Direito de visitas faz bem ao filho

Share

O direito de visitas também é direito dos filhos e não apenas dos pais

O texto de hoje talvez possa não agradar a alguns de nossos leitores, entretanto, achamos por bem escrevê-lo. Recebemos diversas perguntas diariamente de mães que querem proibir o pai de ver o filho ou de pais que querem proibir a mãe de se encontrar com o filho. Não se esqueça: direito de visitas faz bem ao filho.Já falamos sobre o direito de visita em nosso texto “mãe não pode proibir pai de visitar o filho”, mas achamos por bem voltar ao tema, não apenas pelo ponto de vista jurídico do assunto, mas também pelo lado humano.

O direito de visitas é resguardado pelo art. 1.589 do Código Civil (CC):

“Art. 1.589. O pai ou a mãe, em cuja guarda não estejam os filhos, poderá visitá-los e tê-los em sua companhia, segundo o que acordar com o outro cônjuge, ou for fixado pelo juiz, bem como fiscalizar sua manutenção e educação”.

Pela letra da lei fica a impressão de que o direito de visitas visa resguardar apenas os interesses do pai ou da mãe que não tem a guarda de seu filho. Todavia, o direito de visitas faz bem ao filho que pode manter contato com o seu genitor que não está presente diariamente em sua vida.

O que vemos aqui no blog são diversos casos de pais ou mães ressentidos com seus ex-cônjuges querendo puni-los proibindo a manutenção do contato entre pais e filhos; mães que não querem que o filho entre em contato com a nova namorada do pai; ou que só permitem as visitas se a pensão está em dia. Como já vimos, desempregado tem que pagar pensão, mas pai que não paga os alimentos corretamente também pode visitar o filho.

Não podemos esquecer que é importantíssimo para o desenvolvimento do menor saber quem são seu pai e sua mãe e manter contato com eles. Se você está querendo afastar o seu filho do contato com o pai ou com a mãe, pense se esta é a melhor solução, faça uma autocrítica e veja se você não está querendo fazer isso por outros motivos que não o bem de seu filho.

Não prejudique o seu filho para punir ou se vingar do pai, você estará prejudicando o seu filho também.

A proibição das visitas deve ser determinada apenas se o pai ou a mãe colocar em risco a integridade física da criança, caso contrário o direito de visitas faz bem ao filho e deve ser respeitado.

10 Comentários em "Direito de visitas faz bem ao filho"

  1. Ceu Cunha disse:

    Boa noite li com atenção-Direitos de visitas faz bem ao filho aconteçe que a mãe do meu neto de 3 anos de idade no passado dia 23 de Agosto aproveitando a ausencia do companheiro levou o meu neto e até hoje recusa mostrar o menino não só ao pai mas tambem a mim que sou avo´e que sofro com tudo isto a única esperança que me resta é que a justiça nao tarda para dar o castigo a quem faz tamanha monstrusidade!!!

  2. Wal disse:

    Olá. Meu filho tem1 ano. O pai dele é irresponsável. Se mete em brigas. Fuma e bebe. Não proibo de visitar o filho. Até peço a minha mãe que leve -o a casa do pai. Mas sempre com visitas supervisionadas. Na casa dele tem drogas. Brigas. Local é sujo. Não confio em deixar meu filho soZinho. Tem algo que me permita manter as visitas supervisionadas?

    • Wal,

      Você pode fazer este pedido ao juiz, mas se o pai do seu filho não está se importando com a situação, talvez ainda não seja o caso de mover uma ação.

      De qualquer forma, procure a defensoria pública de sua cidade.

      Abraço

  3. Daniele disse:

    Bom dia!

    No caso de a guarda da criança pertencer a mãe, a mesma pode proibir o pai de pegá-la no colégio e levá-la pra casa da mãe?

    Obrigada!

    • Daniele,

      A mãe tendo a guarda unilateral pode tomar as decisões sozinha sobre o filho. Entendo que ela pode fazer esse pedido sim, exceto se há liberação em decisão ou acordo judicial.

      Abraço

  4. Rodrigo disse:

    Boa noite,
    Estou me separando da minha esposa, temos uma fha de 1 ano e 8 meses, e pretendo sair de casa o quanto antes. Estou entrando com pedido de pensão alimentícia e visitaçao e, dada à demora das decisões judiciais, gostaria de saber se enquanto o juiz não determinar os horários de visitas, com ou sem pernoite, se tenho o direito de passar o dia com minha filha sem a presença da mãe.

    Obrigado

  5. Daniel disse:

    Boa tarde, tenho um filho de 4 anos atualmente esta vivendo com a mae em uma cidade do interior de Goiás, vive em ambiente ostil e falta de atenção, cuidado. A mãe tem 20 anos de idade, eu tenho 25 moro em Goiânia, tenho um emprego e moro em um lugar bom. Existiria alguma possibilidades de lutar pela guarda do meu filho? Estou sempre preocupado com ele , pelo fato de nao ter cuidados.

    • Daniel,

      Existe sim a possibilidade. Entretanto, adianto que é uma ação bem difícil.

      Você deverá comprovar que tem melhores condições de cuidar da criança e que ela não está sendo bem tratada pela mãe.

      Boa sorte.

Deixe seu comentário!

 
Share