CONDIÇÕES PARA FICAR COM ELE PORQUE A MÃE DELA TINHA ACADO DE SAIR DO PRESIDIO E ELA ESTAVA TRABALHANDO ATÉ AS 9 DA NOITE E AONDE ELA TRABALHA É LONGE DE ONDE ELA MORA E ELA IA DE APÉ ATE NA CASA DELA COM O MENINO..Eu QUERIA SABER SE ELE PODE TER A GUARDA DO MENINO……

    1. Fernanda,

      Pode sim. Para isso ele precisa contratar um advogado ou ir à defensoria pública da cidade dele para poder mover uma ação pedindo a guarda da criança. Nela ele deverá comprovar que tem melhores condições de cuidar da criança.

      Boa sorte.

  121. Olá tenho um filho de quatro anos e mora com a mãe dele pago a pensão certinho todo mês mais no mês de férias dele da escolinha ela e a mãe dela não deixaram ele passar o mês de férias comigo o que fasso posso entrar com o pedido pela guarda do meu filho.???

    1. João,

      Você deve contratar um advogado ou ir à defensoria pública de sua cidade, se não para pedir a guarda, para ao menos conseguir melhorar o seu direito de visitas.

      Abraço

  122. Bom dia !
    meu companheiro tem duas filhas uma de 11 anos e a outra de 4 anos , a mãe das meninas deixou ele pra ficar com outra mulher. Ele paga a pensão todo mês mas as meninas passa por algumas necessidades e elas quer ficar e morar com o pai. quais as chance dela ficar com a guarda das meninas.

    1. Leidiane,

      Ele deve comprovar que tem melhores condições de cuidar das crianças do que a mãe. Talvez a vontade da maior pode ser levada em consideração pelo juiz.

      Boa sorte.

  123. Bom dia !
    meu companheiro tem duas filhas uma de 11 anos e a outra de 4 anos , a mãe das meninas deixou ele pra ficar com outra mulher. Ele paga a pensão todo mês mas as meninas passa por algumas necessidades e elas quer ficar e morar com o pai. quais as chance dele ficar com a guarda das meninas.

  124. ola tnho uma duvida , sou divociado a quase seis anos , no começo minhas criancas ( um casalzinho (ele 10 e ela 15 anos )moravam com a mãe e de uns dois anos pra cá passaram a morarem comigo, e não querem mais morar com a mãe e a mesma tambem ja esta morando amigada e ja tem uma filha de 4 anos de” primo”, e não liga das crianças morarem comigo , o que devo faser? obgd por aguma resposta que me oriente nesse assunto .

  125. Boa noite….Tenho 2 filhos.uma de 13 anos e outro de 10 anos….O de 10 anos manifestou o desejo de morar comigo…E sua mãe permitiu o que tenho que fazer para legalizar. .Essa situação? E outra tenho que continuar pagando pensão para a de 13 anos ?…Quero somente estar correto o que faço ? Obrigado! !

    1. Claudemir,

      Você deve mover uma ação para regularizar a guarda. Como cada filho tem direito à pensão, elas podem ser compensadas pela que você deveria pagar ao outro filho e o que sua ex-mulher deveria pagar ao seu, mas isso também deve ser determinado judicialmente.

      Abraço

  126. Felipe, boa tarde
    Meu marido tem uma filha de 12 anos, que ainda não aprendeu a ler estamos fazendo todo o possível para saber se ela tem algum problema intelectual ou apenas falta de interesse nos estudos ela morra em outra cidade com a mãe e o padrasto e vem para nossa casa apenas nas férias escolares ou feriados prolongados, eles não foram casados e não existe nenhum acordo judicial para regulamentar visitas, gostaria de saber se ficar comprovado através dos exames e testes que estamos realizando que não existe deficit intelectual podemos pedir a guarda da menina? a mãe não tem emprego fixo e também tem outra filha e o padrasto possui antecedentes criminais.
    Nesse caso podemos pedir a guarda? a vontade da menina também é levada em conta pelo juiz?

    1. Lu,

      Pode sim. Quando a criança está com sérios atrasos nos estudos, a tendência é o juiz entender que quem tem a guarda não está o fazendo com qualidade. As chances de conseguir a guarda são boas.

      Boa sorte.

  127. Boa noite,

    Meu nome é Nayara e moro com meu noivo (vamos oficializar no começo de 2017). Ele tem uma filha de quase dois anos com sua ex namorada. Temos muita vontade de ter a guarda da criança, mas temos medo de nossas chances serem poucas e acabarmos tendo que ver menos ainda a pequena. Gostaria de saber nossas chances:

    Meu noivo, o pai da criança, trabalha com construção civil e está cada época do ano em uma obra. Ele vem pra casa às sextas e vai embora segunda cedo. Ou seja, passa a semana fora, e quem iria criar mesmo seria eu, a madrasta. Porém, a pequena se diverte muito com a gente e temos vários registros de bons momentos juntos. Na nossa casa temos um quarto só pra ela, que eu decorei com muito carinho. Eu sou engenheira civil, mas no momento só estou trabalhando meio período, e pretendo continuar assim caso peguemos a guarda.

    Agora vamos falar da mãe da criança. Até recentemente não trabalhava, e se banca (aluguel, luz, roupas, mercado e tudo mais) com o dinheiro da pensão. Agora diz que arrumou um emprego em um salão, mas por enquanto só papo. Ela não maltrata a criança, mas é completamente irresponsável. Por exemplo, vai pra festa e leva a menina, em uma dessas festa a pequena chegou a cair numa piscina, anda de barco com a menina sem colete e sem nenhuma segurança, fuma com a menina por perto, bebe muito e ainda dá o peito pra criança, a pequena vive na rua sozinha, vive doentinha pq a mãe sai com ela no frio sem agasalhar direito, coloca a menina de menos de dois anos para ouvir e dançar musicas que fazem apologia ao sexo, vive xingando a menina com palavroes feios, entre outras “pequenas” coisas… Temos provas de quase tudo que eu disse…

    E aí? O que me diz? Temos chances reais?

    Obrigada!

    1. Nayara,

      Para o pai conseguir a guarda é necessário que ele comprove ter melhores condições de cuidar da criança do que a mãe. Se vocês provarem que a mãe não é responsável o bastante, há a possibilidade de vocês conseguirem a guarda, caso contrário, acho difícil.

      Boa sorte.

  128. Bom dia,

    Tenho uma filha de 4 meses com uma moça de 17 anos, tenho 27 anos, no momento estamos morando juntos na casa de minha mãe, temos uma declaração de convivência marital registrado em cartório assinado pelos pais dela por ela ser menor de idade.
    Pois bem toda briga que temos ela arruma as coisas dela querendo voltar para casa de seu pai, e tenho que me humilhar para ela ficar por causa da minha filha, ela não trabalha, não estuda parou os estudos no ensino médio, na minha casa eu que sustento todos, tudo que minha filha tem foi eu que comprei a familia dela nunca ajudou em nada, pago plano de saude pra ela e minha filha. Nessas brigas que temos quando ela esta arrumando as coisas dela eu falo pra ela que ela so sai de casa sem minha filha, que ela que chame a policia pra tirar minha filha de mim. Pois tenho certeza que ela voltando para casa do pai dela minha filha não terá as mesma condições de vida que ela tem comigo e com minha mãe.
    Ja tentei de tudo para ficarmos bem, e podermos criar nossa filha juntos.
    Mais se chegar ao ponto de separarmos e eu não deixa ela levar minha de mim, qual a possibilidade de eu ter a guarda da criança?

    1. Felipe,

      Você terá a guarda se comprovar que tem melhores condições de cuidar dela. A regra ainda é que a mãe fique com a criança. O que o texto quer dizer é que o pai também tem o direito de guarda caso fique claro que a mãe não está exercendo-o com qualidade.

      Abraço

  129. Estou me separando, minha ex esposa nasceu em outra cidade mas a 5 anos mora comigo, minha filha tem 4 anos e a 5 anos a minha ex mora na casa dos meus pais, onde hoje vivem (EU, ELA MINHA FILHA E MEU PAI E MÃE) nesses 5 anos era eu quem assumia as despesas de casa e atualmente são meus pais que assumem pois sou autonomo e tenho um doença crônica Hidradenite Supurativa e acabei ficando desempregado, ela atualmente trabalha e ganha em torno de 1.300 reais, sendo que esse dinheiro é gasto todo com ela mesmo, minha dúvida é a seguinte: quero me separar dela e ficar com a guarda de minha filha, ela pode visitar quando quiser, já que gastei horrores com babá por que ela assumiu não ter condições financeiras, fisicas e mentais de ficar só com minha filha, sou eu quem tomo conta, cuido de 95% de todos os afazeres de minha filha, e ela não quer abrir mão de minha filha morar comigo, sendo que ela vai sair daqui de casa e não tem local para onde ir, e pretende deixar minha filha com alguem para ela poder trabalhar. Quero saber se teria chances de manter minha filha comigo e ela pode visitar e sair com minha filha quando quiser, sendo que minha filha fique morando aqui em casa, onde já vive a 4 anos. tenho meus pais, minha madrinha, dois irmãos, duas cunhadas que nos ajudam em tudo, e a familia dela nem sabemos quem são e nunca nos ajudaram.

  130. Ola sou mae de um menino de cinco anos, tive que deixar ele com o pai e os avos paternos porque no tempo eun ao tinha condiçoes de cria lo e o pai nao dava nada, a seis meses estou com meu filho peguei ele pq agora tenho condiçoes, tenho casa propria, o pai dele mora de aluguel e nao para em casa, coloquei neu filho numa escola particulat, ele aumentou o peso pois chegou aqui magrinho e me dizia q a avo batia nele, coloquei ele na justiça pq ele ameaçava vim pegar meu filho quando eu tivesse no trabalho, hpje nao trabalho mais pois a pessoa que estou junta hoje ganha cerca de tres mil por mes. E nao deixa faltar nada. Mas enfim, estou desesperada porque ele alega que ganha a guarda ppr ter ficado mais tempo com meu filho, mas na verdade ele morava em outra cidade. E quem ficava com meu filho era a mae dele q nao é bem de saude, e é por ela q se diz ser mae do mei filho q ele ta recorrendo, ela é o pivô de tudo pq ele mesmo nem liga.. o que eu faço, pois vai ter outra audiência , detalhe, a primeira ele nao compareceu, por favor, me ajude..

  131. Tenho um casal de gemios ,a Mãe ficou com os bebês dou a pensão ,mas ela não trabalha e a casa não parece um lixão , não tem condições do ser humano viver ,pior p duas crianças preciso pegar meus filhos como faço me ajudem

  132. Boa tarde

    Sou casada há quase 5 anos e vivemos um casamento de brigas.
    Temos uma filha de 2 anos .E construímos uma casa nos fundos da casa do meu sogro.
    Meu marido usava cocaína antes de casarmos..mas ainda tem o vício da bebida, bebê descontroladamente é só não volta usar drogas pq estou sempre com ele.
    Ele tb tem o vício da pornografia que perturba muito.Briga comigo pq quer ir p rua beber com os vizinhos e fica o dia todo bebendo.Meu cunhado mora no mesmo quintal é usuário de cocaína, bebê é trás homens e mulheres p casa dele para orgia e usarem drogas.
    eu não quero que minha filha cresça nesse ambiente.
    Meu marido não vai mudar e com a influência do meu cunhado só piora as coisas.ele bebe e quando vou falár com ele é sempre motivo de briga. Já até me agrediu fisicamente.
    Ele não me ajuda nos cuidados com nossa filha e bem com a cas. não quero que minha filha viva nesse mundo sujo. O que devo fazer para que ele não tenha direito de ver minha filha. que não tenha direitos sobre ela? será que tenho chances? me orientem por favor

    1. Eliane,

      Você precisa ir até a defensoria pública para mover a ação própria que irá proibir o contato do pai com a filha, pois nessa situação isto é possível. Também acho importante você se divorciar do seu marido.

      Boa sorte.

  133. Ola, boa noite.
    Estou recém separado da minha mulher mãe de minha filha.
    Minha duvida é a seguinte. Ela já tem um processo contra ela sobre a guarda da primeira filha dela, o pai tem melhores condições que ela, você acha que ela pode perder a guarda da filha? Detalhe a filha dela mora com o pais e com os avós desde os 3 meses de idade..
    O fato dela ter uma filha comigo e também não esta comigo isso pode atrapalhar ela a ganhar a guarda da outra filha dela?
    Abraços e desde já agradeço sua atenção.

  134. Boa noite
    Me separei.
    Sai de casa larguei a casa pra Ex e as crianças mais trouxe meu carro e minha moto q eu comprei não casei no papel porém ela não quer deixar eu ver as crianças o q eu faço

  135. Ola meu nome é lucas tenho uma filha d 1 ano e 3 mês pago pensão certinho numca deixei d paga ajudo tudo e 50% d remedios e etc.
    Ela quer q eu pague a babá e falo q se eu n ajuda vai bota em uma escolinha particular ela falo q é mais caro e q dai vou ser obrigada a ajudar.
    Sou obrigada a ajudar ou pagar babá? eu acho q sou obrigado a pagar escola quando ela tiver idade d esta na escola e eu tiver condições porq agora n tenho condições porq acabei de entrar em outro emprego e tou passando apurado

    1. Lucas,

      Se a pensão foi determinada judicialmente, o valor dela só pode ser majorado na Justiça desde que comprovada a real necessidade.

      Caso a pensão que você paga tenha sido combinada “de boca”, a mãe da sua filha deverá mover uma ação cobrando alimentos.

      O valor da pensão é determinado pela necessidade de quem recebe e a possibilidade de quem paga.

      Abraço

  136. Ola tenho um bebê de 1 ano me separei e meu marido que levar ela pra dormir de final de semana com ele…
    Eu não ligo passar o dia
    Mas não quero que ele durma longe de mim.
    Ele tem esse direito ?

  137. Meu noivo entrou com o pedido de divórcio de seu primeiro casamento e junto o pedido da guarda de sua filha de nove anos, isso já faz dois anos e três meses. Será que vai demorar muito ainda pra sair o divórcio e a guarda da menina?

  138. Olá eu tenho 25 anos tenho duas filhas gêmeas de 2 anos.. Moro com a minha Avó Paterna em casa Própria.. Toda a minha família mora na mesma cidade praticamente no mesmo bairro O pai das minhas filhas me abandonou na gravidez.. Nunca quis saber de cuidar delas.. De uns mese pra cá ele vem me amassando dizendo que vai tirar as crianças de mim..Ontem ele veio aqui e me bateu.. Já fiz b.o contra ele.. Ele não tem família aqui.. Eu moro em SP.. A família dele é do RJ.. Ele mora sozinho.. Paga aluguel.. Ele tem alguma possibilidade de conseguir a guarda?

  139. Bom dia!
    gostaria de saber se posso ter direito a guarda do meu filho que irá completar 5 anos, bom nunca tive compromisso nenhum com a mãe dele, ela atualmente esta fazendo bico paga aluguel e vive no interior, ela esta querendo retornar para a casa de seus pais por falta de condição financeira tem uma filha de 10 anos de outro relacionamento que vive com o pai e seus avós paternos ela esta solteira, por sua vez tenho minha casa própria, sou casado e tenho uma renda fixa. Gostaria de saber se posso obter a guarda do meu filho por estes motivos.
    Obs.: moro a uma distancia de aproximadamente 800 km e por este motivo só consigo ver meu filho em ferias escolares e final de ano, ela só sabe me ligar para pedir as coisas e nunca coloca o menino para falar comigo e nunca manda fotos por conta própria, manda apenas quando eu peço. Peço para falar com o menino e ela sempre fala que esta dormindo, que o menino esta longe. Queria mudar esta situação.

  140. Ola boa noite…
    Tenho um filho de 4 anos, e estou separado uns 2 anos, morávamos juntos mas não eramos casados no papel, e a casa aonde moro é da minha família, onde morávamos a 3 anos,com alguns problemas separamos e ela foi morar com a mãe dela, ela arrumou uma outra companhia e deixou o nosso filho morando com a mãe dela e foi morar com o seu companheiro, aonde a propria familia dele disse que ele não gosta de criança, e aonde o meu filho mora que é com a mãe dela, tem mais 4 crianças,resumindo sempre peguei ele largado la, só é bem tratado quando apareço, e ela é proibida de falar comigo, e tudo que condiz com ele eu arco como ,escola, roupas, esportes que eu pago fora da escola dele que é particular, corte de cabelo em fim, ela deixou ele lá, mas completamente mora comigo, dormi todos os dias comigo, até mesmo no natal e ano novo ela não foi ver seu filho, ela paga para as irmã olhar ele para ela viajar com seu companheiro, e esse tempo que ela esta com esse cara que é mais ou menos 2 anos ele dormiu 1 vez com ela, o que eu posso fazer para ter a guarda dele e se eu posso…

    1. Alipio,

      Você deve mover uma ação requerendo a guarda. Para ter sucesso deverá comprovar que você pode oferecer melhores condições ao seu filho do que a que ele tem atualmente.

      Procure um advogado em sua cidade.

      Boa sorte.

  141. boa tarde! tenho um filho ele tem sete anos e mora comigo eu me separei do pai dele uns seis anos, tenho dois trabalhos mas a noite estou sempre com ele e ele fica com minha irma pra eu poder trabalhar, agora o pai dele entrou com o pedido de guarda na audiência de conciliação ele alegou que o menino e mal cuidado so que não e verdade gostaria de saber se o pai dele podi conseguir a guarda, nos já tivemos uma conciliação onde a guarda ficou comigoque sou mae. o tem todos os direitos so não cumpre com todas obrigações.

    1. Daiana,

      Ele só conseguirá a guarda se comprovar que a criança não está sendo bem cuidada. Provavelmente, terá uma parecer de assistente social no caso, inclusive.

      Se você está cuidado bem do seu filho, acho pouco provável a mudança da guarda.

      Abraço

  142. Boa noite,

    Tenho um filho de 7 meses com minha atual mulher estamos a ponto de nos separarmos, temos uma situação de União estável registrada, compramos uma casa juntos pela caixa aonde ainda estamos pagando e também compramos um carro, gostaria de saber se consigo ficar com a guarda de meu filho ou conseguir guarda compartilhada ( meu filho nasceu prematuro e nunca mamou no peito), outra situação que gostaria de saber sao quanto aos bens adquiridos, pois na casa usei meu fundo de garantia e tirei mais um emprestimo em meu nome para a compra e ela apenas seu fundo, a casa ficou com +- 80% do dinheiro de minha parte, assim também como o carro que compramos com o dinheiro de uma moto que vendi, a moto ja tinha antes da União, gostaria de saber como ficao estas situações.

    1. Mário,

      Entendo que os bens devem ser divididos de maneira igual entre vocês dois. Não importa quem colocou quanto dinheiro, os bens adquiridos onerosamente na constância da união estável devem ser divididos de maneira igualitária.

      Se vocês tiverem um bom relacionamento, a guarda compartilhada é, atualmente, a recomendada. Caso o relacionamento não esteja bom a guarda será a unilateral e para você conseguir ficar com ela deverá comprovar que tem melhores condições de cuidar da criança do que a mãe.

      Abraço

  143. Ola tenho uma filha de 5 anos ela mora com minha ex mulher,eu estou indo morar em outro estado queria saber se eu tenho direito q ela vá morar comigo 6 meses e ficar com a mae 6 meses,

    1. Iverson,

      Acho isso muito difícil, posto que afetaria no ensino dela já que estudaria um semestre em cada colégio. Neste caso, a guarda compartilhada não iria funcionar.

      Abraço

  144. ola boa tarde:?
    tenho 3 filhos com meu ex já faz 2 anos que estou se parada dele a um ano me juntei de novo com outro homem quando meu ex ficou sabendo ele dese que ia tirar meus filhos de mim ele é muito violento e ussa drogas quando morava com ele meus filhos passavam fome e tenho uma medida restritiva contra ele e 4 Bos contra ele e ja faz 4 messe que ele não paga pensão vc acha que ele consegue a guardas dos meus filhos?

  145. Minha ex ta gravida nao quer saber de nada nak trabalha nso estuda nao tem moradia fixa eu ja trabalho tenho moradia fixa e alugada qual a chance de a filha fika comigo?

  146. Boa tarde, tenho um filho de 14 anos que mora com o pai desde os 7, quando ele era pequeno ele pediu pra morar com ele e eu deixei, só que agora ele só faz reclamar do pai e da madrasta, e quer vim morar novamente comigo, só que o pai não quer deixar, e fica dizendo que eu faço intriga entre eles e fico colocando o meu filho contra ele, só que nunca falei mal dele, não sei o que faço, o menino está com medo do pai e não quer mais ficar lá, por favor me dê uma luz urgente.

  147. Tenho 17 anos a minha guarda esta com a minha mãe mais não quero morrer com ela nossa convivência não é muito boa quero morar com meu pai quais são os meus direitos ?
    Eu posso ir pra casa dele?

  148. Olá meu nome e alison tenho 18 anos
    Eu queria saber se tem como eu ter a guarda do meu filho
    Ele tem so 2 meses
    E vevi com a mae , mais ele e tipo de uma mae que n liga para anada muito menos para os filhos.
    Tem como eu ter a guarda do meu filho
    Tenho um emprego de 840 por mes
    Moro com minha mae

    1. Alyson,

      Neste momento é difícil porque o bebê precisa ser amamentado. O pai passa a ter mais chances de obter a guarda quando o filho começa a depender menos da mãe.

      Abraço

  149. ola tudo bem?
    Otimo o seu blog, quero saber o seguinte, meu filho de 7 anos mora com a mae , pelo que eu to sabendo, ela esta deixando ele sozinho em casa, o q quero saber seguinte caso eu consiga confirmar essa situação, eu conseguiria a guarda do meu filho?

    e como posso provar na justica,qual melhor caminho?
    obrigado

  150. Boa noite,
    Meu nome é Roger, tenho dois filhos, 6 e 10 anos, divorciei ha quatro anos, na época da separação decidi em deixar a mãe ficar com as crianças, Depois disso as crianças ficaram um ano comigo, para ela, a maẽ, fazer um curso em São Paulo, moro em Curitiba. A mãe levou minha filha de seis anos embora e o menino ficou comigo por mais um ano, Consegui na justiça a guarda compartilha, sendo o guardião responsável. Mas ela voltou e levou-o embora prometendo não deixar mais o menino morar comigo. Meu salário é o dobro que ela ganha, a qual já adquiriu outro filho em outro relacionamento. Como devo agir na audiência para ganhar a guarda dos meus filhos?

  151. Olá!!, tenho três filhos um de 16, 12 e 8 anos. Estou separado mais de 9 anos. E so vejo eles nas férias por eles morarem em São Paulo e eu no momento em Espírito Santos. O mais velho decidiu vir morar comigo ja q não tem uma boa relação com a mãe por causa de que ele tomava conta dos irmãos e das coisas da casa como:limpar, cocinhar etc.
    Os outros de 12 e 8 agora tambem diciram morar comigo. O que devo fazer. Si eu ficar com as crianças. Posso ter algum problema???
    Ou e melhor eu pedir a guarda Primero. Obrigado!!

  152. Olá bom dia,

    Tenho um filho de 4 anos e ele mora com a mãe pago pensão de 70% de um salário mínimo so que eu gostaria de ter a guarda compartilhada e dividir as despesas da criança com a mãe já que a mesma trabalha e ganha razoávelmente bem. Isso seria possível?

  153. Boa noite, tenho uma filha no qual nasceu enquanto ainda namorava com a mãe. Nao estamos juntos, nem moramos juntos e as discussões referente aos cuidados da criança, me chamando de irresponsável sendo que trabalho e ajudo ela no pafamento da escola perua e mais algumas coisas como fraldas e leite. Ela proibe muitas vezes de eu ver a criança durante a semana para saber se precisa de algo e no que posso ajudar, é muito complicado conseguir informações sobre como a criança esta sendo cuidada. O que quero é um convivio saudavel com minha filha que tem dois anos de idade, não preciso da guarda pq sei que a minha filha esta sendo bem tratada, mas o meu convivio com ela esta sendo muito limitado.

  154. bom dia!
    Quero me separar da minha esposa temos um filho de 1 ano e 1 mes ele precisa de cuidados especiais com medicação só que a minha esposa possui Dislexia, com isso ela nao da os remedios pro nosso filho nao tem capacidade de realizar nada direito e com isso gera muita mentiras.
    Moramos no RJ ela vive ameaçando que Vai para Sp morar com a avó q tem 80 anos e o avô tem mal de alzheimer e duas tias com mas de 50 anos que nunca quiseram ter filhos e a mae dela foi ilegal para os EUA, sera q consigo a guarda do meu filho?

  155. Olá Boa Tarde,

    Gostaria de saber a possibilidade de pedir a guarda da minha filha, não por maus tratos, mas sim por uma questão emocional e educacional ; Minha filha tem 4 aninhos, me separei ela tinha 2 e meio, porem sua mãe era católica igual a mim, na separação ele começou ir para igreja evangélica, casou, e juntamente com seu atual esposa, ficam manipulando minha filha, confundindo sua cabeça, acho que tudo tem o seu tempo, minha filha não pode falar em papai noel, minha filha não pode falar em coelhinho da pascoa, enfim, todos nos sabemos que são personagens que não existe, mas criança é criança, ele vê outra brincando ou comentando e chora pois a mamãe dela e titio dizem que ele tem que ter medo. Gente preciso que me ajudem, pois estou sofrendo muito com isso, não so eu, mas principalmente minha filha. Exijo a guarda dela, tenho a possibilidades.

    Grato

    Obs: Sobre isso já conversei com os dois, mas eles são irredutíveis, e detalhe, ele e quem leva minha filha na escola, vai buscar, dava ate banho mas eu proibi,. Eu como seu Legitimo pai, tenho plenas condicçoes de fazer tudo isso, como ja faço com minhas obrigações

  156. OLA TENHO DOIS NETOS QUE VIVE COM A MÃE E OMARIDO QUE VEM A SER PADASTRO DELES E O PADASTRO VIVE SURRANDO O MAIS VELHO DE 4ANOS E FICA JOGANDO TODAS COISAS DAS CRIANÇAS COMEREM JOGA O LEITE PRO MENI DE DOIS ANOS NÃO MAMA QUERIA SABER SE EU ENTRA NA JUSTIÇA SE EU POSSO GANHA A GUADA DELES

  157. Olá Felipe, meu nome é Érika tenho 21 anos e trabalho como auxiliar de cozinha com uma renda de 1.100 reais mensal e moro de aluguel. Tenho uma filha que vai fazer 2 meses e quero me separar do pai dela, mais tenho medo que ele tire a guarda da minha filha pois sua família tem imóveis e condições financeiras melhores que a da minha família, além de ele ter curso técnico e ganhar o dobro do que eu ganho. Quando falo pra ele que quero me separa ele me ameaça dizendo que vou sem minha filha, estou desesperada! Quais são minhas chances de ganhar a guarda dela???

    1. Érika,

      Em regra, a guarda costuma ficar com a mãe, principalmente nesta fase inicial da vida, enquanto a amamentação é necessária. Para você perder a guardar, ele deverá comprovar que tem melhores condições de criar a criança do que você.

      Abraço

  158. Ola me separei a 6 anos meu filho semre morou comigo mas não tenho a guarda no papel a mãe de meu filho ve ele 1 vez a cada 1 a 2 meses gostaria de saber se pedir a guarda no papel tenho risco de perder

    1. Fernando,

      Como a guarda de fato já é sua, acho pouco provável ela ser modificada, a menos que a mãe da criança traga provas fortes de que pode cuidar da criança melhor do que você.

      Abraço

  159. Olá, boa tarde tenho um filho de 3 anos , vejo ele só os finais de semana , a mãe dele trabalha o dia todo só tem uma folga, meu filho não recebe toda atenção de uma Mãe , eu trabalho de madrugada e chego as 2 horas em casa, eu tenho mais tempo pro meu filho do que ela , como faço pra conseguir a guarda do meu filho ?.

  160. Oi , meu nome e Larissa e tenho algumas dúvidas alguém pode me ajudar ? Tenho 17 anos e tenho um filho de 11 meses , estou separada do pai dele faz 1 e 1 mês . mês pai dele vive me ameaçando dizendo que vai pedir guarda compartilhada ou até mesmo a guarda do meu bebê so que ele tem passagem agride a mãe dele tem vários boletins de ocorrência contra ele em delegacia por agressão ele mora com a mãe dele e a mãe deve vive em porta de bar , Morro com minha mãe , minha mãe trabalha registrada , e eu nao tenho nenhum tipo de vícios ou coisa e tals ele consegue algo coisa ?!

  161. Tenho uma filha de quatro anos e a mae dela e interditada judicialmente por bipolaridade e esquisofrenia quais sao as minhaa chances de conceguir a guarda da crianca posto que a mae e declarada incapaz de cuidar de si mesma?

  162. olá,

    não sou casado somente moro junto com minha companheira temos um menino de 10 meses mas ele não recebe leite materno faz tempo.minha companheira não ajuda em nada nem na casa nem no financeiro e estou cansado da situação, já conversei varias vezes sobre o assunto e nada muda. Sou professor tenho mestrado e sou concursado, tenho uma vida financeira estavel, ja ela é manicure e não sei o seu rendimento mas é baixo, pois não me ajuda, mas ela não tem nada o apartamento que comprei paguei sozinho e a chave eu recebi a pouco tempo, quero a guarda do meu filho pois ela não tem nada nem condições de manter meu filho muito menos pagar aluguel, eu tenho chance de conseguir a guarda dele, não ligo de ser guarda compartilhada porque acredito que ele tem que conviver com a mãe, mas ele será mais bem cuidado por mim.

  163. Olá meu nome é Rafaelli… Eu e meu ex acabamos de nos separar de vez, ela já até esta com outra(é oque ele diz) porém ele quer pegar nossa filha de apenas 4 meses que ainda mama no peito, eu disse que ele pode vir ver e ficar o tempo que quiser com ela mais ele quase sair e levar ela para os lugares, pedi para que ele esperase até ela fazer 6 meses mais ela disse que não que iria pegar a Guarda dela de mim… Por que eu trabalho em mercado de segunda a segunda. Com apenas e uma folga todas as quintas e 1 domingo do mês e recebo apenas 980, mais na trabalho lá a 3 anos +ou- , é ele começou o seu primeiro emprego já faz semana e ainda não foi registra pois está na experiência, mas ele recebe 1.600, é folga todos os fins de semana, mais ele está morando em uma casa alugada e com o dinheiro que eu dei a ele antes de ele terminar comigo, ( sim, eu sei que fui uma troxa)…e eu moro com meus pais em casa própria sempre morei, mais ele disse que pode tirar a Guarda de mim por receber a mais que eu oque eu posso fazer para não perder a Guarda da minha filha?

    1. Rafaelli,

      O juiz não avalia apenas o valor do salário de cada um para determinar com quem fica a guarda.

      Pelo que você relatou, acho pouco provável ele conseguir a guarda, pois você mora com os seus pais e aparentemente a criança vai ter um bom ambiente familiar para crescer e se desenvolver. Além disso, o bebê é muito novo ainda. Quanto mais novo, mais difícil o pai conseguir a guarda.

      Abraço

  164. ola tenho dois filhos e me separei sendo que um ficou sob minha guarda e tenho toda a responsabilidade sobre ele e gastos também, mas pago pensão ao meu filho mais velho que morra com a mãe e sendo que ela recebe o bolsa familia do menor que esta comigo tenho como reverter essa situação e retirar o valor da pensão ja que eu gasto com o menor e ela recebe dois valores?

  165. olá boa tarde!

    Estou me separando da minha companheira, e temos uma filha de sete meses, ela amamenta ainda.

    quando ficamos sabendo que ela estava gravida alugamos um apartamento para receber a nossa filha, estávamos tendo muitos desentendimentos e resolvemos terminar nosso relacionamento, fui trabalhar e no meio do dia ela me mandou uma mensagem dizendo que estava saindo de casa com a malas prontas e indo para a casa da irmã.

    ela não trabalha (CLT), mas faz vendas pela internet no mercado informal (não tem CNPJ).

    Não quero a guarda da minha filha, mas ela quer me privar de ficar com ela nos finais de semana a cada 15 dias.

    a nossa filha está amamentando, eu posso passar o final de semana com ela neste caso?

    abraços e conto com a orientação de vocês.

    cordialmente Leandro.

    hoje temos leite em pó que substitui o leite materno e acredito que um final de semana tomando leite materno não seria prejudicial para a saúde do bebê.

    1. Leandro,

      Neste tipo de situação fica difícil eu dar a minha opinião. O que posso dizer é que enquanto a criança precisa do leite materno, é muito difícil separá-la da mãe por muito tempo. Por tal motivo, o pai fica limitado às visitas.

      De qualquer maneira, sugiro que você procure um advogado em sua cidade ou vá à defensoria pública.

      Abraço

  166. Boa noite
    Sou Gilmar Lima
    Casei-me em dezembro de 2013 e em final de agosto de 2015 me separei, tenho uma filha hoje com aproximadamente um ano. Desde que a criança nasceu nunca vi, não fui comunicado do nascimento pela mãe. A mesma entrou com pedido de DNA, e pensão alimentícia contra a minha pessoa. Gostaria de saber se e possível pedir a guarda desta criança?
    agradeço gilmar lima

    1. Gilmar,

      É possível pedir a guarda, apesar de eu achar difícil você ganhar. Para ganhar vai ter de comprovar que tem melhores condições de cuidar da criança e/ou que a mãe não está cuidando bem dela.

      Abraço

  167. Olá boa tarde meu nome é brayam tenho uma filha de 5 anos me separei da mãe dela quando a minha filha tinha 2 anos e meio me separei por que ela estava andando mal e poucas palavras ela me traiu sai da casa onde nois morávamos até então ajudava ela só depois tive um acidente onde fiquei com 2 cortes no meu rosto depois disso ela não deixou eu ver minha filha. Eu consegui me recuperar procurava trabalho mais ninguém me aceitava pelo motivo do meu rosto só por que não dava dinheiro para a minha filha ela não deixava eu ver ela ate fazia uns picos,passar o tempo eu fiquei sabendo que ela vendeu todas as coisas que nois tínhamos os 2 sofás, as 2 máquinas de costura, eu sai de casa sem pegar nada nem dinheiro nada deixei tudo para a minha filha. agora ela tem mais um filho com o outro companheiro dela e minha sofre teve até uma vez qUE ajente tentou ficar numa boa sai com a minha tudo é tal só fui levar ela para a casa dela e minha filha começou a chorar e fala q o marido dela ia bater na minha filha,minha própria filha me falou isso tivemos discussão a vontade foi muito para eu ficar louco e bater nois dois por que foi a culpa dos dois pelo que a minha filha está sofrendo e eu também só não bati por que é isso que ela quer que eu fassa… e dépois ela já não deixou eu ver a minha filha passou um tempo e ela me ligou falando que estava com problemas com o companheiro dela que tinha batido nela e tal fui buscar minha filha as 24:00 da noite a minha pequena ficou 2 dias comigo depois a mãe dela veio na minha casa pegou minha filha falando que ia para a casa da mãe e pai dela…passou 1 semana e fiquei sabendo que ela levou para fora do país com o companheiro dela ela ficou 1 ano lá agora ela voltou me pedindo pensão eu não me nego a dar pençao mais quando eu falo se posso ver minha filha ela fala que vai pensar ou 1 vez por mês e fica de brincadeira me ameaçando que vai na justiça eu falei tudo bem por que eu quero guarda da minha filha por que não quero que minha filha sofra mais eu sou único filho moro com meus pais tenho condições tenho trabalho moro com meus pais e sou filho unico a demais o companheiro da mãe da minha filha e muito ciumento e nervoso e ele bebé muito queria saber alguma orientação do que eu posso fazer como posso pegar a guarda da minha filha não é por mal só que ela não tem condições e ela muito nervosa dava até para falar mais coisas mais ia dar como um livro quero saber o que posso fazer a relação disso por favor me dá uma ajuda Obrigado Deus o abençoe

    1. Para conseguir a guarda da sua filha você precisa ir à defensoria pública ou contratar um advogado para mover a ação para você.

      Nesta ação você deverá comprovar que tem melhores condições de cuidar da sua filha do que a mãe dela.

      Abraço

  168. Bom dia, eu tenho dois filhos.um de 12 e outro de 14anos. Quando eu me deparei dá mãe eles ficaram com ela isso já tem um ano, mas eles sempre quiseram morar comigo. Será que eu consigo a guarda deles.

  169. Ola!meu nome e leandro, tenho um filho de 2anos ele mora com a mae,sou separado dela.ela trabalha e presente na vida dele,so que ela faz umas coisas que eu sei que sera um mal exemplo pra vida de meu filho e tambem quer que eu alem da pençao que eu dou a ele,ai ela quer que eu pague quase tudo sozinho.resumindo:por as coisas que ela faz,eu quero a guarda dele e pretendo dar uma vida melhor,sera que tenho chances de isto acontecer?

  170. Boa tarde.
    Tive um filho com uma moça, porém separamos.
    Ela costuma sair dias de semana pra curtir baladas, mora em um lugar que mal cabe ela e meu filho, muitas vezes ela não limpa, não faz comida pro meu filho, alimenta ele apenas com doces e leite.
    Ela não trabalha, não procura fazer nada da vida, além de sair para baladas.
    Gostaria de tirar meu filho deste lugar pelo fato da pessoa que mora com ela não ser confiável.
    A pessoa é um senhor de idade que ajudou ela, meio que aceitou ela como filha na casa dele. Ela se queixa de que ele é doido, uma vez brigou com ele e ele pegou o facão e foi pra cima dela, teve uma vez ao qual o mesmo a trancou para que ela não saísse de casa.
    Não quero tirar o direito dela de mãe, quero apenas que meu filho possa morar comigo ao invés de viver em um ambiente nada saudável.
    Moro com meus pais, porém trabalho em um escritório de auditoria e contabilidade e ela não trabalha e não tem casa aonde morar, mora de favor.
    Obs: tentei entrar em um consenso com ela, porém ela acha que sempre tem a razão.
    Quais medidas posso tomar em relação a isso ?

  171. Ola, boa tarde ! tenho uma filha de 15 anos e ela nao quer mais morar com a mae porque o namorado atual fuma droga dentro de casa e a mae maltrata muito ela. Por ela ter 15 anos eu preciso pedir a guarda ou ela pode morar direto comigo ? obrigado

  172. Bom tenho um filho de 8anos , vivi com o pai dle 4anos, me separei qdo meu filho tinha 1ano e 3meses, o pai dele semore foi ausente, e agora que tomar o meu filho de mim, sempre meu filho morou comigo, nunca deixei faltar nada, e tb quem paga a pensao e o avo dele… Alguem pode .e ajudar respondendo no meu email

  173. boa noite queria tira uma duvida
    tenho duas filhas que moram comigo ha três anos , sendo que uma ja esta com 10 anos e a outra tem 6 anos , quando me separei da mãe dela , elas escolheram vim embora comigo , e assim a mãe delas permitindo que elas viesse comigo , mas minha duvida esta ai eu não tenho a guarda delas e gostaria de saber se depois de tanto tempo que elas moram comigo e por escolhas delas se a mãe hj teria direito de tira las de mim por eu não ter a aguarda e sem a vontade delas …

  174. Ola tenho a guarda do meu filho a mae nunka deu uma pensão se qer fica tentando fazer menino ir mora cm ela oq devo e

  175. Bom dia, não possua a guarda do meu filho pois a guarda ficou com a mãe, mas há 3 anos ele mora comigo ele tem 9 anos de idade e agora ela quer pega-lo novamente, mas ele não quer ficar com ela mais… Qual o melhor procedimento tomar?

  176. Estou divorciado desde agosto de 2016, moro em uma cidade e minha ex-esposa mora em outra no interior.
    Temos dois filhos, sendo um de 17 e outro de 10 anos, e a guarda dos filhos ficou comigo.
    Na audiência de conciliação estabeleceu-se a mãe o direito de visita aos filhos nos períodos de férias escolares dos mesmos.
    Entretanto, surge uma dúvida: como ela mora em outra localidade, quem deve arcar com as despesas de locomoção de uma cidade à outra para as visitas estabelecidas?

    1. Márcio,

      Nesta situação, se não houve determinação judicial, entendo que deve ser definido em comum acordo. Sugiro que ela arque com as despesas da ida para a casa dela e você com as despesas da volta, por exemplo.

      Abraço

  177. Olá… Por favor, pode tirar uma dúvida? Meu irmão engravidou uma namorada, mas durante a gravidez eles se separaram. Ele deu todo o suporte a ela durante esse período. Como ela estava com problemas na casa dela quando ela estava próximo de ter o bebê então ela foi morar com a gente em casa. Mas eles não estavam mais namorando. Ele arrumou outra namorada mas a ex não aceitava. Ficou juntando provas como conversas de WhatsApp e fotos do meu irmão com a nova namorada e depois de 4 meses (meu sobrinho nasceu e está com 2 meses) dela morando em casa ela… Hoje ela saiu de casa e levou o bebê e não deixa meu irmão ver o próprio filho. O que o meu irmão pode fazer? Ela alega que foi traída… Meu irmão está desesperado pq não pode ver o bebê… Pode nos orientar por favor. (Ele da todo o suporte que o bebê precisa)

  178. Oi, tenho um filho de 1 ano e 7meses e não sou casado a Mãe dele já tem 3 filhos de um outro casamento e esse pai está preso e é integrante de uma quadrilha muito conhecida. Quero pedir a guarda do meu filho porque moro de medo dele sair e voltar com ela e meu filho viver com dinheiro do crime ou até mesmo conviver com uma pessoa assim. Hoje sou eu que pago tudo do meu filho com o maior prazer tenho como obter a guarda ou na lei poder proteger meu filho até que ele tenha discernimento de escolha do que quer para ele? Obrigado

    1. Eduardo,

      Você pode fazer o pedido. Para conseguir a guarda deverá comprovar que as condições oferecidas pela mãe não são boas e que você pode dar uma condição melhor para a criança.

      Abraço

  179. Olá,
    Tinha um relacionamento tranquilo até que um dia acabou do nada, mas nunca houve a separação total dos corpos, ele sempre me procurava e eu por gostar muito dele sempre cedi, acabamos ficando nessa história qse 1 ano e meio, daí eu acabei engravidando, ele foi totalmente contra, fez de tudo para me levar em uma clinica para fazer o aborto tão desejado por ele, tenho conversas gravadas e que posso comprovar, ele estava também com outra pessoa e por isso queria tanto tirar o meu filho, não foi presente em nenhum momento da minha gravidez, não me ajudou em nada, após o nascimento do meu filho ele me deu uma quantia de 1.060,00 que foi para eu tomar um remédio prescrito pela médica e comprar algumas coisas para o bebê, fez exame de DNA e tudo. Hoje meu filho tem 9 meses e está mamando, ele vai casar com essa mulher que ele está. Ele quer pegar o menino no sábado às 8h e devolver no dia seguinte às 19h e de 15 em 15 quer ficar fazendo isso. Diante de tudo que ele me fez eu nunca o proibir de ver o menino, até já deixei ele pegar e passear, mas agora ele quer levar para dormir e eu não quero deixar, o que eu faço se ele entrar na justiça para pedir a guarda compartilhada? O pedido sai de imediato, exemplo: Ele pede hoje para levar no próximo final de semana? Estou desesperada porque não quero deixar ele levar para dormir.

    1. Lays,

      Nada é tão rápido assim na Justiça, então acho pouco provável ele conseguir tal direito rapidamente.

      A guarda compartilhada não é essa em que a criança fica com os pais a cada dois finais de semana, mas sim uma em que há um verdadeiro revezamento entre os pais, cada um ficando com o filho uma semana completa, por exemplo.

      Abraço

  180. Bom dia. Estava namorando um rapaz e acabei engravidando, nao somos casados e nem moramos juntos. Quais as chances dele conseguir pegar a guarda do meu filho de mim? Pois ele me ameaça o tempo todo dizendo que possui mais dinheiro que eu e que logo ele tomara meu bebe de mim.

    1. Jaylee,

      Ele deverá comprovar que você não tem condições de cuidar da criança. A guarda não é definida apenas pela quantidade de dinheiro que cada um dos pais tem.

      Abraço

  181. Olá, separei da minha esposa por certos fatos que não vêm aqui contar. Mas tivemos uma filha, atualmente ela tem 1 ano e 4 meses. minha ex esposa mora com a mãe, nao tem trabalho e muitas vezes tem atitudes que trazem um certo risco a minha filha. Eu tenho condições financeiras apropriadas, to terminando de fazer minha casa, tenho condições de enquanto eu tiver trabalhando, pagar uma babá pra ficar com a Hadassa. Só não entrei com o pedido de guarda porque me falaram que por lei, a mãe sempre fica com a guarda da criança. Isso nem brigo, até gosto de que fique com ela. O problema é que ela e os familiares me impedem de ver minha filha. E isso não concordo. E é por esse motivo que to pensando em pedir a guarda da nossa filha. Qual a opinião de vocês?

    1. Rosenaldo,

      Você tem duas saídas para o caso: uma é pedir a guarda, a outra é mover uma ação para ter o seu direito de visitas respeitado.

      De qualquer maneira você precisará do trabalho de um advogado.

      Abraço

  182. Boa tarde!
    Meu noivo é divorciado e tem um filho de 4 anos.
    Ele paga pensão de R$ 700,00 para o filho, além disso ele que compra roupa, brinquedos e dá 2 caixas de leite por mês.
    A mãe liga cobrando o dinheiro da pensão para pagar o aluguel da casa dela. E ela muda de casa constantemente. Ela deixa o filho com amigas durante 1 semana (ou mais) para viajar com o namorado.
    Nos finais de semana que meu noivo fica com o menino, ela desaparece. Se precisamos ligar pra ela pra falar alguma coisa sobre o menino ela não atende o telefone e só aparece depois das 23:00 hs do domingo pra pegar a criança.
    A mãe tem uma filha de 12 anos, que ela mandou ir morar com o pai, porque ele não dava pensão.
    Meu noivo tem residência fixa, emprego fixo e vamos nos casar no próximo mês.
    Se ele entrar com uma ação, ele tem alguma chance de conseguir a guarda do filho?

    1. Caroline,

      Para modificar a guarda da criança é necessário demonstrar para o juiz que ela não está tendo a criação adequada e que o pai pode proporcionar um ambiente melhor para ela.

      É uma ação muito difícil, principalmente quando a criança é pequena. Entretanto, se o seu noivo acredita que pode fazer essas provas (é provável que o juiz solicite a um assistente social que visite a casa atual da criança, inclusive), há chance de ele conseguir a guarda da criança, sim.

      Abraço

  183. Boa tarde, me chamo Hellen atualmente tenho 17 anos e completarei 18 anos no final do ano. Desde a separação dos meus pais sempre quis morar com meu pai, mas ele é pescador e não tinha com quem ficar. Queria saber se ao completar meus 18 anos eu posso ir morar com meu pai, mesmo que ele não esta sempre em casa por causa do trabalho, mesmo assim eu posso ir? Minha mãe não quer da a minha guarda se ele pedir para o juíz ele dá?

    1. Hellen,

      Ao completar 18 anos você passa a ser civilmente capaz. Sua mãe nem seu pai terão a sua guarda, pois você será responsável por seus atos.

      Desta maneira, entendo que, ao completar 18 anos, você pode morar com o seu pai mesmo sem a autorização da sua mãe.

      Abraço

  184. Fui casado por dois anos. Tenho uma filha de 4 meses tenho direito soba guarda dela agr que me separei? Minha ex abandonou o lar para ir morar de favor na casa de amigos

    1. Leocir,

      Quando a criança é muito pequena, a situação do pai é mais difícil, pois ela precisa de cuidados diários da mãe, principalmente para amamentação.

      Entretanto, sempre existe a possibilidade de o pai conseguir a guarda, desde que comprove que a mãe não oferece condições de cuidar da filha.

      Abraço

  185. ola tenho uma filha de tres anos separei da mae dela tem dois anos e a minha filha mora comigo a quase dois anos a mae dela nao da nada pra ela nao ajida em nada mora so nao condicoes de cuidar dela por nao ter estabilidade financeira e agora quer pegar minha filha pra morar com ela minba filha e muito apegada a min se ficar longe de min fica muito triste a mae dela passa ate mais de mes sem livar pra saber como ela esta passa mais de tres meses sem visitala ela mora comigo tenho direito de entrar na justica pra pegar a guarda dela pq nao quero minha filha sofrendo eu trabalho pra min msm e tenho uma renda boa menssal axo q a mae nao tem mais direito ne por ja ter quase dois anos q ela mora comigo e q a mae nao ajuda com nada e nen presenti pra filha ela da preciso saber oq fasso me ajude por favor nao quero perder minha princesa ela e tudo pra mi

    1. Weder,

      Você deve mover uma ação para regularizar a guarda da sua filha.

      Contrate um advogado ou vá à defensoria pública.

      Como a guarda de fato já é sua, tudo fica mais fácil.

      Abraço

  186. Olá, tenho uma sobrinha que mora com minha mãe desde o 3º mês de vida, quando sua mãe faleceu.
    Desde então o pai(meu-ex cunhado) não á procurou mais a partir a data acima citada, o que sabe-se a respeito do mesmo é que ele não tem moradia fixa, renda fixa e responde a processo por homicidio.
    É possível ele ter direito a guarda da criança?
    Obrigada!!!

  187. Boa tarde, minha mulher separou de mim, deixei nosso carro com ela, fiquei so com a moto, temos dois filhos que querem ficar comigo,minha ex esposa nunca trabalhou fora por que não quis, nem estudou idem, deixei ela morar no nosso apartamento temporariamente até vendermos e dividirmos as partes,mas ela já tem um namorado. tenho que sustentá-la com pensao temporaria mesmo deixando com ela o nosso carro? sendo inclusive que ela nos deixou, outra coisa é que corro risco de perder a guarda dos meus filhos?

    1. Maosorice,

      Se ela comprovar a dependência econômica, pode ter direito à pensão. Contudo, entendo que esta pensão, se concedida, deve ser temporária.

      Sobre a guarda dos filhos, o fato de eles terem vontade de ficar com você lhe ajuda muito. Entretanto, atualmente a regra é a adoção da guarda compartilhada. Se esta não for possível é que se determina a guarda unilateral.

      Abraço

  188. Boa tarde. Tenho 22 anos, estou gŕavida de 2 meses e terminando a faculdade de direito, porém não tenho trabalho, apenas estáio. O pai do meu filho já me ameaça de pedir a guarda da criança, alegando que não tenho condições de criá-lo, que ainda não tenho trabalho fixo. Mas moro com minha mãe, numa casa própria. MInha mãe tem boa índole, trabalho fixo no mesmo lugar há vinte anos, nunca teve sequer restrições em seu CPF nem atitudes que ferem a moral e os bons costumes, assim como eu. Ainda namoramos, mas percebo que se ele pudesse apenas pegaria a criança pra ele e pronto. Ele quer que eu vá morar com ele e tenho medo de que isso seja argumento numa possível ação de guarda, pois ele mora em outra cidade e eu conviviria mais com sua família do que a minha. E como eu sei que a lei é clara quanto buscar o melhor à criança, tenho receio de ir e depois ele usar essa convivência contra mim. Por favor, me responda quanto meu desemprego e a possibilidade de minha mãe se apresentar numa possível ação de guarda, se responsabilizando pelo meu desemprego. Aguardo resposta. Desde já, muito obrigada.

    1. Maria,

      O que se leva em conta no momento da determinação da guarda é a condição dada à criança e isto não diz respeito apenas ao trabalho, mas sim ao ambiente onde ela vai crescer, quem cuidará, entre tantos outros.

      Enquanto ela estiver sendo amamentada, acho muito pouco provável a guarda unilateral ser dada ao pai.

      Bom lembrar, que atualmente a regra é a guarda compartilhada.

      Saiba mais: http://direitodetodos.com.br/segredos-da-pensao-alimenticia-e-da-guarda/

      Abraço

  189. Boa tarde mim chamo sirleia,meu marido tem uma filha de 1 aninho,ela veio mora com agente com 6 meses,a mãe deu pro meu esposo criar ,mais agora não que passa aguarda da menina ,pra gente ela não tem condições tanto que deu pro pai criar como Posso fazer ,pra gente ter Aguarda da menina.

  190. Bom dia,meu esposo tem uma filha de 3 anos e está a 2 anos separado de sua ex,a menina mora com os avós porém quem tem a guarda é a mãe,a bebê está com anemia e a mãe quer mais dinheiro e meu marido paga pensão e compra outras coisas por fora,a mãe na gosta q ele pega a menina,tem que pegar cedo e levar a tarde só e queremos a guarda daenina, será que ele tem chance?a mãe não pare em serviço, não terminou a escola,vive numa casa conturbada com irmãos com vícios, é muito ignorante ,o avô faz algumas diárias .

  191. OLÁ TENHO UM FILHO DE OUTRO CASAMENTO E ELE TEM 8 ANOS E EU SEMPRE SUSTENTEI SEMPRE TRABALHEI O PAI NUNCA PAGOU PENSÃO JÁ BOTEI ELE NA JUSTIÇA DUAS VEZES E NUNCA ME TEVE RETORNO NENHUM, HOJE SOU CASADA COM OUTRO E TENHO OUTRA MENINA MORO SIM DE ALUGUEL MAS TRABALHO E SUSTENTO MINHA CASA ASSIM COMO MEU MARIDO TAMBÉM QUE TRABALHA EM POSTO DE GASOLINA E O PAI DELE VIVE ME AMEAÇANDO EM ME JOGAR NA JUSTIÇA PRA PEGAR A GUARDA DELE PELO FATO DE EU MORAR DE ALUGUEL MORAR EM COMUNIDADE , MAS QUEM SEMPRE FEZ AS COISAS POR ELE FOI EU , O PAI NUNCA TRABALHOU AGORA QUE ELE ARRUMOU UM TRABALHO POR QUE ARRUMOU OUTRA MULHER E AGORA QUE ELE QUER SABER DO FILHO , EU SÓ QUERIA SABER SE EU PERCO A GUARDA DO MEU FILHO ?

    1. Priscila,

      Para que o pai consiga a guarda para ele será necessário comprovar que pode oferecer melhores condições de vida para a criança.

      Se você dá boas condições para a criança, acho pouco provável a mudança de guarda.

      Abraço

  192. Bom dia.
    Meu pai tem 75 anos de idade e há 4 anos se envolveu com uma moça e teve um filho com ela. A moça entregou o filho para a mãe, onde a criança mora atualmente no interior do Maranhão. A família é bem humilde e meu pai decidiu ter a guarda do menino e trazer para Curitiba. Meu pai possui imóvel e tem condições financeiras favoráveis para cuidar do menino. Mas por conta da idade avançada há chance dele conseguir a guarda, sendo que mora só?

    1. Elaine,

      Para que o seu pai consiga a guarda ele deverá comprovar que possui melhores condições de criar o menor do que a mãe. Vários fatores influenciam na decisão do juiz. É possível, inclusive, ser feita análise social por meio de assitente social.

      A idade do seu pai pode influenciar na decisão do juiz, todavia, se ele estiver saudável, acredito que não é um fator impeditivo para o exercício da guarda.

      Abraço

  193. OLÁ , TENHO UM FILHO DE 06 MESES COM UMA PESSOA QUE NAMOREI E DESISTIR E NESSA DE FICAR AS VEZES ELA ENGRAVIDOU PAGO UMA PENSÃO E VIA AS VEZES QUANDO ELA AUTORISAVA MAS TODA VEZ QUE ME RELACIONO CIOM ALGUEM ELA PROIBI DE VE-LO .O QUE EU FAÇO ?

  194. Boa noite

    Tenho um filho de 11 anos, a 3 anos ele mora comigo, e minha conjugue, estamos presentes em tudo ( escola, consultas medicas, alimentação, amor, carinho etc). Eu não tenho a guarda e gostaria de legalizar esta situação. Quando ele veio morar comigo eu tentei legalizar diante de um acordo junto a defensoria publica. Mas acabei recuando por saber que geralmente a mãe tem mais chances de ficar com a guarda do que o pai.

    Eu consigo legalizar para guarda definitiva diante da lei?

    Obrigado

    1. João,

      Consegue sim. Por conta de você ter a guarda de fato há três anos fica mais fácil. Ainda, pelo fato de o seu filho ter 11 anos, a vontade dele pode ser levada em consideração.

      Abraço

  195. Boa tarde, tenho dois filhos com minha ex mulher, gostaria de saber se tenho direito a guarda de um filho?

        1. Tiago,

          Não é apenas o dinheiro que influencia, mas sim todas as condições que ajudam ao bom desenvolvimento da criança. Uma casa confortável, ambiente familiar onde a criança recebe carinho, condições para freuqntar aula, etc. etc.

          Abraço

  196. Henrique

    Boa tarde tenho um filho de 5 meses com minha ex mulher agente era so amigado ela resolver ir embora
    mais nao tem condiçoes como financeira e nen o ensino medio, ela ja tem passagem na delegacia por causa de brigas na escola, ela ta amamentando ainda mais fica fumando cigarrros tenho umas fotos tiradas, agente terminou porque elea nao cuidada do lar e nao tava aee com nada, ja abandonou o lar varias vezes ela nao tem nehum acondiçoes de cuidar de uma criança, ja eu trabalho bem tenho estudo e sou bem infruente na sociedade sera que eu tenho chances de pegar a quarda da criança ??^

    1. Henrique,

      Entendo que pode ter chances sim caso comprove tudo isso o que me descreveu.

      O fato de a criança ainda ser amamentada pode ser uma dificuldade a mais, entretanto, se ela tem este comportamento inadequado, existem chances sim.

      Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *