Quem não fizer prova de vida pode perder benefício

PROVA DE VIDA

Você sabia que os aposentados e pensionistas do INSS precisam fazer prova de vida para continuar recebendo seus benefícios? Isto é necessário e o prazo deste ano está se encerrando. Se você é beneficiário do INSS apresse-se, pois o prazo acaba no dia 28 de fevereiro.

COMO É FEITA A PROVA DE VIDA?

Para fazer a prova de vida, o beneficiário deve ir à agência bancária onde recebe o benefício. Fique atento, pois isto é muito importante. A comprovação deve ser feita no banco e não no INSS.

No dia em que for fazer a prova de vida, o beneficiário deverá levar um documento com foto. Desta forma, são aceitos RG, CNH, carteira de entidade de classe, entre outros. Atente-se para que o documento seja recente. Caso a foto seja muito antiga, ele pode não ser aceito pelo funcionário do banco.

Apenas a título de precaução, sugerimos levar, também, um comprovante de residência.

Importante mencionar que se o beneficiário estiver incapacitado de se locomover, a comprovação pode ser feita por procurador. Este procurador deve estar cadastrado junto ao INSS e levar comprovante médico que ateste a impossibilidade de locomoção do beneficiário.

Caso o procurador não esteja cadastrado junto ao INSS, será necessária uma procuração feita em cartório ou fornecida pelo próprio INSS.

O QUE ACONTECE SE EU NÃO FIZER A PROVA DE VIDA?

Caso você não a faça, o seu benefício poderá ser suspenso. Por isso, é fundamental realizar a prova, afinal você não quer que isto aconteça, não é? Caso o benefício seja suspenso, este voltará a ser pago apenas a realização da prova de vida.

Importante mencionar, que a comprovação é válida tanto para os benefícios concedidos administrativamente como pelos concedidos pela via judicial.

POR QUE PRECISO FAZER A PROVA DE VIDA?

A comprovação é necessária para se evitar fraudes. Não são raros os casos em que terceiros recebem os benefícios de pessoas que já faleceram.

Assim, não perca tempo e, se você ainda não fez, faça a sua prova de vida o quanto antes.

2 thoughts to “Quem não fizer prova de vida pode perder benefício”

  1. Sou pensionista (por morte) do meu marido. E desde junho de 2016 meu beneficio está como cessado. Até o presente não mais recebi minha pensão. O argumento do INSS foi a falta de comprovação de Fé de Vida, então atualizei a minha situação no Banco em Setembro 2017, inclusive reclamei na Ouvidoria uma providência, desde Agosto de 207 e até o presente não recebi resposta e continuo sem receber o meu beneficio. O que devo fazer? Em novembro de 2016 protocolei um pedido de Reativação do meu benef. junto ao INSS e de nada adiantou. O que deveo fazer? Entro logo na Justiça em busca do meu direito? ou tenho que apresentar algum pedido administrativo junto ao INSS? Por favor me oriente. Como não tenho endereço de e mail para receber resposta, estou me dirigindo até os senhores por meio de endereço eletrônico de uma pessoa amiga, se puder me responder eu agradeço. mas posso receber resposta no e mail abaixo, aos cuidados da usuária citada. Muito agradecida.

    1. Maria,

      Sugiro que a senhora procure um advogado em sua cidade para ele analisar o seu caso e, principalmente, a documentação que a senhora tem como, por exemplo, os pedidos de reativação e o comprovante de prova de vida.

      Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *